Perguntas inocentes

É verdade que o arquivamento de um processo de investigação não era até agora comunicado ao interessado?? Como assim?

A procuradora-geral da República afirmou hoje que, a partir de agora, o arquivamento dos processos administrativos vai ser comunicado ao interessado, na sequência do anúncio, feito na quarta-feira, relativo ao homólogo de Angola, João Maria de Sousa.

No caso do Procurador de Angola, já é mau demais suspeitarmos que algo sobre essa matéria terá sido, pelo contrário, comunicado a Rui Machete. Mas será mesmo verdade que o processo foi arquivado há uns meses, ou a notícia sobre essa data é um expediente para, por um lado, “amaciar” as relações com José Eduardo dos Santos e, por outro, a solução para não parecer que o poder político interferiu com a Justiça, ou forçou uma decisão favorável, na sequência do mal-estar criado com Angola?

10 thoughts on “Perguntas inocentes”

  1. a explicação oficial é que o arquivamento dos processos não era comunicada aos interessados para que pudessem continuar a investigá-los e assim sucelcivamente como as ondas do mar. a justiça faz o quer e não presta contas a ninguém, daí a bagunça a que chegámos, suspeitos eternos, chantagens judiciais, fugas segredo justiça, interpretações manhosas da lei, forja de provas, vinganças e ajustes de contas judiciais, escutas ilegais, efabulações de indícios, delírios incriminatórios, eleição de cavacos, joanas vidal, peixeiras da cruz, celestiais cardonas, negrões e outros cabrões que capturaram a justiça em proveito próprio.

  2. Ahahahahah! Qual é a surpresa de aparecerem despachos do MP datados de há vários meses atrás? A questão não está na notificação, está na data dos despachos! Será verdadeira? Já se perguntaram porque razão estes despachos do MP, não são lavrados ou registados no citius para evitar dúvidas? Coisas da nossa falta de justiça!

  3. suspeito,que machete falou daquela forma,para não ter que dizer que o processo estava arquivado.(fuga de informaçao) parece que o estou a ver” sr. procurador não se preocupe. “arquivado” em linguagem cifrada deu a prosa do ministro machete,com o pedido de desculpa no fim.

  4. Bastante esclarecedor. Se é que ainda nos faltava esclarecimento sobre toda esta FANTOCHADA!

    Bem podem mandar o nosso sistema de Justiça pelo cano de esgoto abaixo, com a água do banho. Tão infecta e tão negra, que nem se vê se leva algum bé-bé atrás…

  5. Será este o regular funcionamento da Justiça ? Andam a brincar não é?
    Há quantos anos se fala na necessidade da modernização da Justiça?
    Quais as implicações da bagunça, na imagem que se pretende dar de um
    País membro da U.E. que precisa de investimento estrangeiro para se de-
    senvolver? Não será altura de acabar com a auto-gestão em que a bagun-
    ça anda e começar por criar responsáveis?
    Responsabilidade e competência e, uma purga dos militantes sejam de
    onde forem porque não é compatível com as funções, acabar com os
    sindicatos dos procuradores e dos juízes !!!

  6. Ora bem, já vos chegou o barulho das gargalhadas que os angolanos soltam perante a justiça portuguesa de cócoras? E os magistrados ficam-se, diante desta degradação infamante dos seus mais altos responsáveis? Onde pára a magistratura inflamada e combativa contra Sócrates? Castrados, sim! Onde páram os tomates patriotas da direita? A direita tem poder e língua e dignidade zero. Agora ficou tudo à vista! Cambada de eunucos e cobardolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.