Flocos do Neves

O Tribunal Constitucional está, claramente, a funcionar em termos políticos, temos um outro Parlamento ali e, por acaso, curiosamente, a maioria é da oposição”.

Quem largou ontem esta pérola foi o inevitável homem Das Neves, o ex-assessor de Cavaco Silva e actual professor catedrático da Universidade Católica, um palavroso calino que tem lugar cativo nos meios de comunicação social. Só nas últimas horas brindou-nos com uma entrevista à TSF e outra ao Expresso.

César das Neves pensa, claramente, que o Tribunal Constitucional é um cancro do Estado de Direito. Bem, ele também confessa nada perceber de Constituição.

Mais flocos do Neves:

Não percebo nada da Constituição, por isso nem vou comentar as decisões do TC.”

Agora, quando vejo que o TC, em vez de invocar detalhes jurídicos, invoca o princípio da igualdade, que é um principio genérico que qualquer cidadão percebe, e vários dos juízes lá dentro votaram contra isto, as coisas afinal não são assim tão óbvias, e, portanto, sem entrar em manipulações da lei, era possível perceber uma coisa, que aliás era óbvia, que é que o lado privado da economia está a sofrer cortes brutais não de um salário, mas de 12 ou 14, desde 2008. Quando, finalmente, cortam um salário aos pensionistas e aos funcionários, o TC diz não, porque isto não é igualitário.”

Não se vêem manifestações de pobres e desempregados em Portugal, não se vêem manifestações de emigrantes. Os verdadeiros oprimidos, os verdadeiros proletários, desses, ninguém fala. Infelizmente, em Portugal, não temos nenhum partido a defender os pobres. A maior parte das manifestações, dos protestos dos partidos, são para defender a manutenção de benesses que, evidentemente, são pagas pelos impostos dos pobres.”

Interrogado sobre quais as alternativas ao perdão da dívida a Portugal, como o alargamento de prazos ou o perdão de juros, o “técnico” Das Neves estadeou a sua imensa sabedoria:

Há várias maneiras e técnicas de fazer. Eu nem sequer domino o tema, porque não sou financeiro.”

Da entrevista do Neves ao Expresso colhi algumas frases sobre o novo papa, cuja boa imagem o incomoda notoriamente.

Reconhecendo a “euforia mediática” que rodeia o papa Francisco, César da Neves quer todavia acreditar que quem estiver à espera de mudanças na doutrina do catolicismo “vai ter uma grande desilusão”, pois o papa “não quer andar para aí a partir tudo”. E, se acaso quisesse, aí estava o César da Neves para o impedir:

A doutrina é claríssima, não vamos mudar nada. Não se espera isso. Nem compete ao papa. Ele não é dono da doutrina. É servo da Igreja”.

O Francisco que se cuide, porque o Das Neves não quer mudanças na Igreja católica.

9 thoughts on “Flocos do Neves”

  1. Ó Júlio. e o calhordas dos “das Neves” merece mesmo que se perca tempo a comentar as parvoíces que lhe brotam da cachola para fora?

  2. O das neves é um representante das élites que desgovernam o País!
    Não passa de um “redondo” que não tem por onde se pegue, diz coisas,
    quando é perguntado na especialidade …foge, porque são áreas que não
    domina! Para mal da Igreja, gosta de se apresentar como catequista mas,
    dos ortodoxos, o Papa Francisco que se cuide com o das neves!!!

  3. Bagonha, o Neves pretende ser oráculo de quem nos governa, convém prestar atenção ao que ele diz.

    Deixá-lo a falar sozinho? O problema é que ele tem acesso a milhões de ouvidos e de olhos, não é um mero frequentador de blogues, como tu e eu.

  4. O Neves dos flocos desbocados podia, simplistamente, ser tido por criatura que, em não tomando os comprimidos, tem incontinência verbal. Mas o caso é mais sério. Estamos perante um representante dum lado ditatorial e obscurantista da Igreja, que é rela, que existe, e que é responsável pelo afastamento de milhares de pessoas da prática religiosa. Dizendo-se católico puro, esse lado sinistro faz muito mal à Igreja. Daí a raiva surda em que anda com o Papa Francisco: faz mal à sua vocação cavernícola a luz de bondade e autenticidade que o novo Papa trouxe à Igreja. Os fariseus, como Neves, lidam mal com esta luz. É preciso q

  5. Se formos simplórios, podemos dizer que o Neves dos flocos desbocados, e tresloucados, anda a não tomar os comprimidos. Seria puro engano. O Neves pertence ao grupo obscurantista, intolerante e totalitário que, goste-se ou não, existe dentro da Igreja e, embora clamando amor e fidelidade por ela, a está a prejudicar gravemente porque afasta milhões de pessoas da sua prática. Isto tem de ser dito claramente. Esse lado negro, de que o Neves é um dos membros, abomina a luz do amor, da verdade, da autenticidade que o Papa Francisco trouxe consigo. A Igreja não é propriedade dos Neves fascistóides nem da Cúria contaminada pelo poder e pelo lado secular, é do povo cristão. É isso que têm de perceber, e denunciar, os padres, os bispos, toda a gente. É lastimável e inquietante, que uma universidade que se faz pagar tão bem, para além dos subsídios, se permita manter na sua manjedoura burros destes. Porque o Neves, o Cavaco e comandita, chegaram onde chegaram precisamente por causa do apoio desmesurado que essa instituição lhes deu.

  6. Pingback: Flocos do Neves
  7. este gajo não existe…e quem perde tempo com ele…francamente só pla piada…confesso q tb perdi algum a ler as atoardas deste imbecilóides…. francamente…nem dá pra rebater, seria chover no molhado…mas ainda dão tempo de antena a este merdas, porq? …santa paciÊncia…putz…haja paciência…vale plas outras leituras q sempre trazem algum conteúdo (algumas) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.