Com provas dadas como estas, estaremos de facto «arrumados»

Os socialistas que não pensem em voltar ao governo “agora que arrumámos a casa e pagámos as dívidas“, disse ontem Passos Coelho sem se rir. E acrescentou: “Nós temos provas dadas“.

Fonte: Público

Ora bem, começando pelas lides domésticas, alegadamente tão bem executadas, não é difícil perceber o significado de «arrumar a casa» para o PSD: distribuir pelos amigos os lugares nas administrações das empresas públicas privatizadas; venda a preço de amigo de muitas empresas do Estado, como recentemente o Oceanário. Ocupação descarada do aparelho de Estado pelo máximo de «boys» e «girls» do PSD e do CDS, a verdadeira e gloriosa ida ao pote. É isto. Neste sentido, compreendido por 70% do eleitorado, a casa está claramente arrumadíssima. E tudo a brilhar (só que é do gel – do cabelo e das unhas).

Quanto às dívidas que pagaram: a que dívidas se estarão a referir? Às que resultaram do aumento vertiginoso dos juros a partir de 2010, deixada a especulação à solta enquanto se punia ou para punir a Grécia? Às que resultaram do aumento dos encargos sociais do Estado devido às falências sucessivas de empresas após 2009 ­­- pelas quais o Governo na altura não foi minimanente responsável? Será às dívidas contraídas, a taxas de juro reduzidíssimas, junto do BEI, nomeadamente para modernizar as escolas, no âmbito do plano europeu de relançamento da economia, um plano aprovado pela UE e que visava contariar os efeitos da crise financeira na economia? Ou será às dívidas geradas pelas obras faraónicas que nunca ninguém viu, como TGVs, portos, palácios, etc.? Entretanto, com tantos pagamentos heróicos e exemplares, por que razão aumentou a dívida pública mais 30% em 4 anos? Que contas são estas? Que dívida contraíram de que acusavam os outros e que vão ter de ser outros a pagar?

Finalmente, que «provas dadas» serão aquelas? Provas de que as crises internacionais se acalmam e que o BCE travou finalmente a especulação em torno das dívidas soberanas, e isto para todos os países do euro? Provas de que o preço do petróleo por vezes baixa no mercado internacional e de que estamos a beneficiar de uma dessas fases? Provas de que, quando se presta vassalagem a Berlim, o país passa por estar muito bem e no bom caminho, apesar de ser tudo, estruturalmente, mentira? (Repare-se como, no caso grego, o país estava oficialmente no caminho da recuperação há quatro meses, quando o governo era bem visto por Berlim. Depois, passou a estar em situação calamitosa…) Provas de que a falta de vontade negocial resulta na maior fuga de jovens da história do país, acarretando sérios prejuízos demográficos e de sustentabilidade das pensões? Provas dadas de quê? De que se é capaz de criar pobres em pleno século XXI e de secar os bolsos da classe média com aumentos enormes de impostos, acusando-a de gastos excessivos no passado, quando a crise que nos afetou se deveu aos desvarios financeiros da banca?

Mas Passos e o acólito Portas, alçados ao poder por via das mentiras mais desbragadas de que há memória, têm razão: as provas estão dadas. E são de dois tipos: ou más demais ou prova da respetiva irrelevância.

56 thoughts on “Com provas dadas como estas, estaremos de facto «arrumados»”

  1. vai dar ao mesmo,mas o oceanario não foi vendido mas concessionado.por x anos.quanto ao essencial do texto inteiramente de acordo .

  2. “nós temos provas dadas“ em desemprego, emigração e miséria, especialistas em orçamentos rectificativos e previsões adiadas.

  3. E podemos continuar por aí fora: Provas da maior quantidade de famílias sem capacidade para pagar os seus créditos à banca, no que isso significa de drama pessoal e vulnerabilidade de todo sistema financeiro? Provas da total insensibilidade por quem vive no interior, traçando a regra e esquadro um mapa judiciário que, na prática, inviabilia o acesso de muita gente à justiça e contribui com eficácia para o acelerar do despovoamento além A1? Provas do terror fiscal institucionalizado, robotizado e até a prestar serviços a empresas privadas?…

  4. Então agora temos três pinóquios: Sócrates, Passos e Portas. O Jerónimo, esse, anda lá com o gado, ele só tem mesmo é de aparecer nos momentos em que é preciso cantar novamente a Grândola Vila Morena….

    Há que escolher em qual continuar a exercitar o mito de Sísifo. Costa não conta.

  5. Pior o láparo acusa os socialistas de querer voltar ao passado se
    alcançarem o poder!? Isto dito, com a habitual cara de pau esque-
    cendo que, o governinho que dirige já colocou os portugueses lá
    para os idos dos anos 70 do século passado especialmente, no
    que diz respeito às relações laborais!
    Continuam a chamar de reformas aos cortes de salários e pensões,
    cortes na Educação e I&D, sem esquecer o que se passa na Saúde!
    Essa, do já pagámos as dívidas é a mais pura das ilusões que o char-
    latão continuará a passar nos almoços e jantares felizmente, com
    pouca assistência embora, as televisões amigas se encarreguem de
    espalhar a “boa nova” até à exaustão!!!

  6. Já ninguém leva a sério as afirmações do 1º. Ministro, que para ganhar as eleições, não aumentava os Impostos, não cortava nos salários, nem nos subsidios de Natal e Ferias, não venderia as empresas, porque o governo de Sócrates estava a vender tudo ao desbarato, não faria isto ou aquilo como fez o ex1º. Ministro Sócrates, e como todos sabem, não fez nada do que prometeu, e fez tudo muito pior do que Sócrates, a quem Ele se fartou de acusar. Mandou emigrar os jóvens lic enciados, aumentou o nivel da vida, como nunca aconteceu, e por fim com as descidas do petróleo, juros, aumentou a dívida, que estava na casa dos 80 e tal por cento para a casados 130%. Perderam-se mais de 70% das empresas, arruinaram-se as Famílias, elas tiveram as casas próprias a irem aos leilões, os velhos tem dado de comer aos filhos e netos com as suas parcas reformas, muitos deles endividando-se para o fazer

  7. numbejonada,seja inteligente e não alinhe com esta direita,cujo eleitorado é gente com interesses instalados mais a pobre gente do interior que vai atras dos caciques e senhores da terra.seja socialdemocrata. estive varias vezes na suecia, mesmo com viragens à direita ,nunca perdeu a sua identidade.só os impostos é que variavam conforme o governo.

  8. A propaganda é um meio muito poderoso de “fazer a cabeça” dos incautos e dos ingnorantes. As forças políticas que dominam os principais meios de comunicação de massas levam muitos pontos de vantagem, mesmo quando só dizem mentiras ou meias-verdades.
    O PS, ou toma consciência esta realidade e avança para meios eficazes de PROPAGANDA, ou perde as eleições.
    Num país em que qualquer tasca tem uma televisão ligada na TVI a debitar bacoradas prá geral, paró público maioritário da Casa dos Segredos, é muito difícil entrar com um contraditório ao discurso da direita.
    É difícil mas não é impossível. Vamos lá a ter garra!

  9. O drama deste pobre apaís nãp que PPC tenha dito o que disse “sem se rir, e com a maior desfaçatez e descaramento. O verdadeiro drama deste país está na manipulação mediática em que, nisso sim, a rapaziada que nos governa foi verdadeiramente eficaz, e em grande parte da nossa gente que a engoliu com uma arrepiante facilidade.

  10. Comeca-se a notar algum desespero nas hostes socialisto-comunistas. Afinal a chicotada psicologica, com remocao do To Zero e entrada do “Messias das Chamucas” nao esta a produzir os efeitos desejados.

    Nao bastando isso, os dados da recuperacao economica, confirmando a saida de Portugal de mais uma bancarrota socialista, tiram qualquer credibilidade e demonstram inequivocamente a ignorancia e total inepcia dos profissionais da opiniao economica de esquerda (exemplos maiores nas personas do Pedro Ladrao e Silva e do inigualavel Galamba, os arautos da “Espiral Recessiva”).

    Enfim, a ver vamos se os portugueses afinal nao sao tao burros como parecem.

