12 comentários a “Vamos lá a saber”

  1. Para mim pode ser uma coisa ou outra, é -me indiferente.
    O que é de certeza é uma valente manifestação de desprezo pelos partidos, cheira-me a fascismo.
    E ainda o vamos ver a concorrer para presidente disto tudo.

  2. inabilidade política no melhor sentido que isso possa ter – o sentido de que são as pessoas que fazem a política e não a ideologia política. neste sentido – o de que é o partido que vence e não o indivíduo que faz a política – Rui Moreira revela-se um apolítico: uma maravilha; um orgulho.

    viva o Rui Moreira! viva o bom carácter na política! :-) e bora lá ver se sem o apoio do PS ele ganha ou não as eleições.

  3. Rui Moreira atingiu os seus objectivos sem politiquices, tal como Marcelo Rebelo de Sousa, idem aspas.
    Na França o Macron mandou faz o mesmo.

  4. só cá faltava a frente nacional da òbimbalhada a bater tachos pela bella donna moreira.

  5. o moreira e o marcelo são fachos encapotados eleitos pela comunicação social de direita, enquanto que o macron foi eleito pela comunicação social para derrotar o fachismo.

  6. Não faço a mínima mas a cena trouxe clareza ao sistema político que se estava tornar um pouco endogâmico com a politica de afetos que esta em cartaz. O Costa gosta de se dar bem com tudo e todos, o Marcello também pois é um artista do show business, ora estes nauseantes excessos de fraternidade sao como po de tijolo nas linhas do court do Estoril open. O jogo politico faz-se de diferenças e marcaçoes ideologicas bem claras não de sentimentos de telenovela barata (ou pior) que parecem ser a estratégia de pacificação social e politica deste ticket.
    Por outro lado ser presidente da cm porto é também ser lider de uma região onde abundam muitos lobbies de oposição ao dito centralismo lisboeta, as chamadas forças vivas de maioria social liberal não devem gostar do abraço de urso fraterno do Costa. Se Moreira ganha as eleições fica com as mãos livres para outros voos com ou sem Rio, e é mais um problema para o rantanplam.

  7. República de Haver-o-Mar, agarra que é ladrão!

    Não tens vergonha, ó Valupi?
    (olha que a PJ anda por aí, pensa na tua vidinha)

  8. Talvez seja bom recordar os resultados das eleições de há quatro anos para a Câmara Municipal.

    Rui Moreira/O Nosso Partido é o Porto 45 411 39,25 6 / 13
    PS 26 237 22,68 3 / 13
    PSD-PPM-MPT 24 366 21,06 3 / 13
    CDU 8 539 7,38 1 / 13
    Bloco de Esquerda 4 166 3,60 0 / 13
    Nuno Cardoso/Porto de Futuro 1 255 1,08 0 / 13
    PCTP/MRPP 343 0,30 0 / 13
    Partido Trabalhista Português 279 0,24 0 / 13

  9. Claro que os primeiros números referem-se ao votos obtidos, os segundos à percentagem e os terceiros aos vereadores eleitos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *