Há um socrático que em boa hora não foi ao jantar*

Pedro Silva Pereira, em grande forma, apesar da possível fome, acabou de dar um autêntico baile a José Luís Arnaut na TVI24 (“Política Mesmo”). De facto, há PSDs que se habituaram a ir às televisões debitar falsidades e calúnias sem qualquer contraditório. Como o próprio Silva Pereira fez questão de frisar, com ele nenhuma falácia fica sem resposta. E não ficou. Excelente.

*Alusão a um jantar de várias pessoas com José Sócrates, que teria lugar hoje.

11 thoughts on “Há um socrático que em boa hora não foi ao jantar*”

  1. Realmente também ouvi e vi a “tareia” que Silva Pereira deu a esse crápula que já o tenho visto na TV sempre a dizer mentiras, a puxar a braza à sua sardinha e o mais importante é que não tem argumentação, não estuda as questões, sai o que sai e normalmente é sempre conversa mal cheirosa.
    Aliás é um pouco igual a outros pepeidocas: É mais do mesmo.

  2. Penélope,
    força nisso de dar destaque aos socráticos, que significa, actualmente, ter coluna vertebral.

    (que suposto jantar seria esse? já há mitologias desse tipo ou escapou-me algo?)

  3. Foi edificante. Fez lembrar as sovas, de boa memória, que José Sócrates dava em Marques Mendes na Assembleia da República. A direita portuguesa não gosta do contraditório e responde quase sempre com chuchadeiras alarves.

  4. nada de cuidado sobrinha edie, dei cabo duma nail no touch screen do ipod e o sms saltou pró feicebuque, apareceram mais de 300 jornalistas e com lidl fechado a esta hora onde é q’eu vou arranjar atum pra esta gente toda?

  5. ainda há uns dias alguém perguntava, em tom desafiador, se conseguiam provar que o josé luís arnault não era um homem de bem (a propósito de ter um pé na privatização da tap, a mando do governo, e ter outro na ana, a mando daquela que veio a vencer, a vinci). pois inacreditavelmente toda a gente esqueceu (dá jeito a esta imprensa sabuja) que a única condenação em tribunal por financiamento ilegal de um partido foi precisamente o psd tendo na altura o arnault por responsável financeiro. lembram-se certamente que a construtora somague era apenas uma construtorazinha mas com os estádio do euro (arrebatou-os quase todos no consulado barroso) tornou-se a maior construtora nacional. esta engorda rápida teve, como não poderia deixar de ter, como consequência a sua venda rápida à espanhola sacyr, com os seus proprietários (os vaz guedes, que à época andavam num desvario mediático a favor dos centros de decisão nacional em portugal) a engordarem as respectivas contas bancárias colossalmente. claro que ainda sobrou para pagar ao psd por debaixo da mesa (pelo menos 400mil euros foram provados em tribunal). mas perante estes factos com julgamentos e condenações, os jornais sabujos preferem atirar-se à mota engil e ao ps, a gente sabe porquê.

  6. oh assis! e os embrulhos com o valentim quando foi governante? porque é o nome do moço desapareceu dos processos e o que é que o valentim ganhou com isso? ainda dizem que o ministério público não faz acordos.

  7. edie: O acontecimento n.º 1 de 2013! Sócrates foi jantar. Edite Estrela foi apanhada por alguém a convidar uma pessoa para um jantar com Sócrates na sexta-feira. Ficou tudo num alvoroço.

  8. acho que a tia estrela quis ser apanhada a convidar uns gajos para um jantar com o socras e vai daí atirou com um sms avariado para o facebook. quando se esquecem de nós no partido há que lembrar que existimos, nunca se sabe se vai haver eleições antecipadas lá para abril ou se o cavacóide mete o segurelha num cozinhado presidencial de salvação dos beneficiários do bpn.

  9. Uma dúvida,que até não é assim por aí além,suponhamos o alegado presidente do PS,o Tó Zé Seguro no frente-a-frente de ontem no lugar do Dr.Silva Pereira.Não quero nem ouso sequer imaginar a hipótese de ver o inominável Arnaut sair com o ar do funcionário exemplar que deu uma lição aos “socráticos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.