Dois terços de um painel

Na TVI24, o painel de comentadores da II parte da entrevista de Sócrates apresenta, à direita de Paulo Campos, umas criaturas inenarráveis. De onde saíram? Só dizem asneiras.

22 thoughts on “Dois terços de um painel”

  1. Tem graça que acabei de escrever sobre isso e acabei pedindo o favor que, quem saiba quem é uma delas, aquela a quem ouvi chamar Sofia, me diga para ver se percebo o que é aquilo. Da outra, mais ou menos sei mas hoje estava desvairada de todo. Agora ao ver o título deste seu post, pensei que fosse ficar elucidada. Mas não, fico na mesma.

    De qualquer forma, partilho o seu espanto: mas que indigência foi aquela?

  2. Bem, teria de ver as vossas horas porque eu comentei aqui no Aspirina B eram 22h06! A prima afastada da prosa fica aqui, hoje em estéreo também.

    Ó Valupi, acrescento ao que disse ontem noutro contexto a inteligência estonteante da Raquel Varela, que é a dona de uma daquela[s] vozes que estão agora na TVI 24 a encher os ouvidos do desgraçado do José Alberto Carvalho (já os telespectadores têm a opção de usarem o comando, estarão melhor seguramente). Noto que a Raquel Varela está acompanhada do Paulo Campos, vá-se lá perceber porquê, e de uma Sofia qualquer coisa que fala como uma marioneta qualquer faria nas manhãs da RTP a preto e branco. Esta gente apareceu de onde, sabes?

    15 de Dezembro de 2015 às 22:06

    Depois dos três magnífico[s] advogados, e que foram anteriormente sublinhados, [e] do momento televisivo seguinte com o filho do Estebes e o JMT (em que salvou o Pedro Delille) o pior estava para vir. Hoje, agora, [há bocado], na TVI 24, está ali alguém a fazer figuras de quem eu não percebo sequer a lógica dos convites.

  3. Realmente o melhor era ter feito um debate apenas com o Paulo Campos, o Campos Paulo, e o Paulo Mais ou Menos Campos.

    Que caralho !

  4. O Vicente

    Se calhar era melhor ter feito o debate com alguém que conexa a narrativa da Direita de que o Sócrates levou o país a bancarrota por ter feito investimento público a mais …em vez daquela LOUCA que foi para lá dizer que o Sócrates foi que mais cortou nos salários e que não fez investimento público! Aquela Raquel Varela parecia que tinha bebido!
    E pedir 120 000 euros ao banco para ie estudar um ano para Paris com os dois filhos ? Que escândalo !!! Que excentricidade !!! O que é normal é as galderias das actrizes e os bêbados dos actores da TVI e da SIC ganharem salários de 20 000 euros por mês e f…tudo em p.. .e vinho verde! Pois claro!

  5. Ora viva, senhora Jeito Manso. Seja muito bem-vinda a este blogue. Não sei efetivamente quem são as duas esganiçadas (estas, sim, esganiçadas) em questão. A tal de Raquel Varela tem um nome mais sonante, que penso já ter ouvido, mas desconheço por que razão aparece na televisão. Também eu mudei de canal, embora intermitentemente, tendo começado por ouvir a tal de Sofia a tentar revelar ao mundo contradições de Sócrates com afirmações anteriores às eleições. Nem ela percebia onde queria chegar com aquilo, quanto mais eu aturá-la. Mas gostava de saber qual o critério de escolha de comentadores da TVI.

  6. Cá para mim tenho que a sofia é o nosso desaparecido comentador deste humilde espaço, conhecido como cegueta.

    O método pelo menos é o mesmo.

  7. maizum a cobrar direitos de autor e outro a achar que contraditório mentir e dizer disparates em loop formato pedro guerra.

  8. Gostei foi quando criticou os políticos de não responderem às perguntas que lhe fazem, e depois faz o mesmo, mas de uma maneira estridente.

  9. aquilo foi tão mau que a régie mandou o zé alberto apresentar imagens das declarações do ventoinhas para as gajas não insistirem na mentira e mesmo assim continuou a festa.

  10. Ó Ignatz, todo o dinheirinho que arranjares vai já para a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pró Santana Lopes empregar mais alguns assessores caídos em desgraça nestes dias difíceis (caminhamos para o Natal e tudo). Tens o número da SPA, ou não cobras da tua sanfona direitos de autor?

    O que é interessante seria responder à pergunta que interessa, quem é a tal marioneta Sofia falante? Vieram de onde, e vieram como?

  11. São amigas da Moura Guedes, a tal que saiu disparada da barca do inferno.

    Pertenciam à rtp. mas, nessa nojo de programa, uma tal barca (abracadabrante) fazia presença uma Senhora que impunha algum respeito ao desconexo discurso praticado :
    – Isabel Moreira.

