3 thoughts on “A sensação de jogar em casa”

  1. Pois é, caro Fernando, a minha musa chega às luzes da ribalta, pela primeira vez. Estou curioso quanto à reacção popular.

  2. Isto já foi discutido algures. O DNA doest not match. Além disso, o teu forte é a prosa mordaz com um amor à democracia com água no bico.

    Obrigado pela titillation, Fernando. Prefiro a linguagem pornográfica do JCF e as barrocadas modernas do JPC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.