Podem chamar-me «Joaquim»

tomTom.bmp

Conhece o Joaquim? Claro. É o fulano que o ensina a cruzar Portugal, a Península, a Europa. Diz-lhe que daqui a cem metros deve virar à direita, que daqui a duzentos tem uma estrada com prioridade, que daqui a uns quilómetros a direito… está lá.

Pois é, o Joaquim. Simplesmente, ele, o dono da voz, nunca foi «Joaquim». Arranjaram-lhe esse nome, que alguns acharão eufónico, outros não.

Mas é sempre um gosto ouvir dizer: «Ontem levaste-me à Cruz da Picada em Évora». Ou então: «Há dias tive que ir ao Bairro Céu Mendes, em Viseu. Você fez-me cá um jeito!».

Por um prazer destes, podem chamar-nos Joaquim.

3 thoughts on “Podem chamar-me «Joaquim»”

  1. Ah, Valupi. Mentes curiosas? Claro, e tremendamente inocentes. Das que se satisfazem com pouco.

    Pois olha: sobre o tempo que levou, posso ser bastante exacto. Em duas horas a coisa fez-se. Repara que o texto é relativamente simples, só precisa de «encaixar» com alguma naturalidade.

    Quanto a honorários, terei de ser discreto. Mas não por queixa alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.