O Inferno é isto

O Canal História emitiu ontem dois documentários engraçados sobre o Inferno. Entre outras demandas, correram Igrejas à cata de respostas a perguntas fatais: o que é o Inferno? Quem é que lá vai dar com os costados? Será que no Inferno também teremos de ouvir debates presidenciais?
Só fiquei admirado pela falta de imaginação revelada por tanto teólogo. Do Budismo ao Judaísmo, ninguém se lembrou de alvitrar uma hipótese óbvia: o Inferno é este mundo onde nos arrastamos. De acordo com esta provável teoria, teremos sido punidos pelas nossas acções numa outra esfera celeste que só em sonhos de beatitude conseguimos relembrar. Talvez morrendo possamos voltar a algum local aprazível. Entretanto, o castigo não é nada manso.

3 thoughts on “O Inferno é isto”

  1. O castigo não é manso. Entretanto, aproveitas para te repimpares e emborcares do melhor nas festas do Acidental. Isto é que é gozar com o espiritualismo sincero das pessoas!

  2. Bombásstico amigo, olha que não emborquei grande coisa na citada festa: um mero Cuba Libre, que por certo não foi preparado com Havana Club…

  3. Pois, se o castigo já não é manso aqui imagina depois… Aqui ainda contas com a intervenção divina para ir compondo um pouco aquilo que os seres humanos vão estragando. depois, será a ausência total de Deus. Isso é que é o Inferno. A não possibiliadade de redenção. A ausência de esperança. Claro, que tu não acreditas no Inferno. Não te censuro, como é óbvio. Se não acreditas em Deus não tem lógica acreditares no Seu castigo. Mas esse é um problema teu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.