  11. yeah, o desespero é tanto que já trocam os nomes dos responsáveis pela merda a qu’isto chegou, para não falar das bancarrotas e intervenções do fmi suplicadas pela direita para se alçarem ao pote, das estatísticas marteladas, do sucessivo anúncio de previsões que nunca se verificam e que a comissão europeia rejeita. é este o milagre económico e a missão cumprida de um governo de aldrabões, patrocinado por um vigarista, numa altura em que a economia tem todas as condições (petróleo, juros e mão de obra nunca estiveram tão baratos) para crescer e a única coisa que cresce são as falências.
    http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3092422

  12. O Ignorantz, tu pa es o maior, sempre a tentar enganar o Pissoal, ate trocas os nicks e tudo para ver se estao atentos.

    “trocam os nomes dos responsáveis pela merda a qu’isto chegou” seis anos de PS => bancarrota

    “para não falar das bancarrotas e intervenções do fmi suplicadas pela direita para se alçarem ao pote” => ainda me lembro do 44 e do beicas a anunciar na TV que iam chamar a troika, eles agora sao de direita?

    “das estatísticas marteladas” => estas a falar da revisao do deficit de 5.9% antes das eleicoes para 9% um mes apos o comeco do segundo mandato do 44?
    http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1067774
    http://expresso.sapo.pt/economia/governo-admite-revisao-do-defice-para-2009=f545403

    “sucessivo anúncio de previsões que nunca se verificam e que a comissão europeia rejeita.” => estas a falar das previsoes da espiral recessiva do Batista da Silva / Ladrao e Silva / Galamba?

    “é este o milagre económico e a missão cumprida” => PS cumpriu o seu designio e de facto meteu portugal na bancarrota

    “de um governo de aldrabões (PS)” =>ainda bem que reconheces
    “patrocinado por um vigarista” => finalmente preso em Evora

    “numa altura em que a economia tem todas as condições (petróleo) => o preco do brent esteve em media sempre abaixo dos actuais valores durante o reinado do 44

    “juros” => taxa de juro real so agora esta mais baixa, mas o volume de divida do pais e superior aquele que o 44 geriu, essencialmente por culpa das politicas do PS, logo, os juros estao definitivamente mais altos agora.

    “mão de obra” nunca estiveram tão baratos => o PS diz que se deve gastar mais em salarios, logo, isto e negativo para a economia.

    “e a única coisa que cresce são as falências” => cresceram bem mais durante 2009-2010, quando o 44 estava no poder. agora o que cresce e o emprego, a economia, e as exportacoes.

  13. ó básico esqueceste de referir no assumpto a bancarrota da câmara de Gaia, os Menezes coitadinhos e o pulha do Marco A. Costa. tudo gente honesta, portantus.

  14. basico ,o teu argumentario,é digno de um filme como “voando sobre um ninho de cucos” deves ser um daqueles figurantes que andavam horas e horas à volta da mesma coisa, sem saber que dizer ou fazer na vida.tem memoria.

  15. Básico,
    O governo que proteges transformou Portugal numa mera vaca leiteira de chineses e outros especuladores a quem calharam as rifas das rendas garantidas dos monopólios da nossa economia. Sobrou a paisagem para meter umas fotografias no facebook. O que chamas governo de direita é o grupo de amigos que, de uma forma ou de outra, fica na comissão do negócio.

  16. IGNORANTEZES, ainda bem que desta vez, escolheste o que te ilustra em absoluto – CALHORDAS.
    Ouve, já sabemos que tu usas as palavras arbitrariamente, tu sim, desfilando-as num real shit parade with an asshole as an author. São os marrecos como tu que se contentam com o chapéu do partido que amarrecaram o país, e que andam a comer à custa do trabalho dos outros. Portanto, ó marreco, continua com a crista baixa que daqui a um tempo nem vais saír de casa. É que os teus impolutos amigos, até aos vizinhos pedem que lhes apaguem as «transparências». É o que dá confiar no mundo.

  17. O ignatiza:

    1 – a lista de camaras falidas em portugal e bem mais extensa…
    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=721308&tm=6&layout=122&visual=61

    2 – precisas de aprender uma coisa importante que julgo ser definidora do caracter duma pessoa, que se chama integridade. Se um gajo preso preventivamente e inocente na tua cabeca ate prova em contrario, entao um gajo a quem nem sequer foi aberto um processo judicial nao podera concerteza ser culpado ate prova em contrario.

