Há dois testamentos que estão a faltar

Suponhamos que Carlos Santos Silva tinha um azar e morria. Os milhões que alegadamente pertencem a Sócrates passariam a pertencer à família de Santos Silva por herança. A contrario, caso Sócrates tivesse um azar e desaparecesse, os seus herdeiros ficariam a ver navios quanto aos milhões que alegadamente lhes deveriam caber por herança. No reino das espantações e da incredulidade em que os senhores magistrados decidiram viver, ao ponto de se valerem de provérbios populares para manter um homem preso sem culpa formada, tanto desprendimento, desprezo pelos seus e generosidade por parte de Sócrates não será credível. Falta também aqui outro provérbio.

51 thoughts on “Há dois testamentos que estão a faltar”

  1. Psiquiatras em barda é o que será necessário para tratar quem acredita na fantasia anedótica que tem inundado os jornais. Matéria a servir de exemplo em aulas de pensamento crítico por muitas gerações. Senão de neurociências.

  2. Como é evidente Penélope! Quem quer ter dinheiro fora dos holofotes, acessível e impenhorável não usa uma simples conta bancária em nome de um amigo, usa sim, um ‘Trust’ irrevogável.

    Qualquer pessoa com acesso aos valores que aqui falamos, sabe bem desta ferramenta.

    O problema aqui é realmente haver muitos básicos neste país e que no xadrez só conseguem ver uma jogada à frente.

  3. Oh !!!!. e eu que gostava tanto daquele dos cabritos que até já o trauteava no WC a aliviar – me !

    Até fiz uma variação : Quem cabritinhos vende e cabronas não tem ou é Marquês ou pede emprestadado ao amigo Silva que os têm.

    Aceitam – se variações para corresponder ao pedido da beata Penelope. Não se acanhem. É tipo uma destas propostas de OTL de escrita criativa. Tipo D RAMAXUXOTERAPIA !

  4. Um gajo que nem uma licenciatura conseguiu fazer, vindo da covilha, a montar trusts irrevogaveis ao mesmo tempo que lidava com a falencia precipitada por si proprio de um pais. Ta bem.

  5. Mas o que é que o testamento tem que ver com os magistrados e não sei o quê mais?

    Qual é a ligação?É evidente que se o dinheiro é do Sócrates e os filhos do altruísta Santos não tiverem herdado a generosidade do pai, aquele fica a arder. Se o Sócrates morrer, pois serão os seus que ficarão a arder…Mas essa hipótese não se coloca, não é? Afinal, o homem é insolvente (não declarado).

    Culpa formada?! Mas a prisão preventiva não PEDE culpa formada…
    Hum, por falar no reino das ESPANTAÇÕES…

  6. Sim, de facto, tem toda a razão o numbejonada ! Para quê culpa formada para prender um ex PM por corrupção no exercicio de funções ?! Realmente, só neste país !!!

  7. Nunca me deixa de espantar a atenção que os direitolas têm aos posts dos blogs que cascam no “governo”. Não devem ter mesmo mais nada que fazer – ou isso, ou o emprego deles é mesmo este…

  8. Numbejonada,

    Quem supostamente recebe milhões por esquemas tão complexos como a corrupção activa e passiva, é evidente que acautela duas coisas:
    – o rasto do dinheiro; e
    – o acesso ao dinheiro.

    Diz que o Sócrates está insolvente, pode-me explicar porquê?

    A grande questão aqui nem é se o dinheiro é deste ou daquele, é fazer prova da corrupção e do rasto do dinheiro, tudo o resto é ‘peanuts’.

  9. Caro D´Alte…eu «cá» só me remeto ao que vai sendo ventilado, incluindo pelo arguido. Eu «cá» só poderia pronunciar-me se tivesse conhecimento da documentação. Até lá, pegando nos disparates que os IGNORANTEZES vão espetando com incrível linguajar ….e consta que o homem vive da ajuda humanitária do amigo…

  10. Bamus participar na argumentoterapia quésta mal tá a carecere:

    Bós num sabeis nada
    Carneiros, calai-vos um pouco
    Respeitai a bossa cabeça
    Deixai de tanta asnada
    (hum, se calhar fica melhor chinfrinada)

    Prenderam-lhe o filão de oiro
    Encheu-se à custa de todos
    Agora está em ébora
    Á espera que lhe salbem o coiro

    O santos é silba de nome
    Num sabe o que fazer
    Se calar e comer
    Ou bufar com cognome

    José Sócrates sempre presente
    No meu bolso ao longo do tempo
    Meteu-se com o Alexandre
    Tá feito com o incidente

    Tem advogado inconveniente
    Não dá duas prá caixa
    Ofende quem num debe
    E trama o cliente

    hum. oqueie. pra ser cantado ao som de palmas ou batidas de pézes. oqueie.

  11. Rudrigues, pá, baie plantare batatas, pá e enfia umas na boca pra bere se páras de dizer asneiras, pá. ganda IGNORATEZES, pá, aprubeita e baie pençare o porco, pá, dá-lhe do teue estrume, meue, que num caresses de cumprare. oqueie. Óbe, uza as palabras como debe de sere, tá beie? oqueie,

  12. Numbejonada,

    Todos nós, honestos, sabemos bem porque é que o Passos nao pagou a SS, o que realmente se passou na tecnoforma, sabemos tudo e mais alguma coisa, sabemos por instinto da normalidade das nossas vidas.

    Mas, eu não acredito que haja um juiz que condene alguém por receber ou dar empréstimos de milhões ou biliões. Parece estranho? É evidente, mas também é irrelevante. Ou provam a corrupção ou é tudo palha para o correio da manhã .

  13. João D’alte,

    Questões sérias e a constactação do óbvio não interessam ao spin de serviço ! O que interessa é fazer a maralha acreditar que o gajo é mais estúpido que um calhau ! Há quem produza maus argumentos de boa fé. Não é o caso dos spin-doctors que por aqui populam. Esses têm cliente e servem uma agenda. Mas não sei quem nem qual !

  14. O Circo NÃO PÁRA. Afinal vai mesmo abrir uma sucursal do Chapitô em Évora !

    O Movimento Cívico José Sócrates, Sempre considera que o ex-primeiro-ministro é “um preso político” e que o ex-governante foi preso para que a investigação fosse possível. Na primeira acção pública, o movimento aproveitou para se apresentar oficialmente esta quinta-feira numa conferência de imprensa, no Porto. A apresentação esteve a cargo do grupo nuclear da sua fundação, um agente da PSP aposentado, um empresário, uma funcionária de uma autarquia e uma professora reformada. Apenas esta duas últimas disseram ser militantes de base do PS, sublinhando que os restantes não fazem parte de qualquer partido.

    O antigo polícia de Mangualde, João Gomes, não teve qualquer dúvida em afirmar que a prisão de Sócrates foi um “plano da direita” e chamou a atenção para a existência de “forças ocultas” que, na sua perspectiva, estarão a condicionar o processo. Questionado sobre as suspeitas que levanta inevitavelmente sobre o juiz de instrução criminal Carlos Alexandre e o procurador Rosário Teixeira, o ex-agente não quis, porém, concretizar a sua opinião. “Como cidadão tenho o direito de fazer um julgamento. Eu vejo telejornais”, disse.

    Sócrates está em prisão preventiva há quase quatro meses, tendo o processo já sido escrutinado entretanto, face a recursos e a habeas corpus, pelo Tribunal Central de Instrução Criminal, Tribunal da Relação de Lisboa e pelo Supremo Tribunal de Justiça. Até agora, diferentes magistrados de instâncias diversas decidiram manter o ex-governante em prisão preventiva.

    “Não temos conhecimento do que está no processo, mas temos uma opinião. Achamos que ele um preso político e é a partir daqui que trabalhamos”, explicou a professora reformada Luísa Lopes que deu ainda conta que o movimento, que já conta com um hino em louvor a Sócrates, foi criado há cerca de 10 dias e que já tem 400 elementos. Os fundadores, que se conheceram nas vígilias junto à cadeia de Évora, sublinharam que os membros do grupo têm diferentes opiniões. Adiantaram ainda que o movimento irá organizar a 28 de Março uma nova vigília à porta daquela prisão, uma iniciativa com música e poesia a que chamaram “Primavera em Évora”.

    Entre os quatro membros que apresentaram o movimento, apenas um conhece de perto Sócrates. “Ele andou com os meus filhos ao colo. Conheço-o bem”, disse José António Pinho, conhecido empresário da Covilhã, onde também viveu e trabalhou o ex-governante. Segurando um exemplar do livro de Sócrates A Confiança no Mundo. Sobre a Tortura em Democracia, autografado pelo autor, José António Pinho, disse que o ex-governante está “preso por ser um homem perigoso e a ser vítima de “tortura, mas sofisticada”.

    O empresário recordou, comparando, a tortura de que foi alvo pela PIDE durante o Estado Novo, condenou “métodos fascistas” contra Sócrates e, questionado sobre a legitimada da justiça, citou o capitão de Abril, Salgueiro Maia: “Às vezes é preciso desobedecer”.

    Numa nota de imprensa distribuída pelos jornalistas, o movimento criticou ainda o facto de Sócrates estar preso apenas com base em “indícios” e sem que até agora o Ministério Público tenha deduzido uma acusação, o que é habitual nesta fase, que é a inquérito, na qual em causa apenas indícios como nos restantes casos. 

  15. Bora convidar estes solidários bacanos e crédulos amigos para uma missa de solidariedade e desagravamento ? Recebem uma inscrição aqui pró Mosteiro com um bónus de Kissesssss socráticos e uma receita reforçada de terapias não convencionais de aprofundamento da FÉ ! Com Catequizacão acelerada do sacristão IgnorantZio e
    Baptismo dado pelo Sacerdote Mor Valupetas. Hino em fundo a cargo da Abrileira e sus muchachos !

  16. Uma nota para os palhaços de serviço.

    UM HOMEM FOI PRESO PREVENTIVAMENTE PARA SER INVESTIGADO.

    Se os palhaços acham isso normal e constitucional, então a democracia está morta (se é que alguma vez existiu realmente).

  17. Eu já desconfiava que o IgnorantZio era Polícia e se chamava Gomes ! Nunca me enganaste. Fedes a Mangualde !

  18. D´alte, bá lá, se tu num entendes o essenciale, cumu poderias tu entendere a proba da corrupição, hum, hien? óbe, pára de te batizares de cinco em cinco segundos, pá. a tua cumbersa é sempre a mesma. oqueie.

  19. E a Penelope tem todo o estilo e aparência do línguajar inconsolado e forte abnegação religiosa da Luísa Lopes, Professora Reformada da Picheleira … ganda malha, minha!

  20. ó FERRA pá, mas óbe, ó carapau, a lei num é de agorra, a prissão eprebentiva já izistia no tempo de sócrates e é aplicada nos tribunais há muito tempu, pá, num foi só agora, ó carrapau, hum?

    queres um hino, queres?

    O ferra, o ferra
    tá triste, tá triste,
    reboltado, reboltado
    cuquesepaça na terra

    ele num bè nada à frente
    mas adora o o seu idolo
    é socrtaico, é socraticu
    e aplaude o 44

    hum, hum, hum. oqueie.

  21. Numbejonada,

    Andaram os seus paizinhos, coitadinhos, a pagar os seus estudos, com uma grande esperança de sentirem o orgulho de ter um descendente estudado na aldeia e sai-lhes uma espirradeira… Eles sim estão insolventes!

  22. olha outra perspectiva Penélope: os criminosos meticulosos, aqueles que não agem por impulso como todos podemos ser, são narcisistas e estão-se, por isso, cagando para quem fica. :-)

  23. Rodrigo,

    -O apartamento em Paris é de quem?
    – que interesse teria o Sócrates em comprar os apartamentos da mãe com o seu suposto dinheiro?
    – quem é o dono da empresa que negociou os direitos televisivos em Espanha?

  24. João D’alte,

    Expliquei-me mal ! Quando me refiro ao “citado” estou a falar do Procurador, que é referido como fonte da noticia. Procurador que ao não desmentir ser a fonte assume claramente ser a origem de informação que supostamente deveria estar protegida pelo segredo de justiça. Era nessa perspectiva que me referia ao regular funcionamento das instituições e à defesa do estado de direito.

  25. Olinda,

    Pois ! Mas por serem meticulosos raramente são tão estupidos como é sugerido pelo que tem sido publicado sobre este processo, não acha ! É só mais uma perspectiva !

  26. qualquer imbecil que tenha competência para elaborar alguns dos comentários supra têm competência bastante bastante para magistrados e juízes sem frequência do CEJ; aliás o CEJ deveria ser alvo de uma auditoria externa, internacional para ser independente, sobre critérios de admissão. alguns são consabidos (peritos em provérbios) mas terão de existir critérios que escapa ao comum dos cidadãos, pela razão, redundante, que a matéria humana que dali sai é de calibre reduzido e de carater rasteiro….

