Vinte Linhas 447

Domingos não é Domingues ou uma «Visão» toldada pelo encarnado

Hoje, 4 de Fevereiro de 2010, a «Visão» (Revista) traz consigo uma «Visão» (Suplemento) que procura descrever a vida quotidiana em Portugal há cem anos. Até aqui tudo bem. É lógico que se façam trabalhos jornalísticos sobre o tema porque estamos num ano redondo – 1910-2010. Mas, porém, todavia, contudo…

Na ficha da cronologia desse tempo nota-se um erro no ano de 1904. Erro crasso mas inevitável num país onde a história do Desporto tem sido sempre entregue a benfiquistas. Todos o sabemos, é um dado adquirido, a história é sempre escrita pelos vencedores e, por isso mesmo, eles podem escrever todas as patranhas e ainda lhes sobeja tempo. Na página 17 da «Visão» História lá aparece: 28-2-1904. É fundado em Belém por um grupo de jovens ex-casapianos, o Sport Lisboa que, dois anos depois se fundirá com o Grupo Sport Benfica, passando a ser o Sport Lisboa e Benfica.

Erro crasso, mentira encarnada: o Sport Lisboa e Benfica foi fundado em 13 de Setembro de 1908 e não dois anos depois de Fevereiro de 1904. Por outro lado o Grupo Sport Benfica ainda não existia dois anos depois de 28-2-1904. Foi fundado mas no Verão de 1906. Dois anos depois de 1904 foi fundado de facto o Sporting Clube de Portugal mas a «Visão» esquece-se de dizer que o mesmo grupo de rapazes já tinha fundado o Sporting de Belas em 1902 e o Campo Grande Foot Ball Clube em 1904. E esquece-se da fotografia do Sporting Clube de Portugal, como é lógico e natural.

Outra coisa: na página 98 o nome do responsável da editora Frenesi é bem Paulo da Costa Domingos e não Paulo da Costa Domingues. Ai estes historiadores…

9 thoughts on “Vinte Linhas 447”

  1. Caro JCF:
    Deste seu post, o que retiro é que vivemos dias em que qualquer um diz qualquer coisa, fazendo tábua rasa de qualidades como o rigor e objectividade, que deveriam estar subjacentes na elaboração e publicação de “informação”.
    Talvez tivessem mais que fazer….

    (Sou do Benfica, mas pouco: no entanto gostaria que não subsistissem dúvidas sobre a data da sua fundação, muito menos em proveito, muito duvidoso, de uma qualquer hierarquia de clubes tomando por base a sua “antiguidade”)

  2. O JCF quando fala do Benfica parece o Pacheco Pereira a falar do Aspirina B, do Jugular e da Câmara Corporativa!!! Porque será!!?!

  3. Ó pá vâ lá se percebes de uma vez por todas que o que está em causa é a Revista vISAO e não o SLB que não é autor deste suplemento histórico. Se calhar percebes mas dá-te jeito não é???

  4. zé carmo, embora lá citar que a fundação do fc porto em 189? foi inventada pelo rui guedes num programa de tv em meados dos anos 80 ( pela mesma altura começaram a chamar-se dragões (dragons!)).

  5. Não me digas que não sabes a verdade??? O FCP foi fundado em 1906; quando perguntarem porquê diz que para haver um clube tem que haver estatutos, bandeira, sede social e corpos gerentes eleitos. O que havia em 1893 era um grupo de rapazes que jogava futerbol, não era nem nunca foi um clube.

  6. JCF,
    não entendo o alcance das suas observações sobre o grupo Sport Benfica e o Sport Lisboa e Benfica. Nada do que diz, que é factual, põe em causa que o Sport Lisboa foi efectivamente fundado aos 28-2-1904 e que, dada a fusão com o primeiro daqueles, é considerada a data de fundação do SLB.
    É assim tão importante a imprecisão da Visão?

  7. Ó Nùncio o que está errado no texto da Visão é dizer que a fusão foi «2 anos depois» de Fevereiro de 1904 quando foi 4 anos depois e 2 anos depois o clube com o qual foi feita a fusão em Setembro de 1908 nem sequer tinha sido fundado.
    Quanto à Pulquéria volta para a sarjeta de onde saíste, e rápido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.