Cavaco tem novo conselheiro

Henrique Neto, que anda a recolher assinaturas para se candidatar a Belém (Manuel João Vieira também), autonomeou-se conselheiro de Cavaco e escreveu-lhe uma carta a “explicitar” o que ele deve fazer.

Este antigo deputado socialista, que é suposto ter algumas noções acerca das competências dos vários órgãos de soberania, aconselha Cavaco a exigir que António Costa lhe apresente, por escrito, um “minucioso” acordo de governo para quatro anos apoiado pela maioria parlamentar de esquerda. Ou seja, Neto quer que Cavaco se antecipe e se substitua à Assembleia da República, que é o único órgão de soberania com competência expressa para apreciar programas de governo e, se for caso disso, rejeitá-los.

Neto desconhece em absoluto, ou finge desconhecer, a mecânica da democracia parlamentar, tal como está configurada na Constituição. Neto aparenta também desconhecer que qualquer governo que se forma a seguir a umas eleições é para governar durante um quadriénio – quer depois o consiga, quer não. Mas, pior ainda, Neto é francamente tolo, porque imagina que Cavaco ficaria mais satisfeito se Costa lhe apresentasse um compromisso formal da maioria de esquerda para governar durante quatro anos, quando isso é, na realidade, a última coisa que Cavaco deseja. Resumindo, Neto é tolo e totalmente incompetente para PR, para candidato a PR, para deputado e até para político em democracia.

Caso seja chumbado na AR o programa do governo que o PR primeiramente indigitou, Cavaco deverá logicamente chamar Costa, como líder do segundo partido mais votado, e perguntar-lhe se ele tem apoio parlamentar para governar. O PR poderá também indagar directamente junto dos outros partidos de esquerda se existe tal apoio. Costa explicar-lhe-á que sim e Cavaco indigitá-lo-á para formar governo. Costa formará então governo, tomará posse e, no prazo máximo de dez dias, apresentará o seu programa na AR. O parlamento terá então três dias para, como lhe compete, apreciar e debater esse programa, prazo durante o qual uma de três coisas pode previsivelmente acontecer:
– não surge nenhuma moção, nem de confiança nem de rejeição, e o programa será tacitamente aceite pelo parlamento, quaisquer que tenham sido as críticas ou reservas suscitadas durante o debate;
– a direita apresenta uma moção de rejeição do programa, que previsivelmente será chumbada pelo parlamento,
– ou, o que vai dar ao mesmo, o governo apresenta uma moção de confiança, que previsivelmente será aprovada pelo parlamento.

19 thoughts on “Cavaco tem novo conselheiro”

  1. As eleições só foram há um mês. Ainda há muito tempo para fechar o acordo. A Coligação pode demorar mais algum tempo a apresentar o Programa de Governo. Não há pressa. PS+PCP+BE estão prontos. O acordo não está fechado mas é certo. Quase. Nem sequer tem de ser escrito. Para o PCP a palavra de honra basta.

  2. Como diz Catarina Martins (de memória), “O governo PSD/CDS acabou”. O PS também acha, mas não tem a certeza. O PCP não diz nada. Não há pressa.

  3. O Presidente da República, este ou outro qualquer, tem o poder de indigitar o 1º ministro e DAR POSSE ao governo, a este ou a outro qualquer. Apesar de não poder dissolver o Parlamento porque está nos últimos seis meses do mandato, mantém o poder de demitir o governo, este ou outro qualquer, se entender que existem razões para tal.
    Apenas um cenário: imaginemos que o PCP ajuda a derrubar o governo PSD/CDS e depois vota contra o OGE . O que é que acha que o Cavaco faria em tais circunstâncias? pelo menos perguntaria onde é que está a estabilidade para quatro anos, e depois demitia o governo minoritário do Costa.
    É por isso que o próprio Costa tem todo o interesse em levar um acordo tão sólido e abrangente quanto possivel para se manter pelo menos durante um ano ou dois.
    Mas as notícias de hoje não auguram nada de bom para o acordo dos partidos da esquerda.

  4. Está tudo numa ansiedade enorme, pelo menos quase todos mais a carinha larocas da Catarina.

    É que chega a parecer que ela está com cara de 1ª ministra.

  5. adelinoferreira45
    3 DE NOVEMBRO DE 2015 ÀS 18:50
    Da Silveira, vens mandado ou vieste pelo teu pé?»

    bem…parece que ele não veio encostado ao cheiro da rosa, nem a trote de foice…Quer-me parecer que ele pensa par soi – même! Acredito que V. Ex.ª. tente martelar-lhe a tête…

  6. “Está tudo numa ansiedade enorme…”

    nem queiras saber ò septasnário, o prazer que vai ser ver o vagalidades a dar posse ao costa. tenho ali umas murgas no frio desde o 5 outubro à espera de comemorar o desespero dos massamólas e do paneleiragem do caldas.

  7. Cegueta, essa permanente posição de respirares perto do solo, tira-te a lucidez; eu sei que aqui na farmácia há mais, mas, por hora estou mais preocupado contigo.

  8. adelinoferreira45
    3 DE NOVEMBRO DE 2015 ÀS 21:24
    Cegueta, essa permanente posição de respirares perto do solo, tira-te a lucidez; eu sei que aqui na farmácia há mais, mas, por hora estou mais preocupado contigo.»

    Não te preocupes, Ó panelinofoleira44, na verdade todos devíamos prostrar-nos e rezar ao ALTÍSSIMO, ficando assim rente ao chão…Tu terás alguma dificuldade, pois o teu mecenas é outro – o de forquilha, o gajo também é comuna, caramba, até a cor é vermelha.
    Mas quanto à lucidez, não te preocupes pá, regra geral sou eu que providencio os remédios aqui e pelos vistos têm alta probabilidade de curar os pacientes,que reagem a tudo o que escrevo…alguns desenvolvem até efeitos colaterais. Escoiceiam que nem tolinhos, como shit addicted ( desculpa lá pá o estrangeirismo…).
    E já agora, olha…tens de corrigir o estrabismo e a miopia…tás a ver mal: «mas, por hora »! A sério? A que hora? Ó cultissimo comentador…conta aí, quem é o cegueta? Hum? e olha que isso nada tem que ver com a proximidade das letras…sigh.

  9. adelinoferreira45
    3 DE NOVEMBRO DE 2015 ÀS 23:14
    Cegueta, esqueci-me de dizer: comentário não revisto. Ora pega lá!»

    Eu aceito humor…mas tem de ser um fino humor e também inteligente, mas ó PANELINOFoleira44, tu sabes o que significa «comentário não revisto»?? E, já agora, escreveste alguma coisa suscetível de..revisão?

    Como podes esquecer-te do que não sabes?!
    De certeza que vês? Há um outro inteligerda aqui que também me chama cegueta…vê só! Mas logo de seguida ele escreveu «vesse bem»…Por favor, sê um pouco inteligente, pá. Já devias ter aprendido alguma coisa comigo aqui…Caramba! How dumb can these people be?!

  10. Olinda
    4 DE NOVEMBRO DE 2015 ÀS 9:28
    o que eu queria mesmo que ele tivesse, Júlio, era um ferro quente metido no cu. uma Olindice utópica. :-(
    :-)

    ?????? Caramba! Fez estágio com o BADALHOCOIGNATZ?!

  11. De qualquer modo, PANELINOFOLEIRA44, vou ENSINAR-TE a escrever a expressão:

    Não é «mas, por hora»! A expressão é esta «por ora»…percebeste? Talvez se vires as tuas dioptrias…não te preocupes, recorre ao médico do Estado …eu pago o de muitos, por isso, mais um – tu – não fará diferença…
    Quem sabe com a COMUNALHADA no poder, as consultas para o efeito sejam marcadas com mais celeridade…que a ESQUERDALHA, interessada, milagrosa e empírica, está a construír o PARADIS aqui na terra…

  12. Para não variar, o cegueta de merda continua a tomar conta do blogue. Deve ser para temperar a coisa, assim tipo sandes de leitão com ketchup e maionés, …tá-se.
    Fui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.