    A tvi pensou que ia ter um contraditório de estalo.

    Foi um tal estalo que desafio a tvi a dizer que audiência teve com aquelas criaturas que dão má fama ao género feminino inteligente e normal.

    Uma delas, a de voz de apito, só um idiota a convida.
    Não se aguenta o timbre de voz :
    – in-humano !!!

    A outra, resulta kitsh porque se acha o máximo neste estilo de conversa ofensiva.
    Defensora do mp no caso Sócrates?
    Deve ser dalgum partido que o deitou a baixo no PEC IV e quer parecer coerente!

    Repugnante e descabido por parte a tvi.

  12. Ó Ignatz, aprecio essa costela de Irmão das misericórdias que tu tens .
    (prometo-te que, quando estiver com o Pedro, falo de ti)

    Sobre a TVI do Sérgio pequenino.
    Se bem repararam, o espaço do Marcelo continua vazio à espera de um regresso do próprio ou de uma nova estrela. Para o regresso de Sócrates ser gigante faltou a TVI começar a entrevista na domingo e estender-se para segunda, pensaram nisso?

    Eu já escrevi algures que uma das explicações para a chamada do João Miguel Tavares aos ecrãs como comentador do mundo dos crescidos poderia ser uma espécie de casting para ser esse valente rapaz a ocupar o lugar das prédicas dominicais do professor.

    Ora, tudo se conjuga (roubando o estilo trôpego do Caldeira que persegue o Valupi e que o obriga a dizer que, afinal, eu não sou ele). Se o Sérgio Figueiredo chama agora as doidas da Barca do Inferno é porque poderão mesmo existir mexidas num dos hits da estação de nome Governo Sombra, a saber:

    ~JMT passa a actuar aos domingos, na TVI dos crescidos;
    – Pedro Mexia que até tem estilo passa a representar o SLB substituindo o Pedro Guerra, respeitando-se assim a quota do CDS (é benfiquista, o que é fundamental);
    e
    – Ricardo Araújo Pereira poderia substituir a Judite nas ficará num novo projecto chamado Governo do Inferno ou Sombra da Barca, ou Eixo do Inferno ou Eixo da Barca e, mesmo, um troante Inferno do Mal, acompanhado pelas gaijas para lhe meterem a cabeça em água.

    Desculpem mas cenas da maçonaria não as consegui encaixar aqui. Quem sabe se a Judite de Sousa passará a apresentar-se com aquelas camisinhas de rendas justinhas, que ela usa, mas agora acompanhadas somente por um avental num novo programa com bolinha (viram os seus olhos gulosos quando apresentou, há uns dias, uma peça sobre a Informação Transparente numa TV da Albânia)?

    A seguir (sobre o Pedro Guerra nada sei), com cuidado.

  13. Ó Ignatz, obrigado. Consegui finalmente abrir o link da Caras, passei os olhos pelo lead mas, como a coisa é vasta, não posso ler tudo de enfiada. Para além de andar por ali a mãozinha do Pedro Santana Lopes y sus muchachos (CML, SEC, PLMJ etc.), gosto especialmente da assessoria no Intermarché (não sou cliente, logo não reclamo e não conheço pessoalmente esta Sofia que tem subido bastante na vida convenhamos) mas é sempre bom reencontrar a velha inteligência da dona Rita Ferro que, destacando os 14 valores, deve ter gritado wow! porque 14/15 deve ser o topo da escala das senhoras doutoras e dos doutores que enchiam os gabinetes ministeriais do PSD/CDS e ouitros lugares do estilo… literalmente.

    O resto tem de ficar para depois, prometo ler a Sofia e falar com o Pedro sobre ti.

  14. Mas como é que um jornalista que se preze, como acho que é capaz de ser o caso do José Alberto Carvalho, se dá ao desfrute de, a seguir à entrevista do Sócrates, se dá ao desfrute de ter ali ao balcão duas histéricas? Duma sei o nome, Raquel Varela, que se arma em jurista sem o ser, toda moralista e justiceira, mas da outra apenas tenho a vaga ideia que é uma tal Sofia, frenética apoiante do PàF. Mas, para além disso, quem é aquela esganiçada e insuportável criatura para ali estar a opinar, senhores? Quem?!
    http://umjeitomanso.blogspot.pt/2015/12/mas-como-e-que-um-jornalista-que-se.html

    A ler, adenda e comentários incluídos.

  15. (como se conhecer a biografia de alguém definisse alguma coisa; como se dar, rebatendo determinadas, opiniões servisse para rotular intelectualmente alguém. enfim. eu só vejo, não riso, falta de siso.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.