2 thoughts on “O lado”

  1. Júlio,

    Só depois de ler os comentários (de Küng e de Boaventura) percebi os versos. O que me causa espécie é que haja católicos, alguns amigos meus, gente sincera e sã, que continuam agrilhoados ao sistema. Ou é o sistema que é diabólico ou são os meus amigos que se revalam um parvalhões. Num e noutro caso, estamos lixados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.