Justiça derrogatória

Do muito que ignoramos acerca do desfecho da “Operação Marquês”, esta última decisão de só terminar o inquérito quando os deuses quiserem mostra haver algo que podemos antecipar com certeza absoluta: o Ministério Público não poderá invocar qualquer atenuante para as conclusões que irá lavrar. Se arquivar, não terá desculpas. Se acusar e o tribunal inocentar, não terá desculpas. Se acusar e o tribunal condenar à medida da acusação, continuará a não ter desculpas; mas, neste último caso, não terá desculpas para as ilegalidades e abusos que cometeu na fase de inquérito.

É agora evidente, até para os cães raivosos, que a prisão de Sócrates foi uma medida para a qual não havia prova suficiente. Contudo, havia suspeições, arrogância e adrenalina de sobra, pelo menos. Porque quando se prende um ex-secretário-geral do PS e ex-primeiro-ministro num ano eleitoral pode ter havido muito mais em jogo – já para não falar da tese relativa às presidenciais, a qual deixa de ser mirabolante se colocada junto do que conhecemos das pulhices e desvarios de Cavaco e também das ilegalidades, espionagem e golpada no “Face Oculta”. É por isso altamente relevante o episódio que a defesa de Sócrates revelou logo após a detenção, o facto de ele ter-se oferecido para deslocar-se voluntariamente às autoridades em ordem a ser ouvido. Tal pedido foi feito tanto a Amadeu Guerra, que declarou ir comunicá-lo a Rosário Teixeira, como ao DCIAP, de acordo com a versão de João Araújo que permanece sem ser desmentida. Todavia, Sócrates não conseguiu evitar a detenção e, em consequência, não conseguiu anular formalmente uma das razões para a imposição da prisão preventiva, o perigo de fuga. Pelo contrário, o espectáculo montado no aeroporto para a sua exibição nas mãos das autoridades foi a primeira prova de que esta “Operação Marquês”, independentemente da sua legitimidade quanto às suspeitas, iria ser um castigo político de uma violência inaudita na democracia portuguesa.

No caso de se provar que Sócrates cometeu algum crime, seja ele qual for, a sociedade está não só preparada como deseja ansiosamente dar os parabéns à Procuradoria-Geral da República. Os desmandos dos procuradores e juiz na fase de inquérito serão abafados, uns, relativizados, outros. Afinal, algo extraordinariamente importante terá acontecido, conseguimos apanhar um super-criminoso. Se juntarem no pacote Ricardo Salgado, então haverá Carnaval durante uma semana. Vamos lá, pessoal, encore un effort.

Podemos esperar uma de duas coisas, portanto: ou a confirmação de que devemos entregar ao Correio da Manhã a definição da política de Justiça em Portugal, ou a confirmação de que nenhum partido merece voto algum caso continue a ser cúmplice de uma Justiça que não serve o Soberano.

.

32 comentários a “Justiça derrogatória”

  1. Segundo rezam as crónicas o que está a atrasar o processo é a interposição de Ganhadeiro da PT – Portugal Torto ( e abro aqui um parêntesis para dizer que agora se percebe melhor a razão pela qual tínhamos e infelizmente ainda temos serviços de Internet e agregados a preços altos se comparados com outros países, e a concorrência é uma treta – que não serve o soberano, para utilizar as suas palavras – porque a indecência de nunca termos tido tarifários aceitáveis e decentes era fonte de renda para a família reinante na Herdade da Compota, estes sim, os verdadeiros soberanos ) a interposição dizia eu, de recursos sobre recursos ao pedido de informação solicitado a um banco suíço, e numa primeira fase, ganho pelo MP . Ganhadeiro não autoriza o banco suíço a revelar os dados da sua ou suas contas bancárias. E já apelou de uma decisão de um juiz suíço que ordenou ao banco que fornecesse os dados solicitados pelas autoridades de investigação portuguesas . Aguarda-se decisão quanto ao apelo .
    Quanto ao resto, não se preocupe, deve estar a ser preparada uma saída airosa, para que todos saiam bem e nenhum perca a face – amnistia ou coisa do género.
    Se o Salso banqueiro alguma vez fosse a julgamento num tibunal português, ele abriria a boca para dizer que nunca ofereceu um centavo a um político ou partido político português ? Nem que fosse para financiar campanhas ?
    E isso, estampado nas folhas dos jornais, cairia bem na opinião pública ?
    Milhões para figurões, e tostões para aforradores ?
    O soberano ?
    Qual soberano ?
    Se se refere ao Povo, o povo nunca foi soberano para coisíssima nenhuma, e quanto ao outro possível significado da palavra, deixe-se de ideias monárquicas.
    E já agora, se a censura prévia era coisa feia, a censura ulterior, também não é bonita .
    And you know what I mean !

  2. Parabéns Valupi. Finalmente! Porque qualquer uma das conclusões do post era possível desde o início. Porque foi precisamente a detenção em directo no aeroporto que inquinou o processo desde o início. Só um flagrante delito – tipo 10 kg de cocaína no bolso – justificava chamar os media para irem ao aeroporto prender um PM. Acabadinho de entrar no país, em directo e em horário nobre! Mais nada! Sobretudo quando qualquer inquirição estava à distância de uma convocatória por telefone. E o mesmo para a tentativa de humilhação que foi também a prisão preventiva. Hoje infelizmente, o passar do tempo e o arrastar do inquérito, só o confirmam todos os dias.

  3. É ISSO FINALMENTE!

