Isto está a ficar um nadinha mais claro, está

Falando de coisas importantes: quando e por quem é que terá sido produzido o dossier das secretas sobre Ricardo Costa, que hoje foi revelado? Não terá sido aí por alturas da publicação pelo Expresso das cartas de Cavaco e filha a Oliveira e Costa dando “ordem de venda” das acções da SLN?

E o famoso dossier sobre Rui Paulo Figueiredo? Não terá vindo na mesma época da mesma fonte, Silva Carvalho, o amiguinho que trata por tu o Relvas e lhe dá palpites para as chefias do SIS?

Já não sabem quem é o Rui Paulo Figueiredo? Cito o famoso email de Alvarez para Tolentino, que pôs a nu a inventona cavaquina-limiana das escutas de Belém:

“Depois [Fernando Lima] entregou-me um dossier sobre um Rui Paulo da Silva Figueiredo que é adjunto jurídico do PM [José Sócrates], trabalha para o MAI, já passou pelos gabinetes de diversos ministros e, segundo o Fernando Lima, terá tentado entrar para o SIS mas chumbou.”

Já agora, quem terá chumbado o Figueiredo e porquê? Silva Carvalho deve saber.

Muito mais importante: qual terá sido o papel de Silva Carvalho nas campanhas de assassinato de Sócrates?

Hoje sabemos, por causa duma vulgar viagem de George W Bush ao México em 2007, que Silva Carvalho já “trabalhava” para Relvas (e para Belém?) bem antes da inventona das escutas.

Isto está a ficar um nadinha mais claro, está. Esperemos os desenvolvimentos.

__

Oferta do nosso amigo Júlio

5 thoughts on “Isto está a ficar um nadinha mais claro, está”

  1. é preciso não esquecer que isto anda tudo ligado e que o bush foi a Chichen Itza em 2007 por causa lá duma numerologia illuminattti que vem parar à profecia Maya, e que vai dar ao apocalypto do Mel Gibson que quer dizer revelado, tá?

  2. Jorge Silva Carvalho – o homem que, para segurança de Portugal, foi pago durante 19 anos por todos nós e que há um número indeterminado de anos se entretinha a passar informações para os amigos laranja e a fazer ou encomendar dossiers sobre jornalistas, empresários, políticos e sabe-se lá quem mais – pediu ontem a sua “desvinculação do segredo de Estado”, caso contrário, disse, não prestará esclarecimentos em tribunal.

    Como quem diz: “Se me atacarem ou se o governo não me proteger, tenho muito para contar.” Acredito que o fará, mesmo que o não desvinculem do dito segredo, que nunca o incomodou.

  3. É preciso saber se foi Silva Carvalho quem elaborou em 2008 ou 2009 o dossier sobre o adjunto de Sócrates, Rui Paulo Figueiredo, e o passou à pocilga de Belém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *