Um ministro tão competente não merecia uma coisa destas

Devemos ser o pior povo do mundo. O Governo esforçou-se, cortou os subsídios de férias e Natal, cortou nos salários, nas pensões, nas prestações sociais, atirou milhares para o desemprego e outros tantos para fora do país, esforçou-se tanto que até o primeiro-ministro, coitado, já se mostra preocupado com o nível de pobreza a que chegámos, mas a verdade é que merecemos empobrecer ainda mais. Depois de tanto esforço para empobrecer o País, o que fazem os portugueses com o pouco que lhes sobra? Poupam, ajudam os mais pobres? Não. Fazem fila à porta das farmácias e estoiram o que têm e o que não têm em medicamentos. E não é por estarem doentes, é tudo a fingir, não há povo mais saudável. É só para boicotarem o trabalho do Governo armando-se em ricos e, claro, para chatearem o pobre ministro da Saúde, um ministro tão competente. Eu, no lugar dele, demitia-me e aconselhava os restantes ministros a fazerem o mesmo. Afinal, um povo que se comporta desta forma, que brinca com a saúde, não merece os governantes que tem.

9 thoughts on “Um ministro tão competente não merecia uma coisa destas”

  1. esta declaração do ministro deveria ser acompanhada da habitual notícia sobre a última descoberta da judiciária relaccionada com tráfico de medicamentos no valor do próximo corte orçamental, que ainda não foi apurado por motivos óbvios.

  2. Que se pode esperar de um modesto “contabilista”?
    Esta descoberta da velha senhora para as Finanças onde,
    segundo, os conhecedores pouco ou nada fez do aprovei-
    tar o esforço do pessoal da D.G. de Finanças … pago a pe-
    so de ouro para um faz de conta em que hoje, o recurso es-
    tá no “Audis” uma descoberta de Abrenúncio!
    Se tivesse um pingo de vergonha o macedo já se tinha demi-
    tido em vez de fazer fretes ao passos láparo e, destratar a
    saúde dos portugueses!!!

  3. pessoal tenham lá calma com a latrina do joao lisboa, a mim quando vejo o nome dele (porque é só isso que eu leio) até o meu rato se foge…

    Manel as pessoas inteligentes só são incautos a 1ª vez, nunca mais repetem o mesmo erro.

  4. pelos argumentos o ministro,acha que os portugueses vão ao psi,sem motivos.com esta sua intervençao paulo macedo demonstrou que já entrou no grupo dos “narrativos”. grande parte dos os medicos têm interesse em receitar é verdade.há anos muitas farmacias tinham a lista de receituario dos medicos,para mais tarde serem enviadas para a industria retribuir com aquilo que o delegado propaganda medica de nome pequito denunciou ,sem grandes resultados,por haver mais gente a comer! para este homem vai um abraço de com muita solidariedade. nota: quanto ao joão lisboa,ele gostava de defender outras causas,mas “eles” não o deixam,por isso vomita a sua raiva para o aspirina,na esperança de que o seu sangue circule à velocidade normal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.