Aviso aos pacientes: este blogue é antianalgésico, pirético e inflamatório. Em caso de agravamento dos sintomas, escreva aos enfermeiros de plantão.
Apenas para administração interna; o fabricante não se responsabiliza por usos incorrectos deste fármaco.

Revolution through evolution

Healthy adults under age of 75 urged to take recommended daily allowance of vitamin D
.
New Study Finds Regular Exercise Program Impacts Cancer Risk
.
Simply looking at the natural world in urban areas can reap benefits
.
Basic income can double global GDP while reducing carbon emissions
.
Attending local events strengthens neighbourhood bonds
.
We spend more with cashless payments
.
Sunshine spurs spending: Investors bet big on sunny days
.
Continuar a lerRevolution through evolution

Dominguice

Se um dia votar for algo que se faz no telemóvel, isso corresponderá a um acrescento de qualidade na democracia? Teríamos uma redução drástica na abstenção, inevitavelmente. E, só por isso, parece justificar-se essa evolução eleitoral. Aparentemente, o protocolo de segurança necessário não difere daqueles usados para entrar em contas bancárias ou gerir o cartão de cidadão. Porém, parece haver algo de radicalmente fundamental no acto de entregar o poder político a terceiros que exige a prova do corpo vivo e consciente, volitivo.

A democracia nasceu do convívio dos melhores para garantir o convívio de todos.

O beato Marcelo não vem a público defender Lacerda Sales e oferecer-se para arcar com as culpas porquê?

Acho verdadeiramente escandaloso que Marcelo, tão, mas tão católico, não mexa uma palha para defender o antigo secretário de Estado da Saúde no caso das gémeas, agora que este foi constituído arguido. É que, se não fosse Marcelo a ordenar diligências junto do Santa Maria, pondo os médicos de sobreaviso para uma cunha, e a enviar, como quem não quer a coisa, mas a enviar, o pedido do filho para o Governo, ninguém no Governo se veria obrigado, por respeito, a receber o filho Nuno e a torpedear os canais legais. Dizer que Marcelo Rebelo de Sousa é indecente é muito pouco. Biltre é mesmo o termo, se nada fizer.

E, já agora, por que razão as buscas não foram à fonte do processo, o palácio de Belém?

Revolution through evolution

Men with ‘toxic masculinity’ are more likely to make sexual advances without consent
.
Pharmacists prove effective, less costly care option for minor illnesses
.
Intermittent fasting shows promise in improving gut health, weight management
.
Psychedelic drug-induced hyperconnectivity in the brain helps clarify altered subjective experiences
.
How does ‘not’ affect what we understand? Scientists find negation mitigates our interpretation of phrases
.
War magnifies politicians’ gendered behavior, public biases, research finds
.
Political elites take advantage of anti-partisan protests to disrupt politics
.
Continuar a lerRevolution through evolution

Perguntas incómodas para uma certa esquerda

A Espanha, a Noruega e a Irlanda, entre outros, estão no seu direito de reconhecer o Estado da Palestina. Entendem, provavelmente, que é um incentivo para os palestinianos de boa vontade, digamos assim, e até para os de má vontade.  Mais, penso até ter ouvido Pedro Sanchez a dizer que as fronteiras entre esse Estado e o Estado de Israel seriam as de 1967. Muito bem. Mas. Mas. Se o Hamas e o Hezbollah continuarem a existir e a serem financiados pelo Irão e não quiserem aceitar a existência de um tal Estado Palestiniano, pois isso implicaria a existência de um Estado de Israel, de que serve o reconhecimento? Sanchez também advoga a existência de uma ligação terrestre entre Gaza e a Cisjordânia. Sabemos o que o Irão pensa disso? Sabemos mas não queremos saber?

Apesar de tudo indicar que esses movimentos radicais ficam satisfeitos com o reconhecimento da Palestina por outros países, não seria mais determinante dizerem “OK, vamos conversar nessa base”. Porque não o fazem?

É ou não é praticamente impossível iniciar conversações de paz se uma ou ambas as partes não aceitam a existência da outra ? (há muito judeu fanático e arrogante em Israel, embora na minha modesta opinião esses possam ser silenciados; há fanáticos dos dois lados, embora uns usem mais as facas e os explosivos do que outros).

A calúnia compensa

._.

Trafulha atrai trafulha

Vozes na direita que agitavam a bandeira do fim da democracia por Costa parecer imbatível e ter estado em vias de superar todos os recordes de longevidade como primeiro-ministro, e que acrescentavam a cassete de o PS ter sido Governo mais vezes e mais tempo do que o PSD após Cavaco como sintoma de manipulação do Estado ao serviço de clientelas eleitorais, são as mesmas que usam a Madeira como propalado exemplo do triunfo da competência laranja: só o PSD consegue ganhar, desde sempre.

Um político que despreze a coerência, pilar da honestidade intelectual por salvaguardar o primado da lógica, talvez conheça muito bem o povo que pretende representar. E o povo que se deixa representar por políticos mendazes não devia queixar-se nunca desse político e de outros que tais. Porque tem o que merece.

Revolution through evolution

Does it matter if your kids listen to you? When adolescents reject mom’s advice, it still helps them cope
.
Stress bragging may make you seem less competent, less likable at work
.
Food for Thought: Study Links Key Nutrients to Slower Brain Aging
.
Imperceptible sensors made from ‘electronic spider silk’ can be printed directly on human skin
.
Mental disorders may spread in young people’s social networks
.
Not sure about vaccines? How public health messaging is framed makes a difference, new research reveals
.
People who hold populist beliefs are more likely to believe misinformation about COVID – new report
.
Continuar a lerRevolution through evolution

Dominguice

Podemos fazer da força da gravidade a origem da vida. Sem ela, não haveria estrelas. Sem estrelas, não teríamos os elementos químicos que permitem a biologia. Parece um nexo evidente. Então, será a gravidade também a fonte da consciência? A consciência consciente de si própria gera um núcleo, que na humanidade se identifica como “eu”. E esse ego apresenta como característica mais notável, e mais inexplicável, a sua continuidade no tempo. Uma continuidade que não é apenas o resultado da soma dos instantes, é também a simultaneidade da percepção do seu passado e da antecipação e expectativa do seu futuro.

Assim, a consciência consciente de si própria está, de certa forma, fora do espaço e do tempo. Exactamente o que se supõe acontecer no âmago de um buraco negro. O triunfo supremo da gravidade, o eu infinito donde nem a luz consegue escapar.