2 thoughts on “Estado da Palestina”

  1. Uma coisa decente, era o Parlamento EXIGIR ao Governo, o reconhecimento do Estado da Palestina, como o fez recentemente a Suécia.

    Afinal temos uma sugestãozinha, e dependente da boa vontade de Bruxelas.

    Onde está a DIGNIDADE do Estado Português e a sua autonomia, para tomar decisões que só a ele competem.

    Como queremos ser respeitados, quando nos submetemos TOTALMENTE, á boa vontade de Bruxelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.