Muito bem, António Galamba

Para o membro do Secretariado Nacional do PS, é mesmo “inaceitável a lógica de querer a Constituição ou os estatutos em função dos interesses particulares ou das ambições pessoais de cada momento”.

“Não é próprio de um Estado de Direito Democrático”, acentuou o membro da direção do PS.

Fonte

***

Vamos então resolver esta questão sem mais demoras, Camarada, e voltar aos estatutos anteriores. Combinado?

1 comentário a “Muito bem, António Galamba”

  1. Com todo o respeito,sugiro a António Galamba que comece,à séria,a pensar numa dieta de emagrecimento,porque,no meu modesto entendimento,o Camarada(pode ser?)António Galamba está ficando com algumas artérias do circuito cardio-cerebral danificadas que,eventualmente,lhe estará a causar danos que,ao não serem devidamente tratados e cuidados,provocarão sequelas irreversíveis!
    Na eventualidade de a sua apreciação crítica o aconselhar a que envie esta minha sugestão,diretamente,para o caixote das inutilidades,não me auto-dispensarei de lhe dizer o seguinte:homem,mude de partido,o PS ,não é o seu espaço natural.Neste momento,no PS,há gordura a mais e músculo a menos.Procure outras paragens, para tratar da vidinha!(…)Pela linguagem e argumentário politico expresso,já demonstrou à saciedade,que as causas do seu estrambelhamento comportamental estarão associadas à saudade imensa que a figura de Sá Carneiro lhe provoca…

    Adeus e passar bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *