Convoquem lá o congresso

Finalmente, Manuel Alegre falou qualquer coisa e falou bem. Disse aquilo que Mário Soares talvez não queira dizer, nem se ousaria exigir-lhe que dissesse, porque se respeita a sua idade e o seu passado. Simplesmente isto: António José Seguro deve convocar o congresso extraordinário, para “clarificar posições” dentro do PS. Mário Soares subescreveria. E até Assis, se não tivesse sido escolhido por Seguro para encabeçar a lista socialista nas eleições europeias. Tudo normal. Mas convoquem lá o congresso, porque ou é agora ou poderá ser tarde demais.

12 thoughts on “Convoquem lá o congresso”

  1. Augusto Santos Silva também o disse, há pouco: muito triste se as questões administrativas-moralistas de fachada nos fizerem perder tempo precioso para clarificar o que é o PS perante o leitorado de 2015.

    (Mário Soares não diz em público, disse nos bastidores; estas coisas não se medem só em números, também em símbolos com adn entranhado)

  2. Mas alguém acredita que o AJS sai pelo seu próprio pé? Será que ele ainda consegue enganar tanta gente?

  3. entretanto a mão atrás do arbusto, aproveita o há-congresso-não-há-congresso para dissolver o parlamento e convocar novas eleições, repetindo o embuste anterior e satisfazendo o interesse de todos em nome dos con e bom censo. a moção do pcp cumpre a função e o gerómino recebe mais uma subvenção eleitoral, o coelho livra-se do portas, que vai para comissário em bruxelas e continua primeiro-ministro da coligação com o tózero, o louçã tem oportunidade de se desforrar do tavares e o marinho pinto anúncia candidatura sofisticada a belém. ficam todos felizes, livram-se do fantasma sócras e acaba ameaça costa.

  4. “Ó Ignatz, isso é um filme de terror, com cenário a condizer…!”

    yaaahh meu, belém não dorme e a família adams ainda é perseguida pelo bpn, apesar dos esforços da afilhada joana.

  5. Vou pelo Ignatz, depois de ouvir Assis, Zorrinho e João Soares. Cavaco acabará por dar o golpe de misericordia no PS, enquanto tiver tempo. As sondagens da TVI encorajam-no. O PCP tem o voto certo de Segura para a sua moção. Cavaco não vai perder a oportunidade de ouro. Depois, o Passos coliga-se com o PS-Seguro…e adeus PS. Mereceu! Para evitar o fim esperado, teria de haver um punhado de homens corajosos na “classe dirigente” do PS. Não há. Soares e Alegre estão velhos e carregam o onus de se terem coligado com os detractores de Sócrates até ao seu derrube e só se deram conta da enormidade que haviam cometido depois de constatarem os propósitos dos adversários do PS-Sócrates. Talvez seja tarde para todos. Até para Sócrates que viu virtudes, onde Soares viu uma “vitória de Pirro”. Tanto-se se enfronham na política, que a mente se lhes tolda.

  6. vendo bem as coisas, o bolicoiso nem precisa de ter a iniciativa, certamente que o técnicótáctico mactóino costa vai cantar novamente ao pedro it’s now or never* quando o tc chumbar o orçamento e bumba demitem-se pela porta grande para concorrerem a novas eleições enquanto o seguro argumenta estatudos e a divisão os favorecer. mais um acto patriótico no currículo destes imbecis com as culpas a recaírem no tribunal constitucional. já perdi o conto aos coelhos que escapam à cajadada.

  7. Não me tinha lembrado dessa, o TC. Pois, vai ser aí. Tudo a correr tão bem, e o TC…pimba! Desculpados cá dentro e desculpados lá fora pelo falhanço da austeridade. Mais um pouquinho de jornalismo amigo e a vitória será completa. À direita, claro. Quanto ao Seguro, ainda vai ser comissário de qualquer coisa desta direita que o não quer perder. Esta direita já tinha no bolso o BE e o PCP; agora tem o Seguro e sus muchachos.

  8. que nuvens negras se abeiram do horizonte ainda ontem em festa de alívio…
    com o Cavaleiro Branco, assemelha-se já a uma guerra dos tronos versão tuga

  9. Ignatz e Maria Abril:
    As vossas inteligência e lucidez sobre a panóplia de perversidades políticas que se avizinham deixa qualquer um em depressão profunda.
    Mas ainda que a lógica dos vossos comentários seja imbatível, eles reflectem o tenebroso da política caseira ou os males mais globais e não menos medonhos da condição humana?

    O vosso aviso está feito, a coisa é feia demais, não há esperança. Nem Costa nem ninguém nos pode auxiliar.
    Por mim, reajo assim: vou a correr dedicar-me à jardinagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.