18 thoughts on “E no tráfico de mulheres? Procurem bem”

  1. Penelope, acho que ainda não percebeste bem a estratégia.
    O “caso” baseia-se no pressuposto que os 20 e não sei quantos milhoes que o Santos Silva tem, sao de Sócrates.
    Ao longo dos anos, o homem (Santos Silva…) usou o dinheiro para fazer coisas, como é normal em alguem que tem milhões.
    Cada movimento dessas contas vão surgir a conta gotas como os negócios “de Sócrates”, porque afinal..o dinheiro era dele.
    Se foi legalizado no RERT não conta porque o dinheiro era de Sócrates. Se comprou uma casa, Sócrates comprou, se investiu, foiSsocrates, se foi ás putas e pagou uma garrafa de champanhe, certamente foi Sócrates é que o bebeu. E assim por diante. anos de movimentos que devem estar registados…são de Sócrates.
    A estória é curiosa porque até agora ainda não se conheceu nenhum movimento esquisito se o dinheiro for, de facto, de Santos Silva. Pelo menos ainda nao vi nada remotamente ilegal..

    A estoria só tem uma pequena falha… parece que ainda não têm qualquer prova que o dinheiro é de Sócrates. E durante quase 2 anos de investigação só não receberam aquela informaçãozinha da Suiça que poderia (acham eles..) confirmar a tal propriedade da massa. Só falta isso. Detalhes, certamente.

    Em resumo, é todo um caso pendurado num “facto” para o qual não aprecem ter nenhuma prova. E, sinceramente, não sei como alguma vez vão provar tal coisa….

    O que, como é evidente, é completamente irrelevante. O objectivo não é provar coisa nenhuma. È condenar directo. E isso já está feito.

    Nada disto serve para desculpar Sócrates, que tinha a obrigação moral e ética de ser absolutamente recto e transparente neste periodo e não dar a menor hipótese que estas estorias surgissem. Nunca lhe perdoarei ter dado o flanco á corja para fazer este festim.

    miguel

  2. a coisa não está correr mal…apenas ridiculariza a justiça…tenho a convicção que os “super” irão sair de cena pela porta dos fundos…

  3. Miguel

    Como não leio o «Correio da Manhã» nem o «Sol», e nos jornais que leio não me detenho muito naquelas saladas de envolvimentos que associam com associações que envolvem, e demais coscuvilhices servidas como jornalismo de investigação, ficaria muito grato se me pusesse ao corrente de pelo menos algumas das imperdoáveis faltas de retidão e de transparência cometidas por Sócrates «neste período» (qual?) e do que ele fez para dar ensejo a que «estas estorias surgissem» e «a corja» fizesse «este festim».

    Muito obrigado.

  4. Dar o flanco à corja? Agir com a naturalidade de quem não deve não teme, sem medo da exposição pública, é um contributo heróico de JS à sociedade portuguesa. Sem ele não saberiamos tão bem o quanto nos falta para atingir os mínimos da convivência cívica decente e da sanidade das instituições. Por exemplo, neste gotejar ridículo das hienas, não seria tão evidente a malvadez e velhacaria de muitas pessoas a quem é confiada a justiça ou a tarefa de informar com isenção.

  5. É uma boa questão, quantos mais negócios terá o “recluso”?
    Sim para além da vida de luxo, caviar e champanhe ao peque-
    no almoço, já se viu que está no imobiliário agora, esteve na
    compra de direitos televisivos sobre jogos de futebol com o
    outro testa de ferro o tal que, foi da PT que, queria comprar
    a TVI para correr com a Boca guedes, aí começou o verdadei-
    ro atentado ao estado de direito que, os outros comparsas
    não deixaram ir para a frente !
    Como tudo isto anda em roda livre, por sua máxima culpa
    José Sócrates está a viver um verdadeiro caso Kafkiano , foi
    no seu Governo que foi apovado o CPP que permite toda
    esta bagunça, um procurador e um juíz com muita experiên-
    cia acusam cansaço e parece terem alucinações e, serenamen-
    te vão destruindo um dos pilares da democracia, até agora
    baseados em suspeições sem qualquer prova, não acredito
    que o banco suiço não tenha respondido … é a Justiça que
    está em banho maria, não colhe, vir com a conversa do cha-
    mado tempo próprio e o mediático, mais de um ano de inves-
    tigação é muito tempo!
    Nós sabemos que somos um Povo de criativos, começando
    pelas anedotas, temos bons ficcionistas o caso daquele escri-
    tor que também é procurador em Aveiro e mano da PGR o
    tal que aceitou a teoria do atentado contra o estado de direito
    quiçá, o que está a conduzir a operação “Marquês” também
    não quer ficar atrás e deve ser fã do John Le Carré !!!

  6. e a investigação lá continua a mandar as suas “suspeitas” para os jornais, para fazer o julgamento com os meios que tem: a opinião pública. Que por acaso já não está a alinhar assim tanto com a estratégia… Como diz o ignatz, ainda levam uma grande banhada…

  7. “… nas mais de 200 páginas do despacho de Carlos Alexandre que determinou a prisão preventiva de José Sócrates, do empresário Carlos Santos Silva e do motorista João Perna, não será ainda apresentado qualquer facto concreto de que o dinheiro pertencia ao ex-primeiro-ministro.”

    http://www.jornaldenegocios.pt/economia/justica/detalhe/diario_de_noticias_despacho_nao_e_taxativo_sobre_de_quem_e_o_dinheiro_no_caso_socrates.html

  8. Proponho ao juizão do ticão que abra uma crowddenúncias onde cada um dos milhões de inimigos portugueses de Sócrates possa deixar o seu testemunho sobre casos , mesmo que muito ao de leve, relacionados com as indesmentíveis actividades criminosas do preso 44.
    Vou dar o exemplo
    Olhem, eu acho que o gajo aqui da terra que está dentro por roubar e exportar máquinas e tractores para Angola , tem um primo que vive com uma irmã da porteira do prédio de Paris, aquela que jurou ao CMTV que Sócrates, em atitude muitíssimo suspeita, até saía todos os dias por aquela porta do prédio que a câmara focava em grande plano, ao contrário de todos os outros moradores que, podemos concluir, não iam nessas modas e saltavam da janela dos apartamentos para a rua.
    Ora parece que a irmã da porteira, a tal que é amantizada com com o primo do preso, já declarou ao TIC que ouviu várias vezes o detido, com quem também deu umas voltas, a sussurrar ao telefone , durante horas, com um tal José Carvalho e que, sempre que durante os telefonemas encostava a cabeça ao peludo peito do amante , reconheceu a voz do preso 44.
    Já requereu ticão que as suas declarações fossem anexadas ao processo da Operação Marquês e aguarda o que mais que certo deferimento.

  9. E a bancarrota do BES não foi obra de Sócrates também? Parece que ele almoçou uma vez com o Salgado. Para combinar o montante das luvas, certamente. A partir daí o banco entrou no vermelho, por causa dos milhões que o pobre banqueiro teve que transferir para as contas do malandro na Suíça.

  10. O Cerejo do Público, nos últimos tempos, tem esta caracteristica de escrever lencois de “factos” sobre o caso ou os seus intervenientes. Por manifesta falta de ligação a Sócrates, fica o lençol e umas breves insinuações do género “pode ser esta a linha de investigação”.

    Mas estes lençois têm pelo menos o beneficio de contradizer a estória que tem sido impingida desde que Sócrates foi preso.
    O que esclarece desta vez:
    1 – Afinal Santos Silva não era um amigo de infância de Sócrates, nem partilharam quartos em Coimbra nem nada que se pareça. Lá se vai a “explicação” para tamanha confiança entre os dois. Não houve juramento de sangue no quentinho de um quarto de estudantes..
    2 – Afinal Santos Silva faz parte de uma familia abastada e tem um longo estorial de negócios (desde os anos 80) relacionados com as obras públicas com mais de 60 empresas criadas, fechadas, falidas, que deram lucro, outras prejuizo. Com relações muito diversas (familiares, politicas, e outras..) para ganhar negócios, principalmente, na construção civil.
    Uma leitura apressada do lençol do Cerejo basta para perceber que com aquela actividade seria fácil juntar 25 milhoes. Sem nenhuma ajuda muito relevante de Sócrates.
    Lá se vai a estória do “amigo” que apenas teria préstimo como testa de ferro de Sórates e que apenas serviria para lhe guardar o dinheiro.
    http://www.publico.pt/politica/noticia/a-ascensao-do-amigo-de-socrates-desde-teixoso-aos-milhoes-investigados-pela-policia-1679325?page=-1
    http://www.publico.pt/sociedade/noticia/empresas-de-santos-silva-sao-as-que-mais-ganharam-com-obras-da-parque-escolar-1679258

    A verdade é que á medida que se vão sabendo mais coisas esta “investigação” parece cada vez mais uma treta, uma merda.
    Espero bem que lá tenham alguma coisa que justifique o carnaval, caso contrário espero que sejam empalados na praça do comércio para servir de exemplo.

    miguel

  11. Esqueci-me deste link: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/o-homem-de-bastidores-que-nem-fotografias-deixa-no-seu-rasto-1679345

    Onde Cerejo faz titulo da sua irritação porque o homem não espalha a sua vida no facebook (o que dá jeito a jornalistas..) e não fotos publicas!!!

    Assim de fininho e sem direito a titulo desmente 543 titulos de outras noticias que os davam como amigos de infância que partilham quartos em Coimbra e o caraças…

    Miguel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.