17 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Pois não tem…
    Mas qual é a diferença entre o dito guerreiro limitadinho e os chucas cumunóides que excluem quem deles discorda?

  2. oh… tadinha da cagadeira nacionalista que bota aqui a propaganda fascista, racista e xenofoba que quer e lhe apetece, contra as normas da casa, sem que lhe censurem uma virgula. Comeco a acreditar que esta merda virou centro de provocacao dos valores de esquerda e divulgacao do la vamos cagando e rindo.

  3. ignoncio cala-te. Não precisas de ilustrar o que eu disse…nem careces de explicar o que é o sentido de liberdade de expressão de um esquerdalha como tu…

    A pide só te apreendeu o “Ip”? De certeza que não te deu mas mocadas na cabeça? Já agora diz-se”castrar o IP”…

  4. … “gajo com ip apreendido pela pide”, esquerda tu?!

    Ignatz no teu caso e, como disse acertadamente há uns dias sobre a tua fuga à responsabilização criminal, não sejas mais uma vez parvo porque a PIDE não perdia tempo com os da tua laia, nem mesmo a PVDE, nem mesmo a Polícia Internacional durante a Primeira República.

    Tu e os mendicantes da tua espécie iam parar ao xelindró, fosse a esquadra do Governo Civil ou da cadeia do Aljube, em resultado das rusgas aos gatunos levadas a cabo pela Polícia de Investigação Criminal.

    A PIC, de que a PJ se diz sucessora mas é-o apenas no estilo e em parte do objecto.

    [Fui, mesmo.]

  5. Pedro Santos Guerreiro, é um produto da fábrica de fazer chouriços com a marca “Expresso”.
    Como é óbvio de um chouriço nada se pode esperar

  6. Mais um ataque calunioso ad hominem, fundamentado em nada .
    PSG, entre o mais, fez um excelente tutorial sobre os off-shores, exibido por Pacheco Pereira no Ponto Contraponto .
    Lá estavam os quatro do sistema : o “empreendedor”, o banqueiro, o advogado, e o amigo . O amigo, também conhecido por, cabeça de ferro . Foi isto que lhe fez mossa ?
    Também gosto de ver o Gomes Ferreira .

  7. Ó pimpampum, o José Gomes Ferreira é para broncos como dizia o outro por aqui ontem ou anteontem. Pior do que o Vítor Bento, Daniel Bessa, que o adiantado mental Braga de Macedo, ou a Manuela Ferreira Leite e, pior, ou ex-aequo mas de maneira diferente, com o desvairado João César das Neves.

    Nota. Poderias optar pelsa nova geração do Ricardo Pais Mamede que, esse, tem curriculum e sabe-se onde ele dá aulas. Ou, se quiseres e mais ao teu gosto, um gajo de direita mas que seja um ser pensante e que saiba dos assuntos… Não é a minha praia, mas, sei lá!, o velhinho Bagão Félix? Cito-o porque é um senhor católico e os neo-liberalões das novas gerações que labutam na academia e/ou que fazem parte do Compromisso Portugal foram proscritos pelo papa Francisco.

    Ouvi dizer, mas não sei se é verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *