8 thoughts on “Por que deve o Governo de Sócrates continuar, segundo Passos Coelho”

  1. Mas quem é esta criatura, para vir falar da cátedra? Acaso tem alguma consistência? Acaso tem algum crédito? Acaso é presidente da República, com poderes para dissolver o Parlamento? O único trunfo com que se apresenta são umas sondagens que lhe são favoráveis na proporção directa do seu silêncio. Parece-me pouco.
    Não quer ir para o governo porque não saberá o que fazer nestes tempos difíceis, possivelmente nem nos fáceis. Até o PC (!) o reconhece em público (ontem, TVI24, deputado João Oliveira (penso que é ele): «o PSD não lhe interessa ir para o governo, deixa o odioso do trabalho para o PS» (deputada do PSD arregala os olhos)).

  2. Com este dscurso, Passos Coelho já cavou a sua sepultura. Os cavaquistas não pensam assim e não lhe perdoam. Estes dizem que cada dia é um dia de desgoverno e só esperam a hora exacta para passar a “rasteira”. Cavaco comanda as tropas e vai dar a ordem para avançar, encarregando-se de montar um conflito institucional, agora que já treinou com as escutas….
    Coelho é carta fora do baralho

  3. O adversário não deve ser substimado. Deve ser tomado a sério, mas provar que o facto de ele ser sério não o torna capaz. A opinião pública gosta e ri-se das graçolas e das palhaçadas, e baba-se até com as intrigalhadas, mas não são elas que os covencem e arregimentam.

  4. Ora, abóboras! O discurso do Passos seria outro se as últimas sondagens dessem já uma maioria parlamentar à direita. Mas, como essa maioria tarda, o gajo espera pelo desgaste do governo de Sócrates e o descontentamento da populaça, em massa.

  5. Sócrates é um político incómodo – é um Corajoso, um Determinado, um não-desistente, um Abnegado por Portugal.
    Pessoas deste calibre assustam qualquer um, principalmente quando esses “um” é gente que está sedenta de poder mas é incapaz de tomar medidas impopulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.