24 thoughts on “Amanhã: há muito tempo que não me deslocava a Coimbra sem ser por causa da Universidade”

  1. mas a madonna é assim tão importante que a leve a deslocar a Coimbra? Esta é uma cidade bonita, com muitos pontos de interesse para ser visitada. Agora a Ms. madonna. Ainda por cima a fulana mostra as mamas chupadas e o rabo espalmado.

  2. a madonnna é a maior (sinceramente) : só lhe falta curvas, saber cantar e já agora as plásticas tornaram-na inindentificável. Enjoy the show, Isabel.

  3. e o repertório tem dias, muito duvidosos, mas vais para os bilhetes de 80€ ou de 170€? É por causa de uma estatística sobre o poder de compra dos deputados portugueses auto isentos de todos os sacrifícios que se pedem aos demais políticos e cidadãos não políticos).

  4. Bem apanhado, ó Edie, minha, bem apanhado, mas parece que esqueces que os deputados são VIP´S, pá, atãoe? Tem de ser camarote, pá, camarote. Até porque as mamas da madonna um se bêm à distãncia caragu, nem o ravo, de tão ispalmado que aquela gaita é.

  5. Edie, não me digas que os deputas não se impuseram o corte do 13º e do subsídio de férias! Só agora é que me passou isso pela cabeça em face do teu comento. Se é assim é uma vergonha inenarrável e tomara eu poder prescindir da nacionalidade portuguesa.

  6. madona a € 170,00??? deve dar direito a champagne e trazer a piquena pra casa. o preço dos bilhetes foi bué inflaccionado para suportar as borlas dos penetras do costume, magistrados, deputados, polícias e bombeiros em serviço ou missão de soberania e depois a especulação não correu bem, os primeiros bilhetes, aliás vouchers, foram um barrete de todo o tamanho e agora botaram bilhetes de última hora a € 45,00 para enganar mais uns adeptos da causa. ganda pugrama folclórico, começa no principe real e acaba na solum.

  7. sim, vou prestar contas a Vexas. por ter ido a um concerto.
    para a pergunta sobre se os deputados “”se impuseram os cortes de 2 salários”, por que não vão ver à…ups..net? Os deputados não escolhem – estão a ver? – isso seria mais um gesto do PR – não abrangido pelos cortes no Banco de Portugal. Os deputados estão automaticamente – e bem – abrangidos pelos cortes. mas está tudo disponível na net.
    mais dúvidas?
    pagamos a nossa roupa (nunca se sabe o que passa por algumas cabeças); casa; carro; telemóvel; não nos oferecem computador; não temos motorista..enfim, é tudo normal. e não queremos essas regalias, que fique claro.
    madonna: melhor do que no último concerto, mais robusta, com uma capacidade física impossível, cenários extraordinários, bailarinos excelentes e 40 mil pessoas satisfeitas. pareceu-me.
    para a semana talvez vá jantar fora. tratarei de explicar qual o estaurante e os preços da ementa.

  8. pareces o cavaco a não responder, vão ver ao site, tá lá tudo e o relvas a ficar ofendido com as perguntas. nas próximas já podes abanar com potência instalada de 40kvotos que somados com pessoal do arraial já justificam um lugar de topo na lista.

  9. outra parecença com a estratégia comunicacional cavaquiana, ignatz: o estatuto remuneratório do deputado, constante do site da AR está desactualizado, remete para 2010. (tás a ver, né, vai ao site e depois não está lá nada.pronto, há representantes do “pobo” (e esta até a escolhi, merda), que andam mesmo a gozar com o pobinho, meu, devem achar que isto é tudo uma cambada de saloios que mais não merece.

    (isabel, tou-me a cagar que comas lagosta, brioche ou sardinha assada, desde que a seguir limpes a boca e não venhas para aqui arrotar que o deputado não tem benefícios remuneratórios diferenciados do resto da malta e mandar-nos dar uma volta pela net, mais respeito por quem te paga o ordenado, tá?)

  10. eu respondi ignaz
    apesar do tom acusatório
    achas que podes controlar as minhas idas a concertos???
    quanto a subsídios está mais que respondido. os deputados não “se excluem”. já estão excluídos pela lei. quem tem essa opção é por exemplo um reformado do banco de portugal.
    assim já consegues compreender?
    e tu eddie???
    quantas vezes já tinha falado em quem está abrangido pelos cortes????
    lá em cima escrevi:
    Os deputados não escolhem – estão a ver? – isso seria mais um gesto do PR – não abrangido pelos cortes no Banco de Portugal. Os deputados estão automaticamente – e bem – abrangidos pelos cortes. mas está tudo disponível na net.
    e sim, acho bem informar que está tudo on line. é um ganho da democracia. cada despacho de nomeação de um adjunto, por exemplo, está na net. não é bom saber???

  11. e depois tenho uma pergunta: o eddie começa por numa calúnia afirmar isto: É por causa de uma estatística sobre o poder de compra dos deputados portugueses auto isentos de todos os sacrifícios que se pedem aos demais políticos e cidadãos não políticos).

    Custa perguntar assim: isabel, os deputados foram abrangidos pelos cortes de dois sallários?
    resposta: foram, e bem.
    por quê o tom acusatório?
    quem vos fez mal?

    ali não havia uma pergunta, mas uma acusação mentirosa.

  12. isabel,

    já disse atrás, trava o passanço, que a coisa corre melhor: a mim, por exercer a função que exerço não me pagam mais 69 euros ao dia, ou cerca de 40,(conforme o distrito representado), sempre que participe num grupo especial de trabalho (no v/ caso comissão e plenários) – isso faz parte do trabalho do deputado, caramba não somos ricos para pagar extra por cada dia normal de trabalho de um deputado; se os dados estão desactualizados na net, não nos remetas para dados falsos ou não nos mandes ir dar uma curva ao bilhar grande da net. também lá está, ao contrário do que dizes, a utilização gratuita de computadores e outras telecomunicações (desactualizado? refila lá em casa, é o que está disponível como informação, já para não falar no recorte, já aqui publicado, de um diploma orçamental, que refere dotação orçamental para as compensações extra de julho e novembro para deputados (errado? mete link para a informação correcta).

    E por favor, não me troques o nome e o género (é EDIE) , vai dar uma volta à net e descobres o que quero dizer.

    P.S. Ninguém “nos” fez mal???Não sei, não posso falar pelos outros; a mim ninguém, estou até muito feliz com a actualidade e por pensares que nesse teu mundo distante de quem representas te possa passar pela cabeça que nos interesse saber se vais ao espectáculo de luxo x ou y. A boca da Maria Antonieta pode ser mito, mas a tua aqui fica registada.

  13. Ò pazinhas, ó pazinhas, ó senhora deputada, atãoe, já bimos qu egosta da madonna, pois taá muito bem, mas caramba, ir a Coimbra só por causa da madonna, hein?! Atãoe, vEXA não é deputada e interessada no Pobo, carago, ou se tibesse em eleições é que ia lá ber os bairros sociais, apertar a mão ao populacho, pois olhe em bez de ir bere amadonna fique-se pelo cd da mulher e compre um prato de sopa aos povres, aqueles que bocês paralamentares dizem que somos ovrigados a vutare. Ó Dõtora, bamos lá, bamos lá a manter o nibel, questa cousa descamba, tá a bere, e a Edie, ati ngiu-a na mouche, ó senhora.
    Comprimentos

    PS: faxavor de me dizer se habia buracos nas estradas fora do percurso da unibersidade de cuimbra. Ou se biu muita gente desempregada, se tem propostas, para os assuntos lá da zona periférica em redor da unibersidade de Cuimbra, ai esta gente de direito, carago, depois de se furmar perde o norte ao sentido.
    eu num boto em ninguém, pra num maborrecer com respostas cumo as que deu aos ignatz e Edie, que num sãoe pra vrincadeira.
    Comprimentos,

  14. oh isabel! qual tom acusatório qual carapuça, se calhar tens o exclusivo de apontar o dedo aos outros e cada vez que te perguntam qualquer coisa armas em coitadinha. enxerga-te e o espelho que se cuide.

    “achas que podes controlar as minhas idas a concertos???”

    claro que não e muito menos se a artista for a madona, mas lembro que foste tu que veio para aqui fazer publicidade a um espectáculo de ma$$as com bilhetes de €170,00, fora transportes e alimentação, para gajos com ordenado mínimo de €500,00. por mim até podes fazer safaris no botswana, mas põe óculos escuros e deixa crescer o bigode não vá o correio da manhã descobrir-te e públicar fotografias que irritem os teus eleitores.

    “quanto a subsídios está mais que respondido. os deputados não “se excluem”. já estão excluídos pela lei. quem tem essa opção é por exemplo um reformado do banco de portugal.
    assim já consegues compreender?”

    obrigado pelo boneco. se bem entendi, os deputados não se excluem, aprovam as leis que os excluem. quanto ao cavaco já todos sabemos que é um fora da lei e que os irmãos são procurados pela interpol.

  15. ignatz, sabes o que me chateia mais do que políticos desonestos que já se sabe à partida que não prestam? São os políticos em quem depositámos esperanças e vamos ver a montanha pariu um rato. Que é como quem diz , estão tão distantes da realidade que se dão ao luxo de dizer lá de cima do seu pedestal – efémero, muito efémero – que até podem mandar umas poeirinhas para os olhos da malta, porque são fixes, de esquerda e curtem madonna. Afinal, pelo que li no Público, dos comentadores, não estavam lá 40.000 pessoas, nem perto, muitos espaços vazios na bancada e plateia (naughty girl, lying is a bad thing, não te ensinaram??), depois, quase nenhum gostou do concerto – muito barulho, som péssimo, música fraquita (também que esperavam,??),má organização (não deviam estar na zona vip) não valeu o custo, etc, etc. Descontentamento geral. Parece que aqui a deputada se contenta com uns barulhitos das luzes e depois nos vem vender gato por lebre. Como se houvesse compradores.
    Cometo agora uma heresia, linko um gajo chato, mas que aqui resume bem a piroseira que mereceu um post no aspirina de uma representante da nação (Christ…)

    http://joshuaquim7.blogspot.pt/2012/06/madona-caguei.html

    e os comentários – parece que há gente muito exigente.Dentro da piroseira, exigem um pouco de qualidade – síndroma de que a nossa deputada está imune.
    http://www.publico.pt/Cultura/o-espectaculo-total-de-madonna-em-coimbra-1551806

  16. sorry, tou com a corda…

    (também acho um bocado patético que a ex-superstar visual barulho das luzes se tenha sentido, por duas vezes, na necessidade de interromper o show para vir dizer ao público “I’m still the queen” (deprimente). Ó mulher, dá lugar às novas gerações sem ressentimentos, até estão na mesma linha mas em melhor, sabem tocar e cantar muito bem, e têm sensualidade e não têm braços de homem, e tudo. Porra, já tiveste a tua dose de parolos para 53 anos)
    (pronto, já me calo.)

  17. She´s not the queen carago, she´s a real, very real dirtbag…sorry for my french, cum catano, mas atãoe, quando há pessual que senfia numa cela armada em discoteca e acha qué o máximo, e bué da in, ó meuzinhos! pois que achais, gastar 170 euros ganhos com o suor da palabra oca e da escrita longa? Eu acho qué bué da cool, dudes, bué da fiche, cum carassas, pás, um exemplo da poupança, a contrario sensu, ebidentemente.

    Fogo, ainda hei-de ir a um cuncerto do gajo que apitó cumvoio e aí boue aexprimentare o savor do pobo, a alegria do pobo, ou, mais cuncretamente dos burros, dos asnos que botam em que nos tenta dar izemplus de coltura libreira, e musicale. Fogo, até tê cum a caveça a andare à roda, já misgutei, e ainda tenho de descascar hoje no mundo, cum catano, ai hébe a drime. O meu sonho, carago é chigar a Lisvoa, ao Parlamento, ao hemociclu e chigare àquela bancada avaixo do sítio onde está aquela sonssinha da assunçãoe estebes, ficar à frente do microfone, abaná-lo, dizer isto: senhora prsidente da assemvleia da repuvlica, sinhores deputadas e senhoras deputados, nos dias que hoje correm, nesta varca que navega ao desnorte, na ilusão da fala e da iscrita, gostaria de bos apresentar de forma simples, sumária e direta o meu sentimento para com todos bós e que paço a ispressar: Bão todos à MERDA. Para que não haja dúbidas, pois eles os há por aí que dormem nas vancadas, riem-se muito, e bêm outras cousas nos computadores, tudo portantes suscetibel de bos distraír, repito: Bão todus á merda.
    E depois, pontuar com um agranda peido, em nome da liberdade de ispressãoe. Tenho dito.
    Comprimentos

    PS. nunca aprendi a arrutar, a num sere quando a natureza ovriga, porquesnão, tamém amandaba com um arroto magistrale a toda essa gente que pensa que sabe gobernare, que sabe doutrinare e no fundo não passam de uns falsos profetas da política. Gaita, que já me chatearam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.