Fundação Casamento Perfeito

A Fundação PortoGaia, também conhecida por Fundação Meneses-Pintinho ou Fundação Casamento Perfeito, foi criada pelo edil de Vila Nova de Gaia, Luís Filipe Meneses, como um trampolim para a conquista da Câmara Municipal do Porto, hoje ainda dominada pelo seu rival no seio da laranja, Rui Rio.

Através da Fundação PortoGaia e com dinheiro do Orçamento de Estado, foi pago o Centro de Estágio do Futebol Clube do Porto, agremiação desportiva que nem sequer é do concelho de Vila Nova de Gaia. O Centro de Estágio do Futebol Clube do Porto, como todos os dias é referido na comunicação social, e que inclui o Estádio Luís Filipe Meneses, foi pago pelo Estado central e é administrado pela proprietária, a Câmara de Vila Nova de Gaia, mas chama-se oficialmente “Centro de Formação Desportiva de Olival-Crestuma”. Os valores recebidos do Estado pela Fundação PortoGaia em 2008-2010 totalizam 4,2 milhões (e de 2002 a 2008?), mas o valor do património em 2010 é só de 2,2 milhões. Não faço ideia de quanto o FCP paga à Câmara pela utilização do seu Centro de Estágio, nem o inquérito às fundações o revela. O relatório do governo acredita que o Centro de Estágio tem 156.185 “utentes ou beneficiários ou destinatários”, número que deve ser a população do concelho de Vila Nova de Gaia menos os bebés de tenra idade, os acamados e os que já morreram, acrescidos dos 85 jogadores de futebol do FCP.

Na lista ontem divulgada de algumas fundações que estão ameaçadas de dissolução pelo governo, não figura a Fundação PortoGaia. Parece que os inquiridores não encontraram quaisquer ligações da Fundação a José Sócrates, Mário Soares ou Maria Barroso.

10 thoughts on “Fundação Casamento Perfeito”

  1. Não sendo tão ridícula como a Compraram-a-minha-casa-velha-para-fazerem-uma-loja-de-propaganda-sobre-mim é ilustrativa da qualidade dos avaliadores escolhidos pelo governo.

    Gulbenkian, Paulas Regos e quejandos, pffttt!

  2. Não sejamos ingénuos : o único critério a que obedeceu este ” estudo” sobre as fundações foi o de estarem ou não estarem ligadas ao PSD.
    As que estão são para manter, tudo o resto é para detonar primeiro e analisar os detroços depois. Mesmo que as ditas fundações nem sejam do estado. Sempre ajudam a fazer numero!

  3. em resumo, gato, todos os ministérios do actual governo poderiam ser fundidos num só (redução das gordura a sério): Ministerio da Propaganda (MP) ou, mais rigorosamente, MPI (Ministério da Propaganda Incompetente) ou ainda MPIQPMD (Ministério da Propaganda Icompetente Que Para Mais Não Dá).
    Era giro extinguirem a Gulbenkian, isso é que dava para animar a malta, que isto está chocho, como convém. Tédio, gato, muito tédio. Neste país, bota-se muita opinião, mas não se actua em conformidade.É um país chocho, com um povo a condizer. Até parece que gostam de levar…nas trombas. (Concedo que os “representantes” também ajudam, assim que sentam o cu no parlamento, viram peçonhas umbiguentas piores que PCs espiões).

    Até dizem que deixam passar o esclavagismo laboral porque estavam distraídas no cabeleireiro das extensões e quando foram a ver, já estava, e depois pedir a revisão era uma trabalheira.

  4. Infelizmente, gata, vai fazer-se muita parra e pouca uva, uma vez que os maleficios das fundações foram largamente exagerados e a poupança que se ganhará com a extinção das não-PSD é zero.

    Mais uma propaganda para leitor do correio da manha lêr e chorar por mais.
    Com a fundação PSD-madeira a ganhar a classificação que ganhou estamos conversados quanto á seriedade do estudo e sua intenção.

    Já em relação ao PS , Seguro está seguro de que fazendo as coisas “by the book” o povinho lhe entregará o poder de mão beijada daqui a um ano. Ou dois. Ou 5. Ou quando o povo achar melhor.
    Ainda não compreendeu que se não começa a fazer o papel que lhe compete ( alternativa ) não vai a lugar nenhum.
    É que nem é preciso ser génio politico para os pôr a andar, este governo todos os dias entrega mais achas para se queimar de mão beijada, o seguro é que nem sequer as sabe usar…

  5. Já agora..E a foto que, embora pequenina, o CM mostrava ontem (10.8) do Relvas cavaqueando com os meninos Joaquim Oliveira e Zeinal Bava – gente que não tem interesses nos Media, como se sabe..- numa qualquer esplanada no Algarve? Claro que se encontraram por acaso, numa de social, e que devem ter falado dos Jogos Olimpicos e da medalha de prata dos portugueses…

  6. O FCP, deve ser beneficiado com qualquer outro clube da 2ª circular, que recebeu terrenos no seixal. tem um centro de treinos construido pela CGD.

    O que deve deixar o autor deste artigo desanimado, são as vitórias do FCP e do PC.

    E fique sabendo gaia tem muito mais meio milhão de habitantes.

    Agora defender o coordenador da EMAUDIO, é um desfavorecido, digo-lhe ainda, uma freguesia PS da afurada, vota em massa o LFM é porque ele faz um mau trabalho.

  7. 04-08-2012
    Fundação PortoGaia
    Esclarecimento do Município de Vila Nova de Gaia

    Sob o título sugestivo “Dragão recebeu milhões do Estado”, O Correio da Manhã, legitimamente, dado basear a notícia num relatório público, publica, na sua edição de hoje, uma notícia que merece da parte do Município de Vila Nova de Gaia, o devido esclarecimento, a saber:

    1º A Fundação PortoGaia é uma Fundação Pública de Direito Privado, ou seja, é uma Fundação, em que uma entidade pública, no caso, o Município de Vila Nova de Gaia, detém uma influência dominante sobre a mesma.

    Ao contrário do que é afirmado, a Fundação não é, pois, detida em maioria pelo F. C. Porto.

    2º Nos termos da Lei cabe aos órgãos competentes da autarquia e não ao Governo, como por lapso refere a notícia, adoptar uma decisão final sobre a proposta contida no relatório do Ministério das Finanças e que poderá consistir na manutenção ou extinção da Fundação, ou na manutenção, redução ou cessação de apoios financeiros.

    3º Os apoios financeiros públicos, referidos no relatório, recebidos, entre 2008 e 2010, pela Fundação, referem-se exclusivamente ao pagamento do valor do investimento na construção do Centro de Formação Desportiva de Olival-Crestuma (cuja propriedade de raíz é municipal). Ora, com essas prestações, o Centro de Estágio já está integralmente pago!

    Quer isto dizer que em 2012 o Município de Gaia já não suportou qualquer pagamento nem se antevê que, em quaisquer anos futuros, o Município tenha de suportar ou esteja obrigado a prestar qualquer apoio financeiro àquela Fundação, pela simples razão de que as respectivas despesas são, integralmente, suportadas por receitas próprias, decorrentes da utilização do Centro de Estágio pelo F. C. Porto e a quem cabe, como acordado, suportar integralmente os inerentes encargos.
    Isto sem prejuízo da utilização do equipamento, conforme protocolado, estar dividida entre o FC Porto e a autarquia.

    Em contrapartida, o valor que suportou na Construção do Centro de Estágio de Olival/Crestuma continua a ser um importante activo municipal, porquanto a propriedade plena daquele Centro reverte integralmente para a autarquia.

    Ora, ao contrário do que é, por vezes, por ignorância afirmado, e ao invés do que acontece com outros clubes, que são proprietários de equipamentos semelhantes, o Centro de Olival Crestuma é propriedade municipal.

    Assim, uma vez que não beneficia no presente, nem se prevê que no futuro venha a beneficiar, de qualquer apoio financeiro público, de origem municipal, a questão da decisão de manutenção/extinção da Fundação, aliás de acordo com o referido no relatório governativo, resume-se, assim, a uma não questão.

    http://www.gaiaglobal.pt/portais/_cg/Noticia.aspx?contentid=C196809181CO

    Eu minto, por isso assumo que é verdade o que aqui está.

  8. Se a fundação fosse detida maioritariamente pelo FCP,ainda se tolerava!não sendo é ainda é mais escandaloso o financiamento por parte de uma autarquia a um clube de outra cidade, com claros objectivos pessoais e politicos,dado que em termos clubisticos Luiz Meneses é do Sporting.Se mudou ao fim de tantos anos, é mais um sintoma da “fraqueza de caracter” a que já habituou os portugueses.Digam-nos quando paga de renda mensal o FCP o meu clube de sempre.

  9. ASA, eu já tinha lido o comunicado do Meneses e até colhi lá informações para o meu post.
    Em que é que esse comunicado contradiz o que eu disse ou responde às perguntas que coloco? Você defende Meneses com argumentos de que outros tb fazem o que ele faz. Não sei se fazem nem isso são argumentos. Só bocas para desviar a conversa.

    E já estou habituado às “não questões” e aos “não assuntos” da maralha laranja. Quando há merda, entram em negação.

    Quanto ao FCP, não sou adepto, mas ao contrário de muitos fanáticos, torço pelo Porto quando joga nas compitas europeias. Mas o FCP não era aqui propriamente assunto, só indirectamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.