12 thoughts on “Shortcut #4”

  1. Ah, JP, esta não é inteligente… Já reparaste na diferença entre as sombras da esquerda e as sombras da direita? Diz-me se na realidade seria assim? Claro, vais-me responder que foi mesmo efeito pretandido… As sombras das pastas da esquerda deveriam estar mais estendidas para a direita. Não sabes desenhar paralelas? Então?… E olha que não sou nenhuma especialista, nem tirei curso de Autocad.

  2. Cláudia: É inacreditável a forma presunçosa com que te gabas da tua ignorância – calculo que as perspectivas e os pontos de fuga são para ti buracos negros. Enfim, sempre dá para rir um bocadinho.

  3. Já espreitei. As vossas respostas também são presunçosas. E mesmo que ele tivesse feito como eu assim indiquei, ninguém teria morrido por causa disso e, mais do que isso, a minha versão também existe! Portanto, pontos de fuga ou não, há sombras paralelas e outras não.

  4. (tanta coisa por causa da merda de umas sombras no post) O autor que faça o seguinte: que ponha outra versão mas com as sombras como eu disse e depois veremos. Bolas! O Joel e o Luís Rainha tiraram-me do sério!

  5. Pronto, pronto, já fiz a minha investigação. Há perspectivas paralelas e há os tais pontos de fuga. Persisto na minha versão das sombras paralelas. Não gosto dos pontos de fuga do JP.

  6. Nem por isso… :-( Fiquei tão arreliada com isto que passo a minha vida a observar as sombras nos passeios das ruas e sempre que me deparo com sombras não paralelas é como se a própria natureza me insultasse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.