13 thoughts on “Há verdades assim”

  1. Acresce, Valupi, que há uma especial volúpia, uma especial sofreguidão, no anonimato.

    Ou no pseudonimato… (Ah, esta foi mais forte do que eu).

  2. A minha barbeira, rectifico. Senhora de inusitada sabedoria, leitora compulsiva de literatura portuguesa. Vou-lhe oferecer um livro teu, Fernando, em resultado desta involuntária evocação da sua pessoa.

  3. Que chique, Valupi, que sexy! Uma barbeira! Mas mantém-se a pergunta: ela sabe a quem apara a calculada ainda que discreta barba?

  4. Fo dass!
    Mas com um blogue desses, ainda bem que ninguém lhe liga. Que raios é uma “doença socialmente transmissível”? A constipação?

  5. Ah mas a piada de se escrever um blog é saber que ninguém o l~e, salvo meia duzia de pessoas k nao conhecemos de lado nenhum e que virm o link no blog de um amigo de um amigo do primo do cunhado do meu parceiro de turma!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.