3 thoughts on “Do insulto”

  1. Os reformados têm que dar o litro, lixaram a vida dos filhos e netos nesta bagunça de 40 anos.

    Ganharam-no em bom tempo, agora que sustentem os filhos em casa deles até terem netos.

    Entre os reformados e funcionários de cabelos brancos que paguem a crise e peçam ajuda aos banqueiros e aos sindicatos.

    Quem tenha menos de 40 anos deve exigir todos os sacrifícios aos próprios pais.

    Férias nas caraíbas? mas já-chegámos-à-madeira ou quê? Casa na praia, na aldeia e na linha? Isto é que foi uma porra!!!

  2. Pois é, campónio.

    Férias no Copacabana Palace, casas de luxo na Aldeia da Coelha, forrobodó na Madeira…

    Foi uma porra? Ou ainda vai ser uma porra, pá!

  3. Pois é refugiado, pensas que a porrada ainda não chegou.

    Deves ter toda a razão, ainda és mais pessimista que eu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.