Sim, chegou-se a isto: dia 7 de Abril, o combate pela “família” que só há uma é a nossa e mais nenhuma

COMEMORAÇÃO DOS 30 ANOS DA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA
FAMILIARIS CONSORTIO
17 ABRIL2012 – sublinhem o título magnífico
9h00 – Registo/Receção aos participantes
9h15 – Coro da Universidade de Lisboa*
SESSÃO DA MANHÃ
9h30 – ABERTURA
Sua Eminência o Cardeal Ennio Antonelli, Presidente do Pontifício Conselho para a Família
Sua Eminência o Cardeal D. Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo
S. E. Reverendíssima Monsenhor D. Rino Passigato, Núncio Apostólico em Lisboa
Sua Eminência o Cardeal D. José da Cruz Policarpo, Patriarca de Lisboa
(aqui)

Sim, temos uma Faculdade de Direito pública num Estado laico a comemorar os 30 anos de uma Exortação Apostólica de uma determinada confissão.
Sim, temos essa Faculdade a fazê-lo tomando uma posição à partida, desde logo pelo tema que dá mote à discussão, mas também pelo painel convidado, que não permite uma discussão plural, aberta à realidade do mundo vivencial e jurídico em que se coloca a questão.
Sim, tudo isto é moldado num ambiente que anima uns quantos que não supotam não serem colonizados como “modos de ser”.
É bom que a Faculdade pública num Estado laico convide parceiros privados para intervir e proporcionar aquilo que se faz nesse tipo de instituições: chama-se debate. Convidou a Confederação Nacional das Associações de Família.
Isto merece uma denúncia.

2 thoughts on “Sim, chegou-se a isto: dia 7 de Abril, o combate pela “família” que só há uma é a nossa e mais nenhuma”

  1. Estão no seu Direito…

    E o Coro da Universidade de Lisboa vai também “abrilhantar” esta palhaçada? A falta que lhes faz a verticalidade, a intuição e sobretudo a frontalidade e a coragem do saudoso Maestro José Robert…

    Até o Vitorino e o Janita se prestam a ser aplaudidos por escroques!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.