Eucaliptex

«O acesso electrónico do Diário da República vai poupar ao Estado quatro milhões de euros por ano, anunciou o Ministro da Presidência, Pedro Santos Silva, que salientou que, com esta medida, “vai haver uma redução de 1400 toneladas de papel por ano, o equivalente a 28 mil eucaliptos”.»

[in Diário de Notícias, edição de hoje]

11 thoughts on “Eucaliptex”

  1. Este ministro será um tal AUGUSTO?

    E V., Dona Quitéeria, não será um abutre a dar bicadas num computador?

  2. Caro companheiro, o assunto que me trás aqui n tem nada a ver com o post, mas abusando do espaço deixo aqui, por inteiro, um post que escrevi e que me tem revoltado pelo silêncio. Deixo à consideração a minha proposta. E gostaria que, se concordasse, fizesse um post sobre este caso ou desse maior divulgação a este. Cumprimentos.

    Obviamente demitia-os!

    Volto a insistir.

    Não podemos ficar quietos, calados e deixar esquecer, o que se passou na sessão da Assembleia da República na sessão antes da Páscoa.

    Como foi tornado público e não foi desmentido, houve uma fraude, de vinte e oito deputados, que assinaram o registo de presenças e não compareceram, em nenhum momento da sessão.

    Isto significa que no dia anterior, assinaram a presença do dia seguinte. Estamos perante uma ilegalidade; a assinatura antecipada do livro de registo de presenças.

    Mas, tudo indica que ao registarem uma presença antecipada, não o fizeram inocentemente, mas sim, com a intenção de ludibriar e manter os benefícios, de uma ausência prevista.

    A ser verdade e não diviso outra explicação quanto a outro motivo, os deputados em causa, pretenderam enganar o Estado e receber todos os benefícios constituídos, através da mentira e da fraude, de uma presença/ausência.

    À luz dos princípios da honestidade, da rectidão e confiança, que são devidos aos cidadãos e eleitores, não podemos aceitar esta tentativa de apropriação fraudulenta de benefícios que lhes é garantida, no exercício pleno das suas funções.

    Este acto não pode desculpabilizar a debandada de outros deputados, mas não pode esconder a gravidade desta atitude, só pode merecer o mais profundo repúdio e nojo.

    Em nome dos altos valores da democracia os deputados em causa, deveriam ser demitidos dos seus partidos e se tivessem vergonha, deveriam solicitar a recusa do lugar de deputado.

    Deixo aqui um apelo a toda a blogosfera: não deixem cair esta aldrabice, denunciem-na, façam-na circular, estabeleçam uma corrente de denúncia por todo o sítio. Exigimos acções e saber a lista dos nomes dos deputados que assinaram a presença e não puseram lá os pés.

    “Entre os que faltaram à votação (79) – assinaram o livro de presença, mas não estiveram no hemiciclo até ao final da sessão – ou os que nem passaram pelo Parlamento (28) e aqueles que estiveram em Missão ao Estrangeiro (13), os serviços da Assembleia registaram a ausência de 120 parlamentares, menos dos que os 116 necessários para que possa existir deliberação. “(PD)

  3. Este governo é espertalhaço. De uma só cajadada, contribuem para o não crescimento de uma série de buracos e lá vão a contrariando quem, como eu, os acha um.

    Com isto, os gajos subiram 20 pontos na minha avaliação. Classificação actual: -3.428.

    Até já.

  4. Acho muito bem. Eu procuro só publicar artigos em revistas que só estejam disponíveis electronicamente. E tu, meu caro ZM, vais acabar por trabalhar exclusivamente para um meio electrónico, não te iludas.
    Só os livros deveriam ser impressos.

  5. Fernando,

    Mas tu não sabes k isso na assembleia acontece há muito tempo e quase sempre? aí deu bronca, mas eles passam a vidaa fazer isso, habitulmente não dá essa bronca, mas costumam fazê-lo. vai à assembleia às 2º , às 6ª e tu vês quem é k lá encontras…sabes canssam-se muito por isso è k se reformam com 8 anos de trabalho… olha se fossem os policías, os profs., médicos, enfermeiros, ou os juizes a fazer uma coisa dessas!…é o k eu digo há muito, o problema de Portugal está na função pública sim, mas na de topo: na classe dirigente. eles é k são o grande problema, os outros, os tristes dos ” paus mandados” lá vão fazendo ( melhor ou pior, como em tudo) o que podem. agora esses…oh,oh,oh, porque é que o país está como está? eles é k dirigem isto há trinta e tal anos…deu no k deu e agora atiram o lixo para debaixo do tapete e culpam quem está pr baixo.pois claro, assim é k é! o povo k leve com as culpas…ora essa, então haviam de ser eles aassumir? era o k faltava!

  6. Quanto ao D.R. em formato elect. acho óptimo.acesso mais fácil e, sobretudo, poupam-se muitas àrvores.porém ainda se poupariam mais se os meios de combate a incêndios fossem públicos em vez de privados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.