  27. “É só fazer as contas aos números apresentados pelo Ministério Público: 3,5 milhões num apartamento em Paris (aquisição e obras) mais as rendas perdoadas, 2,6 milhões num negócio de direitos de televisão do campeonato espanhol, 712 mil para a compra de três apartamentos à mãe, mais 1,2 milhões para a ex-mulher, Sofia Fava…”

    nem vale a pena ler mais para perceber as contas dos magistrôncios:

    . o gajo compra o apartamento e ainda fica a pagar renda

    . em relação ao negócio dos direitos televisivos, o rosário diz que viram os seus “ganhos diminuídos por via da ação da autoridade tributária, que acabou por tributar as mais-valias geradas”, portanto até pagaram imposto e tiveram lucros, o que prova que só os negócios que dão prejuízo e não pagam impostos é que são legais.

    http://www.noticiasaominuto.com/pais/363770/socrates-e-o-negocio-milionario-de-direitos-televisivos

    . o valor da transacção das casas da mãe já baixou € 63,000, apesar de serem os valores de marcado, mas não percebo o motivo da transacção.

    . aparentemente a ex-mulher do sócras pediu um empréstimo ao bes para comprar um monte e o santos silva foi fiador por ser patrão dela. na primeira versão do rotex eram € 700,000.

  28. Rodrigues,

    Acrescento só que o que escreve é para mim adquirido.

    Veja uma entrevista dada pelo ‘super juiz’ e atente ao que ele diz sobre a importância da comunicação social na justiça.

    Razão tem o Garcia Pereira!

  29. João D’alte

    Acontece !

    Quanto ao conteúdo da noticia estamos de acordo : aritmética incipiente a cavalo em suposições estapafúrdias!O negócio com as casa da mãe, então, é algo que brada aos céus ! Nem o perdigueiro que tenho deitado aos pés se lembraria de semelhante coisa ! Só não percebo como é que deixaram passar o investimento em palha e ração para as cabras e cabritos que os meritissimos da relação trouxeram à baila! Enfim !

  30. Ó Dalte IGNONCIO os paizinhos que refere não são da sua conta e se estivessem vivos, dir-lhe-iam para não aspirar a saír do charco e continuar nas trevas. Ou então mandavam-no ler Platão. Portanto, dobre a língua, meu caro, e continue a tratara das couves e dos repolhos. O marrano está a precisar, bá, bá-lhe dare a bianda.

  31. ena pá, estes gajos a falarem com eles próprios, fogu, fogu, xuxas paralíticos, cumunas exploradores do trabalho dos ótros. reproduzem-se que nem cuelhos e ainda exigem, ó aventesmas, agarrem na inxada e bãoe travalhara terra, cambada de ignoncios, fogo, ó jé bicos, cuntinuas com o trombile ligado á traseira ótica. oqueie,

  32. beie, bamus lá a sere práticos, como é que se baie resolbere a questãoe dos testamentus, hum? metemos o notário na cunbersa ou é mesmo pribado, hum? oqueie.

  33. Fifizinha tens mesmo de ir pra escola do Circo. O teu sentido de humor está uma lástima. São mesmo cinzentoes e sensaboroes bocemessês socrateiros. Levam a coisa muito a peito. Até parece que estão todos em prisão preventiva. Será ? Pelo menos em termos de humor e elasticidade mental, não há dúvida. Estão mesmo apanhadinhos do reumático. Deve ser da Humidade corrosiva Xuxa !

  34. Fifizinha já leste o correio da manhã hoje ? Dizem que o gajo é um refinado e manhoso manipulador !!! Será que também estas a ser manipulada ? Não !!!! Ok, pronto tú e que sabes! Entretanto reza mais uma vez o terço dos condenados injustamente ? Dizem que funciona mesmo se repetires o Hino 44 vezes em voz alta e virada pra Évora, para dar resultado e ajudares o Príncipe Imaculado a voltar a usar o cachecol do Benfica. Okey ?

  35. Numbejonada,

    Espero que não tenham morrido de desgosto! Ai, este sentido de humor ganho nas terras da majestade…

    Plato?? Que ironia… Um homem que considerava Sócrates o homem mais justo do seu tempo!

    O xir numbejonada sofre do efeito Dunning-Kruger!

