«Ce n’est rien»

515ThE+ESTL__SS500_.jpg

Poucas canções neste mundo fazem tão bem à alma como o clássico «Ce n’est rien»
do ainda e sempre fabuloso Julien Clerc. Pode ouvir a canção aqui.

Quer ouvir de novo? Simples. Faça refresh no sítio.

E aqui encontrará o texto. Para que o prazer seja completo.

19 thoughts on “«Ce n’est rien»”

  1. e-konoklasta,

    Trinta e alguns anos de maravilhas. Mil obrigados.

    Triciclo,

    É isso, a coisa também se faz bem de olhos fechados.

  2. Nunca encontrei nesse Julien argumentos convincentes. Percebo, todavia, que tenha sido alpendre de muitos momentos cuja evocação desencarquilha a alma.

    Quanto às propostas seguintes, ei-las que se vestem de fazenda mais fina, sobretudo “Amsterdam”, que é uma obra-prima avassaladora.

    No meu blogue, como é habitual, costumo incluir várias propostas entre as quais é costume deixar cair uns punhados de pérolas. De diferentes credos e políticas e campeonatos e regimes fiscais.

    Aqui, aproveitando o rescaldo do 25 Abril e brincando aos carrinhos-de-choque com o tema do vosso post seguinte, deixo algumas propostas do (em todos os sentidos) genial Lluis Llach, lamentando que o youtube não faça jus à sua belíssima e extensa obra.

    “L’Estaca”
    “A La Taverna Del Mar”
    “Laura”
    “Campanades a Mort” (1/3)
    “Campanades a Mort” (2/3)
    “Campanades a Mort” (3/3)

    Entre muitas coisas mais que poderão ouver no youtube do mesmo Lluis Llach.

    Até já.

  3. O Py ainda não nos disse que cançonetista e canção prefere quando nada de costas nas areias de Marrocos. Continuamos no escuro e sem som. Não há direito!

  4. Quem nunca tiver sentido o coração a bater com uma coisinha pirosa que atire a primeira pedra! Mas, por favor, não me acertem, porque eu chorei no Love Story…

  5. Tu bonita Sininho!

    Vim aqui meio triste e já saio contente (estou a arrebentar com o sarko: bourreau!). Olha aquele javali egipcio chamava-lhe um figo.

    Leste alguma vez O Jovem Persa de Mary Renault?

    Agora não quero mais javalis virtuais com sms e mms, se é para partir o coração que seja ao vivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.