7 thoughts on “Este dia já não pode estragar-se”

  1. O Aspirina dá-nos uma demonstração do anacronismo ideológico dos grandes inquisidores e falsos liberais, que continuam a promover a discriminação com base nas preferências políticas. O senhor Venâncio é um bom exemplo do homem que é capaz de vender, de um modo ou de outro, a alma ao diabo para atingir o seu fim, que é a abundância vadia da sobrevivência. Será, assim, racionalmente justificável a sua constante Censura?

  2. Censura, Freddie Scappaticci? Que Censura? Não percebeste que, decerto nos meus posts, sempre ficaram os poios que aqui vens deixar?

    Mas decidi mudar de critérios. Isto não é uma ameaça. É só um aviso. O último.

  3. Freddie:
    Ó homem, porra! Você é daquele tipo de bichos que acaba a provocar anticorpos! A malta já percebeu (pelo ruído das suas engrenagens mentais em acção) que você é dos poucos tipos realmente profundos, demolidores, etc e tal… Nada como essa malta do Aspirina, que são uns conas de geleia, sempre a camuflar a ignorância e as misérias.
    Vá lá, dê-lhes você forte, acabe com eles duma vez, esses invertebrados!
    Mas foda-os… ou saia de cima! É que o mundo é um pouco mais vasto do que a fortaleza do seu crânio blindado.

  4. Só umas parcas palavrinhas: o Sr. Fernando ali de cima não vai comigo. Nem é por nada, mas “Fernando” não me faz o género… Vou daqui para uma leitura do que conta, os vossos textos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.