Ó Ana Gomes, a miopia agravou-se?

Por outro lado, como apoiante de António José Seguro tenho pena, porque apoiei-o por convicção, por pensar que tinha feito um trabalho importantíssimo de recuperação do partido depois da grande derrota em 2011”.

Como pensou tal coisa? O «trabalho importantíssimo de recuperação» consistiu no seguinte: primeiro, arrebanhar os ressabiados expectantes, que oportunisticamente tiraram partido dos insultos, calúnias e campanhas da direita contra o anterior primeiro-ministro; depois, aliciar os militantes mais primários do partido, aqueles que engoliram o isco, o anzol e a cana da narrativa da direita sobre o pedido de ajuda e sobre a crise financeira em geral. E dizer-lhes que sim, que também ele estava envergonhado com o que os seus colegas de partido tinham andado a fazer pelo governo. Foi este o lindo e nobre trabalho do Seguro. Recuperou o quê exatamente?

Convém que alguém mostre entretanto os resultados das primárias à Ana Gomes, porque dá ideia que não percebeu que 1) a recuperação foi um fracasso, havendo milhares de pessoas que não querem, e vieram dizê-lo nas urnas, ser recuperadas por pessoas da laia do Seguro e 2) se calhar, a linha seguida para a recuperação estava errada e muito errada. Porquê? Porque teria sempre que passar por desmontar as mentiras e trapaças dos partidos da coligação uma por uma, tarefa que era facilitadíssima pela degradação acelerada da situação económica e financeira (e educativa e etc.)  do país a partir de meados de 2011 e pelo que tem vindo a público sobre a qualidade e a estirpe de quem se alçou ao poder mais seus colaboradores e apoiantes.

Ana Gomes é capaz de já não ter recuperação possível.

14 thoughts on “Ó Ana Gomes, a miopia agravou-se?”

  1. a peixeira gomes queria manter o tacho em bruxelas e vai daí apoiou o tózero, agora aturem-na mais 4 anos a boicotar em nome de causas nossas e romances de bela & monstro. podia seguir o exemplo do recuperador e demitir-se, mas isso tá quieto, quando a coragem colide com o ordenado, que se lixe a coragem.

  2. Ana Gomes, que já trazia nos olhos a capa e a contra-capa do livrinho vermelho a servir de palas, mostrou-se aqui sem pingo de pudor.

  3. O fanatismo míope que a levou ao MRPP, foi o mesmo que a levou a apoiar o Inseguro. Apenas mudou de azimute.
    Já repararam que o Lamego também estava com o Inseguro! Será mera coincidência, ou formatação?!?

  4. A Ana Gomes, como todos os maoistas, não tem emenda. Ficou formatada pelo “grande educador do povo português” — o camarada Arnaldo Matos — e, como todos os demais, cada vez está pior. Não consegue ir a direito. Está sempre a divergir. Tal comos os seus camaradas, o Lamego, o Durão Barroso, a Helena Matos, o Zé Manel Fernandes, o Artur Albarran, etc, etc. Só lhes resta uma via: alistarem-se nas tropas do Califado Islâmico.

  5. Nunca renegarei a minha origem campesina. Lá se sabe,falando de divergência.que nunca se viu dois burros cangados no mesmo jugo! Como puxam sempre cada um para seu lado,nada se consegue aproveitar de útil da parelha divergente! La Fontaine esqueceu-se de traduzir uma fábula grega que fala disto.

  6. Nunca renegarei a minha origem campesina. Lá se sabe,falando de divergência,que nunca se viu dois burros cangados no mesmo jugo! Como puxam, sempre, cada um para seu lado,nada se consegue aproveitar de útil da parelha divergente! La Fontaine esqueceu-se de traduzir uma fábula do grego Esopo, que fala do assunto.

  7. Quer dizer a mulher milita 10 anos no MRPP e ainda hoje,
    – depois de estar 30 anos no PS a apoiar quase todos os secretários gerais, -a culpa de ser parva é dos Maoístas.
    Não será que é parva por estar tantos anos no PS?

  8. assim fica melhor, oh joão.
    – depois de estar 30 anos no PS a contestar quase todos os secretários gerais, –

  9. Que bela descrição !!!! Uma Penélope com uma teia bem esplanada, clara e objetiva !!!!

    Que alivio ….ler e sentir que é mesmo isso que a gente pensa !!!

    O lugarzinho na Europa é um bombom ….outras que sejam dispensadas !!! Há que dar contrapartidas mesmo que , lá no fundo…lá no fundo não se concorde com o chefe !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.