  18. Caro fifi,

    COMUNAS, XUXAS, socialismos mais capitalistas que o capitalismo, não…esta direita – a portuguesa? Pois se tomar atenção ao que de quando em vez vou debitando ligeiramente, sabe bem a minha opinião. Esquerdalha? Nem vê-la!

  19. O Galuxo, tu es de facto bastante limitado intelectualmente. Percebe o seguinte:

    1 – o dinheiro chines salvou da bancarrota umas quantas empresas
    2 – a rentabilidade dum investimento so se calcula no fim do mesmo, apos venda. Para ja o que os chineses fizeram foi enterrar dinheiro na Venezuela do cx da europa.

  20. O Galuxo, estas a dizer que o facto da Espanha, onde um governo de Direita endireitou as contas e onde o TC local nao andou a fazer politica economica, crescer mais rapido que Portugal quer dizer que Portugal nao cresceu economicamente? Nao percebo.

  21. “e a única coisa que cresce são as falências” => cresceram bem mais durante 2009-2010, quando o 44 estava no poder. agora o que cresce e o emprego, a economia, e as exportacoes.

    as falências triplicaram nos últimos 4 anos:
    2007 a 2010 > 984 + 1.206 +1.902 + 2.189 = 6.281
    2011 a 2014 > 3.255 + 5.000 + 5.379 + 4.988 = 18.622
    http://www.dgpj.mj.pt/sections/siej_pt/destaques4485/sections/siej_pt/destaques4485/estatisticas-trimestrais8246/downloadFile/file/Insolv%C3%AAncias_trimestral_20141030.pdf?nocache=1414772236.64

    a taxa de emprego baixou 10%
    2010 = 54,6% em 2014 = 49,6%
    http://www.pordata.pt/Portugal/Taxa+de+emprego+total+e+por+sexo+(percentagem)+(R)-549

    o pib depois de 3 anos consecutivos a cair, sobe 0,8% em 2014, quando em 2010 crescia 2%
    https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=211100292&DESTAQUESmodo=2

  22. Básico,
    Espanha teve um governo patriótico que não deixou Troikas meterem o bedelho na sua economia. Preservou o seu sistema financeiro, os seus grandes grupos económincos e apresenta crescimento pujante.
    Portugal teve uma oposição irrresponsável que sabotou as soluções que evitariam troikas e seus desmandos, um governo que espatifou o interesse estratégico nacional na sua economia, transferindo as suas rendas garantidas a estrangeiros, deixa o sistema financeiro preso por arames, uma grande parte da sua população na miséria ou emigrada, e exibe triunfalmente uma taxa de crescimento que corresponde exactamente ao peso da diferença de preço do petróleo nas suas importações.

  23. Ah Ignorantz, muito bem, o uso do google esta top, um pequena problemazito no entanto:

    1 – o 44 entrou em Marco 2005, e so saiu em Junho de 2011, depois de levar o pais a falencia e condicionar todo o desempenho economico desse ano. a serie certa seria 2005-2011 contra 2012, 2013 e 2014.
    2 – usando as estatisticas que tu tao bem soubeste aqui chapar, nota que entre 2006 e 2011, o numero de pedido de falencias em portugal subiu 243% durante o reinado do 44 (de 998 para 3389), e so subiu 40% com o actual governo. Quem e o campeao das falencias heim ?

    3 – quanto ao desemprego, o 44 pegou num pais em 2005 com uma taxa de desemprego de 7.6%, e deixou-o com uma taxa de desemprego de 12.7%. Quem e o campeao que fez o desemprego subir 67% em Portugal, conta la?

    http://www.pordata.pt/Portugal/Taxa+de+desemprego+total+e+por+sexo+%28percentagem%29-550

    4 – Depois de 3 anos consecutivos a cair? devias ver os teus numeros pa, e que 2011 nao conta…

  24. O Galuxo, tu pa deves ter os pezinhos todos furados. Repara no fim da tua citacao.

    “As cotadas da bolsa nacional aumentaram a remuneração aos accionistas. Uma importante “fatia” deste “bolo” vai, contudo, para investidores além-fronteiras. Mais de um quarto dos lucros a distribuir levanta voo, sendo que o principal destino já não é a China.”

    Mais, 3/4 fica em casa, pelo que nao percebo o que queres dizer.

  25. O Galuxo pa, quanto a isso de governos patrioticos devias pensar um bocadinho.

    O 44 enterrou Portugal, logo, se ha governo anti-patriotico foi o dele.

