Coisas que me dizem

– Olha lá, o vosso Rodrigo Moita de Deus não é o Rodrigo Moita de Deus, pois não?
– É, é.
– Não pode ser.
– Mas é.
– Não é.
– É.
– Não é.
– É.
– Não é.
– É, é.
– A sério?
– A sério.
– O do Acidental?
– O do Acidental.
– Não pode ser.
– Pode, pode.
– Não pode ser.
– Pode, pode.
– Não pode ser.
– Pode, pode.
– Já parecemos um sketch dos Gatos Fedorentos.
– Pois parecemos.

2 thoughts on “Coisas que me dizem”

  1. Que elegância de espírito… À malta do blog: anti-comunismo primário e imbecilidades do género ainda vá, racismo é que acho que não dá: querem fazer o favor de apagar o energúmeno que me precede? Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *