Mensagens satânicas do banco da Opus Dei

Num dos horrendos anúncios da campanha mais aparvalhada da década, com o comediante Bruno Nogueira, é bem audível a palavra “foda-se”, soando de trás para a frente. Prevejo para breve uma mensagem de Natal do S. Presidente do Millennium com banda sonora dos Black Sabbath.

15 thoughts on “Mensagens satânicas do banco da Opus Dei”

  1. É o “esadof”, Nelson.

    Já agora, Luis, podias explicar-me, a mim reles mortal, os factos em que te baseias para dizer que se trata de um “dos horrendos anúncios da campanha mais aparvalhada da década”?

  2. Afixe,

    É como te pedir para resumires um processo em três palavras: não dá. Em que me baseio? Talvez no pouco esclarecimento que ganhei para estas coisas em duas décadas de profissão, não sei. Mas vai por mim: aquilo é disparatado, limita-se a ir numa onda (a dos stand-up comedians em anúncios), nem sequer tem graça, assume um tom estupidamente paternalista no final, não dá um so motivo para que alguém aceite a promessa da campanha,etc, etc.

  3. Luis,
    o texto do primeiro é completamente aparvalhado mas acho que estas a olhar para este anuncio como se fosse um prego para o teu martelo e estivesse perante um parafuso :)

    Este anuncio pode ter sido criado simplesmente para dar que falar e ser repetido à exaustao no site e nos youtubes da internet. Se calhar aquele “foda-se” nao é nada inocente…

  4. “campanha mais aparvalhada da década”

    preferível, se calhar, a dizê-lo ao contrário… ñ?

    é coisa que ñ me choca.

    fico mais aparvalhada com a hipocrisia de quem se ofende com isso, quando se calhar é bem capaz de o dizer constantemente.
    (e ñ, ñ se trata de nenhum ataque pessoal. é só uma constatação universal!)

    de qq forma eu sou suspeita, porque adoro o trabalho do Bruno Nogueira!

    :)

  5. Não conheço o anúncio. Mas se é verdade, é mais uma das aberrações do BCP. Mas não lhe chamem “Banco do Opus Dei”! Por o actual e o anterior Presidente serem da “Obra”, não quer dizer que o Banco também o seja. E senão, vejamos: Jardim Gonçalves, é um pseudo-Socialista, com cara de Judeu, sim desses que mataram Jesus Cristo, muito amigo do “Senador Laico, Republicano e Socialista” que empenhou Portugal, e colocou todo o Ultramar em Guerra Civil e em Cleptocracia institucionalizada; e agora o BCP, vai fazendo “negociozinhos em África”, com o apoio dos Ladrões que estão no poder; Paulo Teixeira Pinto, é um caso de “confusão mental”: começa Nacionalista (quasi Fascista, na Ordem Nova), para depois, fruto de uma conveniente “evolução política e intelectual”, passar a uma espécie de “Social Democrata”, como apoiante incondicional desse segundo Ramalho Eanes, “D. Aníbal de Boliqueime”, que aprovou com dúvidas a lei da Procriação Medicamente assistida, e se prepara, Deus nos livre, para convocar novo referendo à Vida… Como se a Vida se referendasse… Os Bancos serviram e servirão quasi sempre para ajudar a plutocracia a fazer dinheiro, e para lhes dar a eles, digam-se Católicos ou “Laicos”, a fazer carreira… O BCP não é do OPUS DEI, a OPUS DEI não é o BCP. Infelizmente, há na Obra gente como estes senhores, capazes destes anúncios, ou, quem sabe, de piores… desde que dê dinheiro…

    Doi-me que se confunda o Opus Dei com estes cavalheiros. Mas que pertencem à Obra, que ao contrário do que se diz está (demasiado?) aberta a todos, é verdade! Que dirá S. Josémaría Escrivá? Cristo, a seu tempo, expulsou os vendilhões do Templo!

  6. Finalmente, encontrei uma alma gémea que se apercebeu do mesmo. Andamos todos a levar com palavrões sublimares e ninguém dá por ela!
    ESADOF!
    Visitem o meu site para ver esta e outras teorias da conspiração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.