Vinte Linhas 453

Ruslam Botiev – do cavaleiro da Mongólia ao cavaleiro Português

Ruslam Botiev provavelmente nunca leu «A última corrida de touros em Salvaterra» mas não precisa. A sua intuição de homem de artes diversas (escultura, óleo, aguarela, borras de café, etc.) levou-o a cedo perceber a respiração da corrida de touros à portuguesa.

Depois de alguma vagabundagem pela zona do Chiado e da Rua do Carmo, assentou arraiais no Largo do Carmo, à sombra do quiosque. Digo sombra mas também se trata de proteger os seus quadros da chuva. Ele tem o cuidado de os proteger com o plástico mas o vento também os ataca e é preciso evitar mais estragos dos pingos de chuva.

Disseram-me no Largo do Carmo que vai haver uma exposição dos trabalhos do Ruslam Botiev mas não me explicaram se é na Universidade Clássica ou na Nova. A seu tempo saberemos.

Este Largo do Carmo diz-me muito: quando lá andei a estudar nos anos 60 ainda havia uma memória muito viva do poeta Sebastião da Gama. Como professor deixou um rasto de luz e de bondade atrás da sua figura que ainda lá continua nos corredores da Veiga Beirão. Agora a Veiga Beirão não existe mas continua no afecto de quem lá estudou.

Hoje trouxe este desenho que quis compartilhar com todos vós. Ainda estou a aprender mas a imagem dá uma ideia embora não passe de uma cópia electrónica.

Depois da «Porca de Murça» e do «Fernando Pessoa», depois do «Eléctrico 28» e da «Tourada à Portuguesa», Ruslam Botiev não pára e vai descobrindo novas séries de desenhos. Sua maneira de dizer «Bom dia Portugal!», todos os dias.

2 thoughts on “Vinte Linhas 453”

  1. “Agora a Veiga Beirão não existe mas continua no afecto de quem lá estudou.”

    É verdade!
    Razão pela qual no Facebook existe um Perfil com mais de 2300 (actualmente) Amigos da antiga e já extinta Escola Comercial e Secundária Veiga Beirão – antigos Alunos, Professores e Funcionários de várias gerações, incluindo a do nosso Amigo e antigo Aluno José do Carmo Francisco.
    Informo também que alguns dos seus belos Poemas e textos são partilhados neste nosso “ponto de encontro”. Partilhamos também fotos diversas sobre a nossa antiga Escola, Alunos, Professores e Funcionários.
    É nosso desejo também um dia ter o nosso Amigo José do Carmo Francisco, no nosso grupo de Amigos!
    Os nossos melhores cumprimentos e muito obrigado pela atenção.
    José Martinho (antigo Aluno da Escola Comercial Veiga Beirão-Anos 80)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.