15 thoughts on “Isto há-de me passar”

  1. JP,

    O meu coração começa a ser compreendido. E eu que pensava ser só ressaca da coisa antiga.

    Facto é, concedo, que sou suspeitíssimo: perante estas ferramentas, o meu estado é de crassa docilidade. Já tu, imaginava outra coisa.

  2. já agora um ataque patrioteiro no dia do terramoto:

    «Na altura, Michelle Bachelet, a presidente chilena, disse a Cavaco Silva que Portugal não fazia ideia da reputação e boa imagem de que goza no Chile. Portugal foi mesmo o primeiro País a reconhecer a independência do Chile, em 1821 – apesar do “grito do Ipiranga” só ter ocorrido no Brasil a 7 de Setembro de 1822.» in DN hoje

  3. Pois é, Fernando. No entanto, há que admitir que tenho mais de 3 anos de Movable Type. O WordPress (ou WalenteMerdess) é muito aparatoso e, à primeira vista, parecia possuir um conjunto de ferramentas muito úteis para tornar a coisa mais suave ao utilizador. No entanto, aquela falha monumental na inserção de embeddeds do YouTube deu-me cabo do ânimo – daí o post.

    Para já, aconselho o seguinte: desactiva a opção do editor WYSIWYG. Tá tudo explicado nos comentários do post anterior.

  4. Vão por mim: o melhor é sempre o mais antigo- o blogger.

    Uso esta regra de “conservadorismo” para quase tudo na vida. Quase, é claro. Em matéria de “produtos” e marcas, não falha. O mais antigo, o que menos publicita e inventa tretas para parecer diferente, é o melhor- como as doc Martens.

    “:OP

  5. À custa disso até tenho os mais arcaicos pacotes de telemóvel que ficaram muito mais baratos que as promoções que depois inventar para ingrominar os “progressista” os que andam sempre a mudar.
    E agora não mo podem tirar, porque o contrato não permite. E bem que tentam enganar-me com novas promoções- que eu faço-me santinha e digo-lhes que não vale a pena. Confio tanto do vosso sistema que nem quero mudar.

    “;OP

  6. Se eu estivesse com pachorra (mas ando numa de anti-comunicabilidade total, como já referi anteriormente), ensinava (que termo horroroso, tirado da pior pedagogia em voga) umas regras gramaticais à zazie.

  7. Ai, a caixa de comentários é inteligente demais. Detecta comentários duplicados. Bem, fica o meu comentário acima sem referência ao meu blog. Esqueci-me. Deve ser do blues que me contamina que até tenho problemas amnésicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.