    Estavamos nos com um racio de divida de perto de 100% ainda a espanha andava nos confortaveis 67%. Eles tinham um buffer grande que lhes permitiu nao ter de pedir apoios externos.

    Quanto as outras consideracoes:

    1 – a economia espanhola sempre foi mais forte que a portuguesa, nao e coisa dos ultimos 4 anos
    2 – o principal problema das empresas portuguesas e falta de capital e excesso de endividamento. o investimento e venda aos estrangeiros foi uma consequencia dessa forma de gestao, e ajuda tambem a resolver o problema. se nao percebes isto es burro que nem uma porta. QED.

  26. Caro básico, pois o FERRACOLHO acabou de dizer uma verdade: a paciência que se tem tido por aqui para ENSINAR gajos como ele, que papagueia os links e à falta de melhor, reproduz as melodias dos outros,

    FERRACOLHO, és de diarreia rala, pá. Ao menos se tivesses consistência…

  27. Básico,
    José Sócrates foi o último grande político português digno. Frontal, patriótico, combativo, com um desígnio de modernização, elevado no respeito pelas decisões do eleitorado, tanto na vitória como na derrota. Por isso, os medíocres se tornaram seus inimigos. Portugal é habitado por muitos medíocres. Batem agora palmas no redil, alguns aliviando-se em clubismos pífios, enquanto o especulador estranja acende o seu charuto e atira umas moedas ao pés dos que aqui ficaram a cuidar do espólio. É muito bem feit’a.

  28. “Batem agora palmas no redil, alguns aliviando-se em clubismos pífios, enquanto o especulador estranja acende o seu charuto e atira umas moedas ao pés dos que aqui ficaram a cuidar do espólio. É muito bem feita.”

    Sabes avaliar empresas? Alguma vez fizeste uma avaliacao duma empresa? Mostra-me uma tua analise, com numeros, a negocios que tenham sido feitos recentemente e que tenham sido mal avaliados.
    Sabes qual era a TIR das PPPs do tempo do 44? Como e que ela compara com a rentabilidade e risco para o investidor das recentes privatizacoes

    O problema da democracia e que qualquer um pode votar, achando que compreende o suficiente de economia e politica para fazer um voto em consciencia.

    Tipos como tu deviam limitar-se a votar nas eleicoes de clubes de futebol, e e.

  29. Básico,
    Colocas o link de uma acusação. Uma opinião consistente sobre esse assunto só será possível quando conhecer o seu contraditório. Isso não abona muito em favor da intenção de quem permite a publicação de apenas uma versão dos factos.
    De qualquer maneira, preferia eleger um bandido que mostrasse amor e lutasse pelo seu país do que um anjo com asas decorativo.

  30. O proprio 44 admitiu nas entrevistas que recebeu (“pediu”) dinheiro do amigo, muito dinheiro, mas enfim, o que sabe ele dessas coisas, TU E QUE SABES CXRALHO.
    Ja pensaste em advogar a causa dele? Parece que os actuais advogados nao estao a fazer um bom servico…

  31. ” eleger um bandido que mostrasse amor ”

    Tens uma foto do 44 na mesinha de cabeceira, das-lhe um beijinho ao acordar?

  32. Básico,
    Sim, mostrar amor pelo seu país. Que outra coisa se pode exigir a um político que vai a votos? Que defenda os interesses dos comissionistas do seu saque e condenação à irrelevância?

  33. Mostrar amor pelo pais e leva-lo a bancarrota, ok.

    Mostrar amor pelo pais e ser o maior promotor de PPPs e de desorcamentacao da sua historia, negocios conhecidos pelas suas chorudas comissoes, ok.

    Mostrar amor pelo pais e levar a cabo, durante 6 anos, um plano enorme de privatizacoes (EDP, REN, PT, etc), sempre assessoradas pelo maior comissionista de Portugal, o BES, ok.

    Estas como os gajos que batem nas mulheres, e melhor consultares um psiquiatra.

  34. a direita com a honestidade que a caracteriza, mente despoduradamente quanto aos causadores das chamadas da troika. recordemos: depois dos anos revolucionarios (contra o qual lutou) mario soares em 1977 chama a troika pela 1.vez. em 1983 mario soares toma posse depois da queda do governo da ad (psd+cds) que deixou o pais de tanga,razao que o leva a chamar novamente a troika.em 2011 a direita e a extrema esquerda inviabilizam um governo que não queria chamar a troika e para o efeito chumbam o pec 4 (medidas de austeridade que tinham sido subscritas por angela merkel) perante esta realidade, qual a razão para esta narrativa de tanto fdp,que andam na blogosfera e outros com assento no governo?

  35. a direita com a honestidade que a caracteriza, mente despoduradamente quanto aos causadores das chamadas da troika. recordemos: depois dos anos revolucionarios (contra o qual lutou) mario soares em 1977 chama a troika pela 1.vez. em 1983 mario soares toma posse depois da queda do governo da ad (psd+cds) que deixou o pais de tanga,razao que o leva a chamar novamente a troika.em 2011 a direita e a extrema esquerda inviabilizam um governo que não queria chamar a troika e para o efeito chumbam o pec 4 (medidas de austeridade que tinham sido subscritas por angela merkel) perante esta realidade, qual a razão para esta narrativa de tanto fdp,que andam na blogosfera e outros com assento no governo?

  36. Ou seja, em 1977 o PS chama a troika e mete o socialismo na gaveta. A de 1983, e melhor leres e depois fala-me de austeridade.

    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1569307&page=-1

    Quanto a historia do PEC 4, ja demos para esse peditorio. O PS meteu o primeiro em Marco de 2010, o segundo veio 2 meses depois, o terceiro somente 4 meses depois, sempre a fazer o que dizia que nao ia fazer, sempre a contradizer-se a forca toda.

    Quem acha que as mesmas pessoas resolviam o problema de forma definitiva a quarta tambem acreditam em unicornios.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Programa_de_Estabilidade_e_Crescimento

  37. basico, es desonesto.o socialismo defendido pelo ps tinha esta designação= socialismo democratico. e por isso combateu a politica que vigorava no periodo do prec.não te esqueças que o programa do psd tambem falava em socialismo.ouve lá meu pulha,era ou nao melhor os pecs com apoio da europa,do que cá termos os xulos da troika.és um funcionario do psd do partido pago para dizeres mentiras.

  38. Todos os PECs tiveram o apoio da Europa…

    O problema para o 44 nao foi o facto da “direita e estrema esquerda” nao terem acreditado nele, foi o facto dos bancos e seguradoras portugueses nao acreditarem nele, foi o facto dos investidores estrangeiros (incluindo a venezuela e china) ha muito terem deixado de comprara divida portuguesa, foi o facto dos investidores privados tambem nao acreditarem nele, foi o facto dos portugueses estarem fartos das suas mentiras e das mentiras do compincha Beicas, o tal que garantia a pes juntos que o BPN nao ia custar um tostao aos contribuintes.

    O Socialismo e isso, mentiras umas atras das outras, tais como as do Cravinho, o das SCUTS, as tais sem custos para o utilizador.

  39. Eu gostava que alguns papéis circulassem. Que hão-de circular….e então, o conceito de dignidade será revisto? ou a cegueira apaixonada, tipo FAVA, continuará? Mas esta malta crê que o MP é tonto? Ignorante? Ou o JIC? Ainda por cima este JIC, que tem críticas agressivas de alguns como Proença de Carvalho? mau sinal, porque o que dali vem só nos diz que há mouro na costa, e o Lalanda, tá feito. Escolheu mal o causídico…
    E que os tempos mudaram, ó Paulo!

  40. Básico, já tinha assinalado esse post do Insurgente. De vez em quando não censuram os comentários nessa casa, não é como aqui.
    Escuta, privatizar capital de empresas públicas não significa entregar por tuta e meia o seu controlo e a totalidade dos seus dividendos aos primeiros especuladores de ocasião. A EDP, a Cimpor ou a PT, por exemplo, trabalharam durante muitos anos com privado e público no seu capital e prosseguiram acções de interesse estratégico nacional, com pólos de investigação, frentes de internacionalização, entregaram muitos lucros ao Estado. Tudo isso acabou.

  41. Se calhar seria melhor leres o relatorio em ingles donde se tira essa conclusao, esse relatorio nao e sobre portugal nem recomenda que em portugal se faca tal coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.