Coisas que não se desejam a ninguém (2)

Não querendo desfazer, menos ainda comparar…

Mas esta, li-a eu hoje de manhã, num intervalo da publicidade nos ecrãs dos eléctricos cá da aldeia. Contava-se que certo cidadão britânico vai exigir do patrão uma indemnização por certo acidente de trabalho (não especificava) que o tornara viciado em sexo, o que já conduzira ao desentendimento definitivo com a mulher.

Não sei porquê, essa notícia ficou-me. As outras, algumas catastróficas também, esqueci-as.

4 thoughts on “Coisas que não se desejam a ninguém (2)”

  1. Que raio… agora também eu estou curioso desse episódio, pois não consigo configurar qual tenha sido o “acidente de trabalho” capaz de tal efeito…

  2. Se o Fernando me permite:

    O senhor trabalhava com um martelo pneumático (salvo erro).

    O seu objecto de trabalho provocava permanentes vibrações que o excitavam permanetemente. Digamos que também haviam momentos de relaxamento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.