O RASI arrasou a Ministra da Justiça

Basta ler o RASI ( relatório anual de segurança interna) para mais uma vez  encontrar uma monstruosidade. A monstruosidade é a verdade: os números reais da reincidência dos condenados por abuso sexual de menores elevados para o nível do terror pela mentira, obra de Paula Teixeira da Cruz, a mulher que na pasta das pastas mais ofendeu o Estado de direito.

E é bom ler a constatação que retira utilidade ao projeto de lei que mesmo útil seria um crime constitucional; a constatação que estamos a falar de um tipo de crime que ocorre esmagadoramente dentro da família ou nas relações próximas.

Isto de instalar o medo para romper com a civilização já foi feito por uns quantos loucos, certo?

5 thoughts on “O RASI arrasou a Ministra da Justiça”

  1. Vai-se continuar a fazer de conta que este agitar do espantalho da pedofilia não visa lembrar aos portugueses o PS-pedófilo da Casa Pia? A jogada da senhora é de mestre na filhadaputice.

  2. IGNORANTEZES, vulgo, IGNARO, IGNARALHO, entre outros dos epítetos que podemos utilizar em tal figura, RESPEITA a pessoa da ministra da justiça. É loira, de facto, mas pensa, contrariamente a ti que bocejas ideias apanhadas em links de origem duvidosa – os wikipédicos e outros. Além de que tem atrás dela um historial de sofrimento que só a purifica, enquanto tu ( que também o deves ter, pois não largas este dispensário) nada retiras do que devia ser um aprendizado para ti.

  3. «Isto de instalar o medo para romper com a civilização já foi feito por uns quantos loucos, certo?»

    Certo!

    Aguarda-se um texto com fervor proporcional sobre o Estado Islâmico…

  4. JoséJ,

    Lol. Big lol, and lol again. Brilliant. I don´t think the lady will do it. She´s very unballanced right now…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.