Melhoras na Imprensa

O Diário de Notícias de hoje parece irreconhecível: está francamente melhor, tanto em termos gráficos como em conteúdo. Era muito bom que finalmente houvesse uma alternativa informativa ao Público. Vamos ver se a qualidade se mantém. Não resisto à tentação de passar um diálogo, recolhido pelo jornalista Pedro Correia, na campanha de Manuel Alegre:
” – Olha vamos aparecer na televisão logo à noite.
– Mas tu percebeste bem quem é o homem?
– Sei lá, é um político.
– É um ministro!
– Chama-se Jerónimo de Sousa, acho.
– E esse é ministro?
– Isso não interessa nada. O que interessa é que vamos aparecer na televisão.
– Eu queria aparecer na TVI. Porque dá os Morangos…

Já o Expresso está ligeiramente melhor: não vi a crónica da Bomba Inteligente, espero continuar a ser poupado.

5 thoughts on “Melhoras na Imprensa”

  1. Está sem dúvida muito melhor. Tive hoje o privilégio de ler por lá um longo texto do Luis Delgado e outro do César das Neves. Na última página deliciei-me com um bonito texto anti-Cavaco da Joana Amaral Dias. Coisa nunca Vista.

  2. Olá Daniel,
    Na minha opinião, o DN está muito melhor no grafismo: tem projecto, tem equilibrio, talvez um pouco de texto a mais. E melhor na parte jornalística, notícias divididas em várias texturas (pequena reportagem, pequeno depoimento, pequena história, etc..);mais assuntos. Está na mesma na opinião muito institucional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.