Resenha da semana 25

José Manuel Fernandes

Fernando Medina deu uma entrevista, e o tipo é inteligente e fala bem. Raios, não pode ser. Fez parte de um governo que não aproveitou os juros baixos para pedir empréstimos e pagar a dívida com eles. Foi por isso que falimos. Eu sei, porque li num livro do César da Neves. E como socialista que é, quer apostar em educação, cultura, ciência. Isso são tudo coisas soviéticas, e olhem como eles acabaram.

Alexandre Homem Cristo

Costa foi tramado por Guterres, e atirou-se à liderança do PS por desespero sem perceber nada da poda. Eu percebo da poda e digo que se Costa não adoptar o discurso dos “erros dos governos socialistas” que resultou tão bem para Seguro o homem está perdido, os eleitores não vão acreditar nele. Era mesmo só o que faltava ter agora o descaramento de não adoptar esse discurso. Ah, Sócrates! Sóóóóóócrates! Estão a perceber? Atinem, pá.

Maria Teixeira Alves

Olá, o meu nome é Maria Teixeira Alves tenho 7 anos e quando crecer crescer quero ser intelectual de direita como os outros meninos que saíram do armário porque eu também tenho um armário no meu cuarto  quarto que foi o meu tio que me deu quando fiz 5 anos.

Carlos Fernandes Cadilha – Maria de Fátima Mata-Mouros – Lino Rodrigues Ribeiro – Catarina Sarmento e Castro – João Cura Mariano – Maria José Rangel de Mesquita – Pedro Machete – Ana Guerra Martins – João Caupers – Fernando Vaz Ventura – Maria Lúcia Amaral – José da Cunha barbosa – Joaquim de Sousa Ribeiro

Vamos explicar-vos devagarinho, muito devagarinho, para ver se entendem: a decisão produz efeito no dia seguinte à publicação do acórdão. Se não sabem o que é o dia seguinte, comprem um calendário. Se não sabem ler calendários, peçam ajuda ao Departamento de calendários. Se não têm Departamento de calendários, criem um Departamento de calendários. Para isso é que são governo. Obrigado.

Rui Ramos

A direita anda a anular-se desde o 25 de Abril para manter a paz social, e no fundo o PS é que manda nisto tudo, incluindo nos juízes que nomeámos para o Tribunal Constitucional. E a culpa é dos Americanos e da Igreja católica. É tão injusto [choro convulsivo].

António Galamba

Mas de onde é que saiu esta gente toda a clamar por Costa? Nós nunca tivemos este entusiasmo em três anos que lá estivemos. E de acordo com os estatutos, o entusiasmo com António José Seguro é obrigatório. Sendo assim, a pergunta impõe-se: onde é que vocês estavam, hã? Exijo saber, seus traidores. Respondam! Foi o Relvas que vos mandou?

5 thoughts on “Resenha da semana 25”

  1. Que maravilha, caro Vega.
    Mas, desculpe: o gajo aqui da última citação disse mesmo aquilo?

  2. ó do cavalo, clica no bicho e vai ao curral do galambuzino ver como é que o animal trata as visitas que não comem a palha.

  3. O galambazinha tal como o seguro nem nas caldas marcam pontos quanto mais na política nacional…
    http://www.jornaldascaldas.com/declaracao-de-antonio-galamba

    Óh seguro vai limpar os graffits que deixaste na parede da tua vizinha da ultima vez que lá estiveste… Ela anda-se a queixar e qualquer dia ainda vai às manhãs do goucha mostrar o resultado da tua acção simbólica!
    http://www.jornaldascaldas.com/Secretariogeral_do_PS_limpa_parede_com_grafitis_nas_Caldas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *