Com que então Sócrates está a perder audiência

“A Opinião de José Sócrates” é um sucesso estrondoso, e há provas disso espalhadas por essa Internet fora. Incapazes de atacar o conteúdo, roídos até ao osso com as críticas certeiras à escumalha do Governo, ao PR e aos políticos europeus, os adversários de Sócrates, agarram-se desesperadamente a uma suposta queda de audiências. E têm tudo contadinho, até aqueles que, como eu, aproveitam a tecnologia disponível e vêem o programa umas horas depois de ter ido para o ar. Estão histéricos e deliram com o facto de Marcelo continuar a ter não sei quantos milhões a ouvi-lo, o que, aliás, não admira pois a coscuvilhice sempre teve muita audiência. Anseiam pelo domingo à noite em que não reste uma alma ligada à RTP. E podem continuar a rezar, mas mesmo que o deus das audiências lhes faça a vontade, aposto que continuam a não conseguir atacar o que interessa.

23 thoughts on “Com que então Sócrates está a perder audiência”

  1. Eu também ouvi. E’ um som lânguido e cavernoso, acompahado de um ranger de dentes. Ouvem-se também gemidos junto das sedes do PSD e do CDS e parece que, nalgumas igrejas de aldeias do Minho as velhas recitam preces e lamentações. No jardim zoologico, na altura em que o programa esta no ar, as hienas mostram-se mais nervosas e os abutres desfalecem.

    E’ ao domingo à noite, não é ?

  2. A propósito desta suposta guerra de audiências e horários entre Sócrates e Marcelo, deu-se ontem um episódio caricato: Fernando Alves elabora toda uma sua crónica sobre a falta de paciência de Passos Coelho referida pelo, pasme-se, comentador Sócrates (a sério!). Isto para terminar com uma referência “ao modo como a teimosia e a paciência marcaram a sua anterior governação”. E remata com um contundente “a paciência tem limites”.

    http://www.tsf.pt/Programas/programa.aspx?content_id=903681&audio_id=3166378

  3. deve ser por isso que as comentadeiras da nossa praça passam a semana a escarafunchar o que o socras disse no domingo em programas criados ou transformados para o efeito com os avençados ódios de estimação, i.e. carrilho às 2ªs na porqueira, a semanada do batateiro sagmento, o convidado amestrado do circo carreira, o espectááááculo mini-mendes e o restante plantel de direitóinos avençados, que tinha a profissão em risco e progressão na carreira congelada, voltam a ser remunerados para dizer mal do socras e podem novamente aspirar a lugares de adjuntos em ministérios adjuntos de anexos do governativos. curiosamente já ninguém contesta os números da gfk.

  4. “E’ ao domingo à noite, não é ?”

    é, e não é d’agora, as missas do marcelo são mais velhas que o cagar.

    não é? oh monte de merda!

  5. Oh! Guidinha, que pena isto não ser como na Coreia do Norte. Se assim fosse, o nosso Amado e Grande Líder Sócrates, já tinha monumentais estátuas, desde Trás os Montes até ao Algarve, em todas as cidades e aldeias e vilarejos. Mas não os portugueses são uns ingratos. O nosso Amado e Grande Líder Sócrates, que tanto fez por Beja que até colocou lá um aeroporto internacional, e que ainda não vimos nem uma pequena estátua nem sequer baptizaram o aeroporto com o seu nome. Fez um centro comercial em Alcochete em terrenos com proteção ambiental, mas nem sequer uma pequena estatueta na entrada do shopping. Aumentou os funcionários públicos antes das eleições e acha Guidinha, que eles agradeceram ao Amado Líder? Ingatidão. Um Líder com uma visão impar, que queria construir a terceira autoestrada Lisboa- Porto, oferecer-nos um TGV, um novo Aeroporto em Alcochete ou na Ota. Deu às crianças computadores magalhães. fez de analfabetos verdadeiros Doutores nas novas oportunidades.
    Para cúmulo o nosso Amado e Grande Líder Sócrates, vem de Paris de borla á RTP, nem sequer os transportes cobra, só para guiar este povo com o seu Grandioso Pensamento e mesmo assim, dizem que as pessoas ouvem mais o Marcelo.
    Concordo, este paízinho não merece o nosso Amado e Grande Líder Sócrates.

  6. As pessoas que expõem o seu ódio, como “campus”, não são normais pois não? Se vivessem em democracias cheias de raízes (centenárias) já tinham tido que se “domesticar” – aceitar o adversário sem ranger os dentes, certo?

  7. É mesmo muito divertido ver estes desmamados da inteligência delirar com essa coisa das audiências.

    Mas o que, lá bem no fundo das suas almas denegridas, os incomoda é que, finalmente!!!, passamos a ter um comentário digno desse nome, a léguas das palhaçadas dominicais do Marcelo, et al.

  8. e quem não se liga faz mal: também perde, depois, guidinha, a voz do Paulo de Carvalho a cantar quis saber quem sou, o que faço aqui – que é uma espécie de complemento ao serão. :-)

  9. Olinda, explica lá isso melhor, precisamos mesmo de estar ligados para sabermos quem somos e o que fazemos aqui, é isso? Nunca pensei que a resposta a estas questões estivesse ao alcance de um simples clique. :)

  10. precisamos, claro, de estar sempre ligados: estabelecer a conexão entre a democracia e o nosso mundo interior. e depois isto dá em um genérico de música, lindo, de vida.

  11. Caros amigos

    O que eu achei do comentário do Sócrates, esta semana, é que ele disse coisas com interesse, não como comentador, mas sim como líder de uma qualquer oposição. Aqui está, a meu ver, a grande falha do sultão. Se mantiver esta atitude, ninguém, à exceção de malucos como vocês, continuarão a ouvi-lo ao Domingo.
    A grande esperteza do Marcelo, é que ele tem a mestria de comentar, usando um discurso que dá ar de ser imparcial, mesmo não o sendo, coisa que o sultão tem de aprender. Isto se quiser ter futuro como comentador.

  12. Comentador de carreira é coisa para o Marcelo, que em politica esteve sempre quase lá , sem nunca chegar a ser.
    Sócrates vai ter mais que com que se entreter, não estou a vê-lo dez anos a comentar o que os outros fazem.
    Isso fica para os falhados políticos, o Mendes, a Leite, o Menezes, o Medina e o imbatível Rebelo que, se estiver atento à concorrência, ainda pode vir a aprender a ser gente, politicamente falando, claro.

  13. esta olinda do “estar sempre ligados”, “lindo, música de vida”, não é a mesma que decidiu fazer uma piada sobre uma criança que foi morta à bomba? Se bem me lembro é a mesma que diz que é melhor a criança ficar sem pais do que ter pais homossexuais, a bem do equilíbrio mental da mesma. Mas se a criança for morta, já dá anedota. Isto é quadro clínico preocupante. Já não é só hipocrisia. È ranhosice psicopata do piorio. Que se trate.

  14. Ó Rodrigues:
    O “sultão”, como tu e outros filhos da puta o apelidam, diz o que lhe vai na alma, ponto.
    É assertivo q.b. e diz aquilo que muita gente pensa mas não consegue passar no filtro da notória manipulação mediática.
    Não é apenas a opinião de José Sócrates e nem sequer entendo como podes sequer compará-lo com o maluquinho vaidoso e assoberbado do PSD que regurgita alarvidades frente à mulher do Seara.
    Já se percebeu que és um ressabiado. Tenta ultrapassar essa limitação e pode ser que comeces a ter credibilidade para criticar o “sultão”.

  15. Ó Vieira

    Sou ressabiado porquê? Tem juízo!
    Se achas que o sultão tem futuro como comentador, tudo bem. Limitei-me só a dizer o que achava da prestação dele na tv. As audiências o dirão quem tem razão.

  16. campus, estás enganado! os portugueses não são ingratos.não sejas cego! vê o que temos neste pais com o nome do golpista sa carneiro que teve o azar de embarcar numa avioneta,na hora errada. desde ruas, a aeroportos e praças (como a velasques no porto) para satisfaçao da direita que a envolve ,tudo passou a ter o seu nome.pergunto porque motivo? esteve preso antes de abril? por estar no parlamentonuma ala liberal que com a sua presença dava um carater democratico ao regime fascista ? és mais um invejoso, ao serviço do social-fascismo que vegeta neste pobre pais, ao lado de gente que dele fugiu logo que teve oportunidade,com medo do contra golpe (à jesus) depois da queda do muro. vais morrer sem ver o teu sonho concretizado! mas feliz por veres que é a direita que manda no teu pais.que vos pariu!

  17. Na 2ª feira anda tudo a falar no que o Sócrates disse. Como “não tem audiência”, pode ser que tenham ouvido em 2ª ou 3ª mão… O que, ainda assim, não é dar audiência?! Dos temas introduzidos, anda toda a gente a falar e comentar durante a semana. O clip com os jornalistas irlandeses a gozar com Vítor Gaspar já deu a volta a meio Portugal, para infelicidade maior do grande chefe laranja…

  18. Caros:

    Como o pior cego é o que não quer ver espanta-me, perante os sucessivos atropelos dos dois comentadeiros e respectivas comitivas, como é que não percebem de uma vez por todas que eles vão-nos dividindo para poderem ir reinando!

  19. Meus senhores e minhas senhoras.
    Peço desculpa pelo atraso.
    Sócrates chegou como comentador, não exactamente para comentar, mas para se defender e é o que ele faz. Comenta o que o governo faz de mal e o acusa disso.
    Depois, temos a mediocridade jornalística que se habituou a fazer aquelas perguntas da treta e que ele desvia para o que quer falar.
    Sócrates, não lhe falta nada para ser esperto.
    Ele quer um microfone para se defender, gritar bem alto e chamar de MENTIROSOS a este governo que nos quer fazer crer que governar é cortar nos rendimentos do povo e que a culpa é do governo anterior!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.