  36. Com a prisão preventiva de Sócrates sem culpa formada foram violados direitos, liberdades e garantias deste cidadão, bem como o segredo de justiça, consagrados na nossa Constituição.
    Há quem sublinhe a existência de “fortes indícios” para, de uma forma dolosa, adiantar culpa ao cidadão e, com isso, justificar todas as análises do caso Sócrates, levadas a cabo pelos opinadores do costume, incluindo os delinquentes solitários que frequentam este blogue.
    Se consultarmos a nossa Constituição atualizada, verificamos que na alínea b) do ponto 3 do artigo 27º (Direito à liberdade e à segurança), bem como o ponto 2 do artigo 28º (Prisão preventiva), verificamos que a prisão preventiva tem natureza excepcional e só poderá ocorrer por fortes indícios de crime doloso.
    Ora, na redação dos acórdãos produzidos, quer pelos juízes da Relação quer do Supremo, surge, como não poderia deixar de surgir porque é obrigatória, a expressão “fortes indícios” para justificar a prisão preventiva. Porém, muitos opinadores viram nessa expressão, mais uma vez proferida, a consolidação de uma culpa anteriormente “sentenciada” pelo juíz de instrução Alex, quando, na verdade, os juízes foram obrigados a citar a Constituição para justificar a vontade de manter o cidadão na prisão.

  37. http://www.publico.pt/sociedade/noticia/comportamento-de-advogado-de-socrates-discutido-em-plenario-1689864
    São estas as grandes preocupações da Ordem dos Advogados quando vêm um seu Advogado em diligência de defesa de um cliente ser perseguido na via pública, enxovalhado e gozado por uma jornalista sem escrúpulos. Vómito!
    Uma jornalista a mando de um jornal que persegue há 10 anos o seu cliente, um presumível inocente, um jornal que viola o segredo de justiça diariamente com o torpe fito de lhe conspurcar a imagem e julgá-lo na praça pública. Vómito!
    Uma Ordem que tem por primordial atribuição nos termos do art.º 3.º dos seus estatutos “defender o Estado de direito e os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos e colaborar na administração da justiça”. Vómito!
    Chegados a este estado generalizado de hipocrisia e podridão, o que nos resta?

  38. resta-nos gajos como tu, insólitos e inoportunos. Já agora: já que és tão formal e falas de «vómito», o 44 não é um presumível inocente – ele é inocente até prova em contrario.

  39. João D´alte, é natural que a tua criação te tenha levado ao teu último post. Os «barracas» atuam assim. Sem berço. Quanto ao Sócrates – o antigo – , tinha, de facto algo em comum com um outro – parece que também pegava por trás e gostava de luxo e da luxúria. Acabou no lixo.
    Quanto ao efeito, já te disse inúmeras vezes – pára de projetar, cura-te. E faz um retiro – leva o hino e a fotografia…sempre te inspiras mais.

  40. « Com a prisão preventiva de Sócrates sem culpa formada foram violados direitos, liberdades e garantias deste cidadão, bem como o segredo de justiça, consagrados na nossa Constituição.»

    A sério? E o que é a culpa formada?

    «Se consultarmos a nossa Constituição atualizada, verificamos que na alínea b) do ponto 3 do artigo 27º (Direito à liberdade e à segurança), bem como o ponto 2 do artigo 28º (Prisão preventiva), verificamos que a prisão preventiva tem natureza excepcional e só poderá ocorrer por fortes indícios de crime doloso.»

    Ui, ui. Mas há uma constituição desatualizada, é? E como é que se mede a excecionalidade da prisão preventiva? Conta aí, ó ilustre!

    «uma culpa anteriormente “sentenciada” pelo juíz de instrução Alex, quando, na verdade, os juízes foram obrigados a citar a Constituição para justificar a vontade de manter o cidadão na prisão.»

    Ui, então os juízes foram neste caso concreto, obrigados a citar a constituição!! Não o fazem nos outros casos, é? Bolas, e eu que pensava que não era assim. E o código de processo serviu para ???

    Parecer brilhante, que facilita a aplicação do Direito – assunto resolvido. Ó Ignatziaezes, larga o vinho, põe-te sóbria e não te ponhas a jeito. Conta aí: onde é que aprendeste isso tudo? hum?.

  41. o princípio é o da presunção da inocência, art. 32, 2 da CRP. vai ler, grande ignorante. sócrates é arguido, mas presume-se inocente e tem direito a gozar dessa presunção. és muito mais ignorante do que pensava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.