12 thoughts on “Preservar Abril”

  1. O Ministério Público (MP) conseguiu dar conta de um total de 1,5 milhões de euros entregues por Carlos Santos Silva a José Sócrates, entre 2012 e o momento em que o ex-primeiro-ministro foi preso. De acordo com o Expresso, metade desse valor está documentado (com ordens de transferência e faturas) e, portanto, com rasto facilmente identificável.
    Leia também:

    Restam 650 mil euros que foram entregues em dinheiro vivo e cujos indícios foram identificados através de escutas coincidentes com levantamentos de uma conta do empresário de construção civil.

    Foram mais de 40 entregas e, numa das interceções telefónicas, Sócrates é apanhado a dizer ao amigo que precisava de “folhas de dossiê”, “fotocopias” ou “livros” – uma linguagem de código utilizada entre os dois que significava dinheiro, como já foi noticiado.

    No entanto, de acordo com o MP, o tom utilizado por Sócrates nesses telefonemas não era de quem pedia dinheiro, como alega a defesa do ex-primeiro-ministro, mas de quem o exigia.

    Esta informação vem contrariar o recurso apresentado pela defesa de Sócrates no Tribunal da Relação, que indica que as transações entre os dois seriam meros empréstimos entre amigos concedidos por “falta de liquidez” do socialista.

    A equipa liderada pelo procurador Rosário Teixeira descobriu ainda dez esquemas utilizados pelos dois amigos para levarem a cabo as transações financeiras ludibriando as autoridades. Estes argumentos podem ser suficientes para justificar a permanência do antigo líder do PS na cadeia de Évora.

  2. O PS lá sabe quem convida para as listas de deputado – estao bem uns para os outros – mas esta pedante e snob senhora não tem a preocupação de interpretar o sentir dos portugueses: usa o seu lugar para as suas lutas privadas, os seus pequenos ódios e as suascolericas opinião pessoais.

  3. Ali o sr. Mendonça está preocupado: “esta senhora não tem a preocupação de interpretar o sentir dos portugueses!”. Sabemos bem o que isto quer dizer! Foi a “bem interpretar o sentir dos alemães” que o Hitler foi levado em ombros para o poder!

  4. Os textos desta autora fazem-me lembrar as músicas que passam nas rádios sem qualquer interesse, e que nos levam a pensar sobre o porquê da sua publicação.
    O artigo em causa é uma autêntica REDAÇÃO de estudante secundário. Gritante, parcialista, genérico e, por isso, reprovado, uma vez que avança em searas que não competem à autora.
    O POVO português está farto destes gritos de insatisfação, já que elege os seus representantes para o REPRESENTAR condignamente e carrear SOLUÇÕES para os problemas.
    A ministra propôs e bem! Naturalmente que o regime probatório de inversão INCOMODA, sobretudo a uma plataforma largamente composta por indicação POLÍTICA – o TC.
    O POVO não precisa de gritos de estudantes à anos sessenta e alívios à woodstock, saudosistas dos punhos dos comícios, que se mantiveram no PODER, e jogaram e jogam à vez ao executivo português. Que VENDERAM Portugal, endividaram o país e os que ficarem que paguem os luxos de quem do NADA MODESTO, se elevou a figura da montra de Giorgio Armani, na simbólica Rodeo Drive.
    Portanto, de que Abril se fala? Aquele que endividou o País e nos apresenta como o LIXO da EUROPA? Esta gente que desperdiça tanto tempo a escrevinhar ideias de força, cala-se tão solenemente perante a EUROPA, assinando, de resto, sorridentemente, a venda da soberania portuguesa, como aconteceu com o Tratado de Lisboa. Tantos INTELIGENTES em PORTUGAL! Mas nenhum capaz de mudar a SITUAÇÃO!
    Como estranho que esta GENTE invista em POLITIZAR um processo judicial – penal-, pressionando quem investiga e, eventualmente, quem julgará. MAS ALGUÉM CONHECE O «PROCESSO MARQUÊS»? Se há tanto incómodo, ó Sr.ª. Moreira, na qualidade de lesada, intervenha processualmente!! Em última instância deduza a suspeição contra os magistrados! Não o faça nos JORNAIS! FAÇA-O NO PROCESSO! QUER O ARTIGO? E isto vale para todos os que andam por aqui a largar sentenças cozinhadas em átrios de café!
    Nem sequer se apercebem que com tanto BARULHO de ESTIMAÇÃO, só conseguem PREJUDICAR os alegados inocentes. Pelos vistos, a dose dobrou, pois agora veio OUTRA com a tese do «SUPONHAMOS», esquecendo que o TOM a usar é o do FACTO DOCUMENTADO.

  5. CÍCERO , tu éze o fruto dos incêndios à morreirita. Apostu qui és daqueles que te metes na iscursão e fica cuntente com um boné e uma caneta do partido. O MENDONÇA tocou-te na muxe, num foie? Hum? as moreiras deste país, facilmente se combatem, pá, paragrafo a paragrafo, tá beie?

  6. Em mais de 40 entregas e tendo o esquema todo manjado foram incapazes de o apanhar no acto..eram malas cheias de dinheiro mas não foi possivel apanhar o Perna de mala na mão…. ó arrastadeira, isso é conversa para boi dormir!

  7. Depois da cartinha da Advogada do Santos Silva ontem, era preciso hoje lançar uma fumaça para entreter os bois e as arrastadeiras. Vai de espalhar mais uma dose industrial de aldrabices no pasquim do Ricardo Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.