Incerteza

A palavra é incerteza. Para não dizer outras. Três anos sem saber do dia seguinte. Três anos sem saber do montante do salário ao fim do mês. Três anos sem saber do valor da reforma ou da pensão ao fim do mês. Três anos sem saber se direitos cravados a tinta permanente seriam ou não apagados. Três anos sem saber se os serviços públicos, se o Estado próximo de nós, se deslocaria para centenas de quilómetros de distância. Três anos sem saber se o emprego se mantém, se vira precário, se evapora ou se convida à emigração. Três anos sem saber se ser viúvo ou viúva merece castigo. Três anos sem saber se a linha de pobreza rasgada com prestações sociais seriam revogadas, porque sim. Três anos sem saber por que se negoceia com técnicos estrangeiros do lado de lá da mesa e não em nome dos interesses dos portugueses. Três anos sem saber que afinal a escola não é a tempo inteiro e que a educação não cheira a soberania. Três anos sem saber qual será a próxima empresa estratégica a ser oferecida em regime de monopólio. Três anos e 12 orçamentos de estado.

Sempre a estratégia da incerteza. Apresentado aos bocados. Vai-se sabendo. Não havia aumento de impostos. Mas há. As famílias com mais de dois filhos seriam as beneficiadas. Mas ao lado os custos de todos os consumos explodem e afinal há uma cláusula de salvaguarda para as famílias sem filhos.

Uma certeza: a devolução parcial dos vencimentos dos funcionários públicos e fim parcial da CES. A certeza foi imposta pelo Tribunal Constitucional, claro.

15 thoughts on “Incerteza”

  1. … eu diria inconstitucional, estar há mais de onze anos no 8º escalão da carreira docente sem possibilidade de progressão, devido aos congelamentos sucessivos levados a cabo por este governo de direita miserável que revela desprezo pelos professores e restante função pública.

  2. Ainda bem que temos a Isabel das prosápias e das certezas óbvias e faceis para nos aconchegar com a sua balofa e verborreica segurança: se não fosses socialista tuga até desconfiava que poderias ser do PS … ainda bem que conseguiram convencer o Papai Noël para ser eleito pelo vosso círculo de fantasias e vacuidades e se poder sentar ao teu lado !

    PROSAPIAS e FANTASIAS são a vossa especialidade e habilidade …

  3. Estes teus iluminados camaraduchos cheios da mesmissima prosápia em que te enfrascas e snifas várias vezes ao dia, também estão, curiosamente, ao contrário da tua viril certeza, estão a atafulhados de INCERTEZA!!!

    Sabes quem são os cagarolas ex-reestruturadores ???

    “Não há respostas simples para o problema do endividamento. A situação interna e externa é complexa, exigente e tem enormes fragilidades. Mas isso não nos pode impedir de abordar com coragem e profundidade o problema do endividamento e procurar respostas para o problema”, 

  4. Fuck … eu a pensar que já tinham as respostas todas na algibeira e na ponta da língua para resolver de uma penada a divida … afinal os gajos ainda tem de ir à procura ! Que Desilusão do catano e que perda de tempo.

    De certeza que se esqueceram de perguntar ao Pai Natal pela solução … já só faltam dois meses para ele voltar.

  5. “… eu a pensar que já tinham as respostas todas na algibeira e na ponta da língua para resolver de uma penada a divida …”

    isso foram fantasias do avó catroga para indrominar a pequenada a votar na direita na última banhada eleitoral.

    “não não… o coelhinho veio com o pai catroga e o palhaço de belém no comboio ao circo”

    https://www.youtube.com/watch?v=P9TRM8q1__Y

  6. “ sim, sim … o coelhinho veio com o pai catroga e o palhaço de belém no comboio ao circo para limpar e dar um banho à colossal cagáda do Palhaço Narciso socras, durante o ciclo de espectáculos de variedades e fantasias: É sempre a Gastar porque Alguém um dia vai Pagar … ”

    Moral da História ????

  7. jocaf34, “no é sempre a gastar” não te esqueças dos roubos do bpn,bpp e agora bes, que andamos a pagar! dos 50 milhoes para a madeira ,da expo 98,para beneficio da capital,das 5 linhas do tgv assinadas com os espanhois vs 2 de socrates no papel.socrates,gastou, mas deixou-te um pais mais moderno para tu e teus filhos disfrutarem com muito prazer. recordo-te que as despesas deste governo por ministerio, sao superiores às do anterior de socrates. para terminar sugiro-te que percorras este pais, e vês que o dinheiro que foi gasto, valeu a pena. como pago impostos, tambem tenho direito a vir por estradas identicas às que tu disfrutas sem dar por ela, ao hospital central . o ps gasta, mas vemos para onde foi.voçes não gastam,mas o dinheiro voa para os bolsos dos xulos e ladroes que militam no partido que defendes.

  8. os acólitos dos “salvadores da pátria” aí estão, mais ferozes que os sacerdotes durante sacrifício.
    a verdade é que a austeridade que nos é imposta viola a nossa Constituição e isso é imperdoável. Direitos, liberdades e garantias estão a ir pelo cano abaixo e não vejo as avenidas da liberdade deste país entupidas com um protesto que se impõe.

  9. nuno cm, já me esquecia, tu eras um dos rapazes do longo séquito de auxiliares e acólitos que segurava um dos inumeros espelhos que o Palhaço socras necessitava de ter sempre por perto, para os delicados e constantes cuidados da sua higiene e saúde mental …

  10. espelhos???? só se forem para o massamá segurar o orçamento com laca e a paulette dar um toque nas perucas do contribuinte, do agricultor e dos reformados. higiéne & saúde mental, era correr com essas anedoctas que desgovernam e não acertam uma na caixa das esmolas, dos discursos redondos da cabeça quadrada do pedro às inquestionáveis aldrabices do paulo, passando pela incompetência da paula, irresponsabilidade do nuno e acabando nas mentiras de marilú, não há um, unzinho, espécimen este governo que não minta ou aldrabe cada vez que abre a boca.

  11. Caros comentadores doentes, principalmente os defensores do Coelho e boys amigos da Tecnoforma, vamos ver quanto vai ter o PSD nas próximas legislativas. Neste momento está a 27,4% dizem as sondagens, mas ao ouvir-vos ganir penso que será abaixo dos 27% e o vosso pior resultado de sempre. Devem estar mesmo com muito medo do gajo de Lisboa, para não largarem o aspirina. É perda de tempo bébés, aqui e em Lisboa a vossa narrativa não engana ninguém! Deviam fazer como o outro e ir atrás do agricultor de Montalegre, podia ser que se safassem melhor!

  12. jf34,aos costumes nada disseste.toquei na ferida,contesta o que disse .tu não és palhaço és um bobo que credita num partido que tem uma escoria na madeira ,e no continente tem um politico de merda que alem demais é desonesto.o que ele prometeu aos portugueses,nem o vigaro que vendeu a mesma corda 12 vezes tinha coragem de fazer.sabes porquê? a corda era coisa de pouco valor.o que passos fez ultrapassou todos os limites da deçência.nada recebi de socrates em termos pessoais,sou é honesto a avaliar o seu desempenho e por isso ganhou duas vezes.já agora vou-te dar uma novidade: o ps não deixou divida. o psd, e cds quizeram que ele deixasse e por isso interromperam o seu mandato que era de quatro anos.se cavaco fizesse o que fez ao santana,a merda do teu partido deixava-nos uma enorme divida,um desemprego que bate todos os recordes,milhares de portugueses a fugir do pais, muitos milhares a passar fome e outros milhares a comer as sobras dos restaurantes! a gajos como tu que defendem o indefensavel,só resta dizer-te:tem vergonha na puta da cara! a socrates tenho a dizer-lhe”até siempre camarada” nota: tu o que gostavas é que te snifassem a peida!

  13. … o Passos é um manequim: ôco por dentro, fatiota por fora.
    ah! ainda o hei-de ver a trepar no varão às duas da manhã, três da manhã, quatro da manhã, ui!, ui! bem bom! à procura de uma ONG, às cinco da madrugada, o moedinhas em Bruxelas a sacar uns trocos para o benemérito de massamá construir um polo universitário na baixa da banheira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.