“PSD acusa PS de ser refém da Constituição”

Somos todos, felizmente. Chama-se Democracia, Estado Soberano, Estado de Direito Democrático. De Direito, insista-se.

E por isso mesmo:

Dever cumprido.
Dever. Sim, é um dever dos deputados dirigirem-se ao Tribunal Constitucional se estão convencidos de que a Constituição é violada por alguma norma. Trabalho meticuloso, convicto e coletivo.
Está entregue o pedido de declaração de inconstitucionalidade das reduções remuneratórias, da norma relativa aos complementos de pensão nas empresas públicas, do ataque reincidente às prestações de doença e de desemprego e da norma relativa a pensões de sobrevivência dos cônjuges e ex- cônjuges .
Agora é tempo de deixar o Estado de direito funcionar; aqui, o Tribunal Constitucional, portanto.

20 thoughts on ““PSD acusa PS de ser refém da Constituição””

  1. quero agradecer à Isabel Moreira o bom trabalho que tem feito pelos portugueses, obrigado por ser deputada.

  2. Face à crise, até poderei aceitar os cortes! Mas, primeiro, anulem os negócios criminosos das PPPs, SWAPs, e criminalizem os políticos responsáveis pela gestão ruinosa, nomeadamente os negros governos da última década e meia, sobretudo o de má memória de sócrates e dos deputados que lhe deram cobertura (e que de forma imoral e nojenta ainda o defendem).

    O problema srª deputada é que da vossa parte, para além da colossal responsabilidade do grupo Parlamentar do PS pelo estado a que chegou o país, da vossa parte a Democracia é tb sinónimo de total vazio de propostas alternativas minimamente credíveis. Umas nulidades confrangedoras. Quase patéticas.

    E não chega bater no peito e clamar pela defesa da democracia, como se tivessem algum predicado especial que vos confere o direito de estabelecer a verdade e legitimidade sobre o conceito e arquitectura constitucional (uma parolice de esquerdismo serôdio), para nos convencerem das vossas generosas e intenções de guardiões das sagradas escrituras.

    Falta-vos crescer buéeeee e serem capazes de aparecer aos olhos dos eleitores com a seriedade, a racionalidade ideológica, a modernidade conceptual, os projectos sustentáveis, os modelos equilibrados e, já agora, coisa que é básica e que vos faz falta como o pão prá boca, os pés na terra que nos levem a deixar-vos de vos confundir com um bando de rapazecos empolgados e excitados com essa retórica obsoleta e infantil de imobilismos constitucionalmente garantidos.

  3. Jorge Pires, é como gente como tu, desculpe, como o senhor, lambe-botas, que estes bandidos estão onde estão e fazem o que fazem. Então tu, oh Pirex, não ouviste o que foi dito na campanha eleitoral? Que, ao contrário do que queria o Sócrates, não haveria cortes nenhuns em salários ou pensões, etc., etc.? Mas que escroqueria esta e seus apoiantes! Que tristeza, ser concidadão desta gentalha, que não desiste de falar no Sócrates, caluniar, insultar, como forma de atingirem os seus fins! Já chega, porra! Tenham vergonha nessa fuça de gente sem pinga de carácter!

  4. “Falta-vos crescer buéeeee e serem capazes de aparecer aos olhos dos eleitores com a seriedade…”, diz o jorze, acima.

    *MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL (2)

    Cargo: Assessora
    Nome: Ana Miguel Marques Neves dos Santos
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.069,33 €

    Cargo: Adjunto
    Nome: João Miguel Saraiva Annes
    Idade:28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.183,63 €

    MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS (1)

    Cargo: Adjunto
    Nome: Filipe Fernandes
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.633,82 €

    MINISTÉRIO DAS FINANÇAS (4)

    Cargo: Adjunto
    Nome: Carlos Correia de Oliveira Vaz de Almeida
    Idade: 26 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.069,33 €

    Cargo: Assessor
    Nome: Bruno Miguel Ribeiro Escada
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.854 €

    Cargo: Assessor
    Nome: Filipe Gil França Abreu
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.854 €

    Cargo: Adjunto
    Nome: Nelson Rodrigo Rocha Gomes
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA (2)

    Cargo: Assessor
    Nome: Jorge Afonso Moutinho Garcez Nogueira
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Assessor
    Nome: André Manuel Santos Rodrigues Barbosa
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.364,50 €

    MINISTRO ADJUNTO E DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES (5)

    Cargo: Especialista
    Nome: Diogo Rolo Mendonça Noivo
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Adjunto
    Nome: Ademar Vala Marques
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Especialista
    Nome: Tatiana Filipa Abreu Lopes Canas da Silva Canas
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Especialista
    Nome: Rita Ferreira Roquete Teles Branco Chaves
    Idade: 27 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Especialista
    Nome: André Tiago Pardal da Silva
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    MINISTÉRIO DA ECONOMIA (8)

    Cargo: Adjunta
    Nome: Cláudia de Moura Alves Saavedra Pinto
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: Tiago Lebres Moutinho
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: João Miguel Cristóvão Baptista
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: Tiago José de Oliveira Bolhão Páscoa
    Idade: 27 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: André Filipe Abreu Regateiro
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: Ana da Conceição Gracias Duarte
    Idade: 25 anos (deve ser mesmo boa)
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: David Emanuel de Carvalho Figueiredo Martins
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: João Miguel Folgado Verol Marques
    Idade: 24 anos (deve ser mesmo bom)
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €

    MINISTÉRIO DA AGRICULTURA (3)

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: Joana Maria Enes da Silva Malheiro Novo
    Idade: 25 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Especialista/Assessor
    Nome: Antero Silva
    Idade: 27 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €

    Cargo: Especialista
    Nome: Tiago de Melo Sousa Martins Cartaxo
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 3.069,33 €

    MINISTÉRIO DA SAÚDE (1)

    Cargo: Adjunto
    Nome: Tiago Menezes Moutinho Macieirinha
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 5.069,37 €

    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DA CIÊNCIA (2)

    Cargo: Assessoria Técnica
    Nome: Ana Isabel Barreira de Figueiredo
    Idade: 29 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 4.198,80 €

    Cargo: Assessor
    Nome: Ricardo Morgado
    Idade: 24 anos (deve ser mesmo bom)
    Vencimento Mensal Bruto: 4.505,46 €

    SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA (1)

    Cargo: Colaboradora/Especialista
    Nome: Filipa Martins
    Idade: 28 anos
    Vencimento Mensal Bruto: 2.950,00 €*

  5. “Mas, primeiro, anulem os negócios criminosos das PPPs, SWAPs, e criminalizem os políticos responsáveis pela gestão ruinosa, nomeadamente os negros governos da última década e meia…”

    queres começar pelo bpn ou pelos sumarinos, ambos encalhados na doca da joana.

  6. Ó Jorge, esqueceste que a rainha dos SWAPs é a tua ministra das finanças? Antes e no tempo de Sócrates não sabia o que fazia, quando contratava um swaps? E também fazes um apagâo dos primeiros tres anos da governaçâo Sócrates antes da crise devastadora que levou tudo à frente por essa europa? Sabes onde estariam todos os bancos da poderosa Alemanha se não fossem os resgates dos países da periferia e o dinheiro dos contribuintes? No charco! E nâo consta que estivessem a ser governados por Sócrates! Abre a inteligência, homem e deixa de vomitar rancor. Aqueles três anos, de 2005 a 2008 fizeram cá uma mossa, não? Os jorges todos ficaram com os miolos a ferver e ensandeceram. Aqui está uma prova, neste Jorge Pires.

  7. para recordar a realidade dos numeros.a burla do bpn: o montante do “desvio” levado a cabopelos militantes ilustres do psd: 9 mil setecentos e dez milhoes de euros.dava para fazer istoà escolha : compravamos 48 aviões airbus A 380 (o maior avião comercial do mundo. 16 planteis iguais ao do real madrid. construiamos 7 tgv lisboa / gaia. podiamos construir 5 pontes para a travessia do tejo. construiamos 3 aeroportos como alcochete. para transportar este dinheiro seriam necessarias 4850 carrinhas de transportes de valores.depois destes numeros,o partido que governa o pais é o mesmo dos que cometeram este roubo,que continuam a gozar a vida com direito a todas as mordomias e sem pagar impostos.que pariu um país destes.

  8. A partir do momento em que ocorra o acto eleitoral para as legislativas em 2015 e o vencedor seja anunciado como sendo o ppd aparelhado ao pp,liderados pelas luminárias que hoje os comanda,o processo “reformador” em curso terá sido salvo das garras do Estado De Direito,Da Democracia e Do Estado Soberano!

    Não entendem?Eu explico:Ontem mesmo,o idiota de serviço,apresentou a sua candidatura a “líder do ppd e consequentemente a candidato a Primeiro Ministro nas Eleições de 2015.Lá chegados e vitória conseguida,já as novas fatiotas pretas com gravata da mesma cor e a bandeirinha da lapela substituída por uma cruz suástica dos novos tempos estarão prontas a serem vestidas.Serão então desbravados todos os obstáculos que faltarem ser derrubados para que a aurora dos tempos que hão-de vir surja em todo esplendor com toda a sua luminosidade.

    Nessa altura,os que de nós sobrarem com a espinha direita e o pescoço livre de uma qualquer coleira,ainda questionará a corja de vendilhões da dignidade que nos resta?Espero bem que sim!

    Obrigado Isabel.

  9. parece-me muito, imensamente, bem que se cumpra o dever – principalmente por parte de quem ganha um salário para isso. e é por isso que não agradeço. :-)

  10. Quando me dirijo a alguém e solicito a prestação de um serviço,prestado o solicitado,agradeço.Se a prestação do pretendido,tiver qualidade acrescentada,o meu agradecimento não se confina ao cumprimento de um dever de princípio educativo e alarga-se em satisfação e jubilo.

    Conheço muita gente que presta serviços a troco de uma remuneração que,pela parte que me diz respeito,não os solicitaria para o efeito,nem a custo zero.Aluns,até com pretensões a serem Primeiro Ministro.

    Obrigado Isabel Moreira.

  11. a filosofia da gorjeta não dá para mim, Morgado de Basto. no mercado de trabalho, o agradecimento do patrão é a renovação do contrato e/ou aumento – ou o voto de confiança do eleitor. por parte do colaborador é a execução do trabalho com competência e zelo. quando muito, dá-se os parabéns por ter se conseguido atingir os objectivos. a noção de dever no trabalho, porque a Isabel e os colegas deputados não estão a fazer voluntariado, tem de estar bem infiltrada na mentalidade das pessoas – senão caímos na recompensa daquilo que passou a ser excepção: na filosofia da gorjeta.

  12. Estando a frase do título entre aspas, acredito que alguém a tenha dito. Pode por favor dar-me indicação de onde foi buscar essa frase e quem está a citar para a pôr entre aspas?
    Muito agradecido,
    henrique pereira dos santos

  13. “O PS não pode estar permanentemente refém de decisões ou entendimentos constitucionais para fazer vingar os seus pontos de vista. O que é que o PS pensa da reforma do Estado? Como é que o PS quer um Estado mais eficiente, que gaste menos e cumpra os mesmos objetivos, como quer que no futuro Portugal cumpra os termos do tratado orçamental, possa ter uma dívida sustentável, um défice controlado?”, questionou Luís Montenegro

    http://www.publico.pt/politica/noticia/psd-acusa-ps-de-ficar-refem-do-tribunal-constitucional-sem-apresentar-alternativas-1619046

  14. Ou seja, apesar das aspas, ninguém disse o que está no título e justifica o post, é isso?

  15. “Mas, primeiro, anulem os negócios criminosos das PPPs, SWAPs, e criminalizem os políticos responsáveis pela gestão ruinosa, nomeadamente os negros governos da última década e meia…”

    Tens tanta piada , oh Pirex. Portanto exiges do partido da oposição que seja feito aquilo que os partidos que estão no goveno não fazem , não querem fazer e a quem pelos vistos não tens coragem de pedir que façam.
    Justicialistas como tu conheço eu de gingeira e temos um nome para eles : demagogos sem pinta de vergonha nas fuças.

  16. recordo que o primeiro partido a reformar o estado foi o ps de socrates no primeiro mandato.as manifs da gtp com a direita no meioe as “esperas ” a socrates,a maria de lurdes rodrigues,santos silva, e outros eram de resposta a quê?se não fossem as ppp,não tinhamos hospitais e estradas que daõ muito jeitinho aos contesta tários,que esquecem que sem elas não havia $$$$$$ para as fazer.daqui a uns anos é vê-los de braço de fora do carro a passearem pelas autoestradas e a um preço mais caro do que o antes contestado.

  17. as swaps,foi uma maneira de pagar os custos das greves da cgtp nomeadamente nas empresas de transportes e estaleiros navais capturados pelo pcp,e principalmente para manter a qualidade do serviço e o preço de passes sociais muito mais baratos do que o dos privado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.