Domingo

Tive um sonho que era mais ou menos assim: no próximo domingo, às oito da noite, todas as televisões anunciam que Cavaco Silva é o novo Presidente da República, eleito à primeira volta (na RTP com 52%, na SIC com 54,5%, na TVI com 53%), os comentadores debitam as banalidades da praxe, que isto era o resultado previsível, que o homem de Boliqueime geriu bem os silêncios e os timings da campanha, que a esquerda fez mal em dividir-se, que Alegre e Soares acabaram por anular-se mutuamente, patati patatá, rebeubéu pardais ao ninho e agora um intervalo para compromissos publicitários, findos os quais voltam as emissões aos estúdios e surgem os directos nas sedes de campanha, os cavaquistas aos pulos e a fazerem o V com os dedos, enquanto se ouvem lá atrás os plop das garrafitas de 75 cl de Möet et Chandon compradas no Feira Nova e nas ruas cresce o alarido das buzinas que também marcaram presença nas maiorias absolutas de 1987 e de 1991 (mas não na Ponte 25 de Abril, claro está), e agora vamos para a sede de Mário Soares, caras de enterro, e agora para a de Manuel Alegre, só tristeza, e agora Jerónimo, malta cabisbaixa, e agora Louçã, tudo de monco caído, e os comentadores a trazerem novas fornadas de banalidades, será que Cavaco vai respeitar os limites constitucionais, como é que será a coabitação com Sócrates, e entretanto, discretamente, em rodapé, vão passando os resultados apurados pelo STAPE, gota a gota, grão a grão, distrito a distrito, e lá para as duas da manhã, quando acabam de ser contabilizadas as freguesias mais populosas, dá-se o choque, o drama, o horror: Cavaco Silva, afinal, fica-se pelos 49,9% (49,98%, para sermos mais exactos) e vai haver, ó céus benfazejos, a tal segunda volta que todos, ou quase todos, se esqueceram de equacionar.

10 thoughts on “Domingo”

  1. Só não é sonho porque o pesadelo Sócrates lá continuará, até parece irmão mais novo de cavaco. Só falta dar porrada no pessoal, deve-lhe fazer falta Dias Loureiro.

  2. Isso era lindo! Era de morrer a rir ver Cavaco Silva e os seus súbditos terem que subir de novo ao púlpito a meio da madrugada para dizerem que afinal ainda não ganharam e que confiavam no povo português para ganharem na segunda volta…

  3. Eu estava a gostar. Estava a pensar: “O José Mário é cá um visionário”, mas quando cheguei à parte final, que dejilujão… Não te preocupes que não vai haver 2ª volta. É esse o meu prognóstico.

  4. Ainda é possível, a tendência dos votos no Cavaco é de descida.
    E as sondagens têm sido feitas por telefone o que prejudica o eleitorado jovem e urbano, mas por outro lado as sondagens não têm abrangido as reuniões autónomas.

  5. …e deves pensar que o Cavaco não ganharia à segunda. Andas a ter uns pesadelos maus, com os bons resultados dos que andam acordados.

  6. Foi um pesadelo tornado realidade para aqueles que querem acabar de destruir Portugal!
    É um sonho tornado realidade para aqueles que ainda têm esperança no futuro de Portugal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.