O menino de Shooters Hill Road

(sobre pastel de Fiona Bell Currie)

Arrumo o cesto de verga de miniaturas
Dos teus coloridos carros de corrida
Entre a relva não está o que procuras
Ficou aqui na tua alegria esquecida

Nas perguntas que fazias sobre a gente
Em ruidosa conversa à porta dos bares
Cidade onde a noite é mais diferente
Com outros ruídos, cenas e lugares

Nas trovoadas e seguintes tempestades
Instaladas em cima do nosso telhado
O teu receio à noite deixa-me saudades
Sei que não podes ficar do nosso lado

A sombra dos teus dedos permanece
Na caixa dos carrinhos em abandono
Em Shooters Hill há uma quermesse
Onde vendem rifas a meio do teu sono

One thought on “O menino de Shooters Hill Road”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.