O branqueamento televisivo dos “dias da troica”

Nos últimos dias, através da reportagem da SIC – “os dias da troica” – assistimos a um relato não objetivo dos factos cuja interpretação é feita essencialmente por Paulo Portas e Maria Luís Albuquerque.

A lista de convidados que não aceitaram (como PM, Cavaco, Vítor Gaspar ou Sócrates – que não esteve em funções neste período) tenta justificar a parcialidade chocante da reportagem, quando na verdade só a reforçam. A lista podia ter sido feita pelo Governo.

Como é possível fazer-se uma reportagem que pretende descrever os últimos anos sem ouvir uma única pessoa da oposição?

A reportagem é um gigantesco branqueamento dos últimos 3 anos, porque cada momento ou facto é descodificado pela MF ou Portas, sem qualquer contraditório.

No final da reportagem fica a narrativa do Governo: alegadas avaliações ameaçadas pelo TC; suavização do episódio da TSU; a inevitabilidade de um rumo traçado à conta de uma herança que é caracterizada sem contraditório; o papel que se “descobre” fundamental por parte de Cavaco; a demissão irrevogável de Portas explicada pelo próprio de forma risível para quem tenha cérebro; a suavização de todas as tensões na coligação; para dar alguns exemplos.

Isto não é jornalismo. É serviço, mal mascarado, prestado por uma televisão ao Governo.

É caso para um sobressalto cívico. Estamos em democracia, a qual exige imparcialidade e independência do jornalismo.

Gostava, francamente, de saber que avaliação faz o senhor Ministro Poiares Ministro da reportagem.

22 thoughts on “O branqueamento televisivo dos “dias da troica””

  1. Ó Isabel,
    objectivo não é o mesmo que obje(c)tivo.
    é por isso, que não vejo essas merdas. que é para não cair na mira.

  2. Ai dra. isabel moreira, a sério? não me diga… jura? não posso crer! realmente esses maus da tv, quem diria dra. isael moreira? mas quem diria? que argúcia, dra., quanta perspicácia, que fina análise, ó dra.! nunca me tinha ocorrido nada do que diz. há vários anos que vejo tv e nunca tinha reparado. realmente só uma pessoa como a senhora, uma ilustre deputada da nação, é que consegue ver estas coisas profundas. muito obrigado, dra. é por isso que a senhora é tão importante lá no parlamento, é porque consegue ver estas coisas, certo? estas coisas, aliás, nada óbvias e inéditas. onde é que já se viu? sobressalto cívico? Ó Dra., não me diga já está aos saltinhos? A dra. e o seu chefe palerma seguro já tão aos saltinhos? dra. vergo-me à sua inteligência.

  3. Claro que a Isabel não vai ligar a esta coisa rastejante ou nadador de esgoto que é o anónimo ENAPA. Mas permita-me que lhe diga, Isabel, que de entre os poucos portugueses que neste momento poderiam dar um murro na mesa, com estrondo suficiente para ser ouvido em Bruxelas e Berlim, a Isabel é uma dessas pouquissimas pessoas. Tem o parlamento ao seu dispor. Por muitissimo menos, um deputado do CDS, de Ponte de Lima fez-se ouvir em todo o país. Daniel Campelo. Não sugiro que faça greve, mas não haverá imaginaçâo para criar um “facto político” que alerte para o completo abandalhamneto da comunicaçâo social, e logo em tempo de eleições? Eu sei. O chefe Seguro é um molengas e, com ele, abanões só se for contra o Sócrates.

  4. “Claro que a Isabel não vai ligar a esta coisa rastejante…”

    nem ao rastejante, nem a ti. era o que faltava, o funambulismo político não permite esses devaneios no período do defeso. para já é nessário garantir lugar no poleiro e os arrufos ficam para a distribuição dos lugares, de preferência o mais para cima possível para não levar com a merda dos outros.

  5. oh kuzes! a verdade verdadeira é a legitimada pela santa aliança, ppd+cds+pcp e em tempos de grandes colheitas pelo be, que o correio da manhã e similares divulgam a troco de anúncios de leilões do estado.

  6. A comunicacao social é o braco propagandistico da troica que, por sua vez, tem o unico objetivo de nos tornar, miseraveis mas muito agradecidos, ou seja, um povo de servos e desapossados. Pessoas como a dra isabel sabem deste tenebroso plano ha pelo menos 3 anos, mas têm contas para pagar e uma vidinha para ganhar naquele bom tacho que é o parlamento, daí fingirem que se indignam ao ver o pais e o povo a serem enxovalhados. O que fizeram ao socrates foi uma traicao acima de tudo ao pais e que comecou dentro do proprio partido.

  7. “O que fizeram ao socrates foi uma traicao acima de tudo ao pais e que comecou dentro do proprio partido.”

    tens razão, oh enaparvo. foi uma traição ao país, mas começou noutro lado, na presidência da república, teve cobertura parlamentar psd+cds+pcp+be e patrocínio dos subsídiodependentes do costume, ver lista dos medalhados nos últimos 3 anos, tão lá todos. tamém houve uns oportunistas do partido socialista que se puseram em bicos de pés a dizer que não tinham nada a ver com o socras, mas já estão a mudar de opinião,até já o convidaram para se juntar à festa e descer o chiado no fim da campanha.

  8. Mas quem quer fazer alianças com o PSD, é o PS.

    Já o tentou, e se não fosse o Soares dar um murro na mesa, se calhar tínhamos agora um governo PSD-CDS-PS

    Deve ser por isso que hoje na Missa do PS, o Mario Soares não foi convidado

  9. Isabel, concordo inteiramente consigo. Aquilo foi um frete da SIC ao governo.
    Chocante.
    O VPM falou o que quis com a maior das latas…..
    Lamento que só a Isabel fale disto.
    Obg.
    Gui

  10. o partido que deu origem ao “triunfo dos porcos” quer continuar a saga, e como tal vai ao seu cardapio e atribui a funçao de “controleiro de produtividade” ao seu candidato de apelido ferreira. tal como a pescada que antes de ser já o era,a primeira vitima do regresso do socialfascismo,tinha que ser não a direita,mas um deputado do ps,que por acaso é o seu cabeça de lista.sabem que mais? que os pariu!

  11. ignoto, começou no próprio partido, lembro-me bem do quanto aquela amiba, um tal de vitorino, envenenava no seu espaço de opinião. mas houve mais, o próprio soares teve que se fechar uma manhã inteira com o sócrates para o convencer a chamar a troika. ninguém quis fazer nada pelo país. por isso isso vomito-me todo para cima dessa dra. e mando-a à merda mais a sua indignação 3 anos depois.

  12. é admirável que esta dra. moreira só se lembre que o comportamento das tv justifica um sobressalto cívico, 3 anos depois da merda estar toda feita e de esta intoxicação televisiva ter começado há pelo menos 4. a gente sabe por que é que à dra. isabel só conveio sobressaltar-se agora e mostrar-se tão abespinhada. é um convidada habitual das tv, também se lambuza toda com a gamela do balsemão lhe põe à frente. que nojo de gente, foda-se.

  13. “Gostava, francamente, de saber que avaliação faz o senhor Ministro Poiares Ministro da reportagem.” É simples, o dr. poiares está-se completamente cagando para a democracia e diz-lho por atos e palavras todos os dias. a avaliação que o dr. poiares faz é, portanto, excelente. e a dra. faz o seu papel, come, cala e finge que barafusta indo, para tanto, ao parlamento ganhar a vidinha.

  14. ígnaro, a traição começou em casa. o ps deixou caír sócrates e o país. os cavacos e os coelhos e a oligarquia nacional e internacional que neles manda, pouco importam, tinham ido todos com o c….. tivesse o ps tido tomates e cabeça para, no momento certo, se unir na limpeza da de tal escumalhada. a conivência do ps anti-socrático com o cavaco foi, na prática, total.

  15. enaparvo, o governo do sócras caiu no parlamento com os votos do psd+cds+pcp+ pev+be no dia 23/03/2011, o que enfureceu a merckla. isto foram os factos, se o tiro saiu pela culatra e agora estão todos chamuscados e os traidores à patria são uns incertos do partido socialista, é conversa de suponhamos para aliviar dores e endossar responsabilidades. continuem com atitudes dessas e depois queixem-se quando virem a marina caneta a fazer campanha eleitoral em viseu para sensibilizar os emigras da beira a votarem nela, como acaba de fazer aquele gajo com nome de esquentador.

  16. “Como é possível fazer-se uma reportagem que pretende descrever os últimos anos sem ouvir uma única pessoa da oposição?” Eu só vi perto de 10 minutos do programa, no entanto vi que pelo menos o Teixeira dos Santos participou no programa. Será que depois que o Grande Líder cortou relações com o dito, ele deixou de contar ? Tipo aqueles que na URSS quando eram mortos eram riscados das fotografias.

  17. oh campus! andas a ver coisas e a injectar outras, se juntares ambas num clister que te inunde os cornos ficas com uma sala de cinema no sítio dos miolos e começas a cagar pipocas pelo nariz. experimenta, vais ver que é muita mais divertido e libertador que papaguear estórias marilú & paulette aqui no caixote das opiniões. para riscares fotografias não precisas de urss, que já não existe, basta ires ao largo do caldas, que o cds ficou com o franchising dos retratos.

  18. Ignóbil, concordo com essa do caixote, no entanto como acredito na recuperação das pessoas que caem na valeta da politica, tenho de lhes lembrar algumas verdades. Quanto ás fotos a que mais gostei foi aquele tesourinho deprimente, a selfie daquele alemão com o tózero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.