A campanha de Soares, quase em directo

Durante um colóquio com ambientalistas, Soares deixou cair a bomba: “sou um amante da guerra”. “Da Paz”, sussurou aflito Soromenho Marques. “Ah sim, da Paz”, acabou por emendar o belicoso candidato.
Ontem, num jantar com mais de 400 mulheres, lá teve de ouvir este desvairado elogio, da boca de Maria Belo: “Mário Soares gosta de pôr as mulheres a mexer. Gosta de ver as mulheres vivas e ama a parte viva de cada uma de nós.” É bom sinal; preocupante seria se ele as preferisse mortas.

4 thoughts on “A campanha de Soares, quase em directo”

  1. Se eu fosse um gajo machista, era bem capaz de responder “o cérebro?”
    O que vale é que não sou dessas coisas.

  2. J. Tim, tu tens uma marca tão pessoal, assim que comecei a ler o comentário anterior vi que era teu. devias dedicar-te mais à escrita.

  3. É preciso dar um desconto ao Soares. Ele ficou meio “agitado” desde que o ex-combatente lhe quis ir ao focinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.