7 thoughts on “Retrato inclinado”

  1. O senhor José Mário Silva revela uma grande dificuldade para encontrar, e aceitar, a sua identidade. Um bocadinho de meio-termo talvez o ajude a sair do buraco: o prazer de tentar melhorar a vida com paciência e perseverança. Uma das facetas mais curiosas desta personalidade do Aspirina, é o seu masoquismo, que cheira a remendo de mau pagador. Os seus artigos têm sempre um tom de arruaça e provocação chocarreira, que reflecte o que tem sido a boçal prática dos blogues de esquerda.

  2. Quando Chamberlain se encontrou com Hitler, viu um homem desejoso de paz e em quem se podia confiar. Loureiro dos Santos não precisou de se encontrar com Ahmadinejad para chegar à mesma conclusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.