    Muita gente na qual me incluo não vai perdoar facilmente a quem tem andado, com medo de ofender o mãnha com testemunhos de :
    – bem para mim é culpado de…..e mais de….ou vamos lá ver porque algo deve haver… e …. :
    – SOBRETUDO gente que não vai perdoar nos actos eleitorais (cada vez mais vazios) o silêncio cúmplice de quem estudou para fazer justiça séria, se arroga de isento, amado pelo povão metendo-se em tudo menos no que se deveria mostrando coragem, seriedade e respeito pela CONSTITUIÇÃO jurada.
    Viva a caça ao voto seja a que preço for.
    Preferência para impensantes manipuláveis e beijoqueiros.

    O Ex. Primeiro Ministro – Ex. Secretário Geral do PS Engº José Sócrates tem mostrado :
    – coragem
    – paciência
    – capacidade de sofrer
    e:
    – sobretudo inteligência falando aos os que sabem pensar e desconfiaram desde o momento do espectáculo no aeroporto com sirenes que ainda soam sinistras, a manobra dos justiceiros (entrevistas publicadas a atestar) posições impensáveis e canhestras mesmo da p.g.r. ainda designada por Excelentíssima.
    Gostava de entender onde pára essa Excelência tratada nas “palminhas” produzindo textos elaborados para a plebe não entender patavina.
    Felizmente os pensantes entendem cada vez melhor a embrulhada em que atascaram.

    Saudades gigantes da frontal coragem do Dr. Mário Soares que o pasquim semanal se atreve a publicar para subir as miseráveis audiências a que estará cada vez mais condenado.

  4. Isso mesmo , o único político que defendia o soberano era Soares. Daí o ódio que lhe tinham. Agora que ele morreu estamos entregues à bicharada!

  5. que prendam um supercriminoso ou que acusem, e prendam, a justiça injusta. e, no fim, enterrem o correio da manhã.

  6. não é quando os deuses queiram , é quando o granadeiro perder o recurso para levantar o sigilo bancário e finalmente chegar a tal de carta postal . o homem nao quer mostrar as contas na suiça , vá -se lá saber porquê. na volta é oara atrasaro processo. os recursos que o zéziito tem andado a meter devem servir o mesmo objectivo.
    o carlos santos silva já explicou porque o primo do zézito ficava com o dinheiro da offshore belino foundation caso morresse ? não ? então ? e o primo , não explica ? não o conseguem notificar , não é , escorregadio que nem uma enguia , mas deve saber que o procuram , com certeza . esquisito , não querer ser notificado….. )
    e estes são os pormenores que interessam , de facto .

  7. Os gajos já perderam há muito o fio ao guião agora só querem disfarçar, de resto, a inteligência é a mesma dos Pides, habituados sempre ao mesmo truque do linchamento mediático para depois condenar sem provas como agora isso não chega borregaram.São como aquelas séries que só duram uma temporada, ou pior romances que só valem pela primeira uma página. O Amadeu pelo look e pela merda que diz quando abre a bocarra parece mesmo um policia irlandês bêbado de um policial do Mickey Spillane.

  8. Método dedutivo do Pide Amadeu aplicado à atualidade noticiosa;
    O pai de Jesus morreu
    O padre Carreira das Neves morreu
    Logo, o padre Carreira das Neves é o pai de Jesus.
    É certinho que o padre Carreira das Neves é Deus.

    Com o devido respeito pelos falecidos e famílias.

  9. Agora a culpa é do Granadeiro. Nome que a pulhice soprou para a media mas não se atreve sequer a mencionar no despacho. O ideal era que ninguém fizesse valer os seus direitos. E voltamos sempre à necessidade de julgar na praça pública. E quando assim é já sabemos que é só indícios fortíssimos e provas cabais.

  10. E a cada derrapagem lá vem a encomenda da prache à sensacional Felgueiras. Qual crise financeira qual carago. A Sónia que depois do exclusivo com o Piloto já mandou a Felicia e o Estripador p’ás calendas gregas.

  11. Valupi, larga o vinho e deixa de dizer bacoradas (e, não «, não és um cão raivoso, apesar de seres um cão de guarda que passa o dia a dormitar sobre a merda dos comentários que são convenientes no Aspirina B mas como um animalzinho de estimação).

    [Béu-béu, traz a bola ao dono.]

  12. O que é mais extraordinário (e anedótico) é ninguém saber o que faz Granadeiro na Operação Marquês ! (o que é que a suposta corrupção deste poderá ter a ver com Sócrates ?não poderia ser um processo autónomo?)
    Mas se calhar agora já se sabe, é porque fazia ali muita falta um arguido que protestasse uma carta rogatória ! Até agora ninguém o tinha feito! por exemplo, o Carlos Santos Silva nunca o fez ! No mínimo é estranho !

    PS: vai uma aposta que lá para as vésperas das eleições autárquicas lançam uma “bomba” que vai voltar a atrasar a investigação por há “novas suspeitas” ? hum, eu aposto num circo a volta do contrato do novo aeroporto …

  13. O que é da Justiça tem que deixar de o ser! Os responsáveis políticos não podem
    continuar a enfiar a tola debaixo da areia, quando prenderam o ex P.Ministro sem
    razão, os justiceiros deram uma machadada fatal no tipo de organização judicial
    existente! Torna-se mais do que evidente que, não são as faltas de meios que em-
    perram o Ministério Público, habita por lá muita incompetência pois, ao fim de mais
    de três anos de investigação o ainda diretor do DCIAP tem que dar ordens por escri-
    to para que os investigadores e procuradores se entendam!? A PGR escrever que dá
    mais três meses após as respostas às cartas rogatórias, será lançar uma cortina de
    fumo sobre o inquérito, quando se sabe que o relacionamento com as autoridades
    angolanas estão no nível abaixo de zero, por razões mal explicadas pela PGR, só com
    muito empenho poderá vir uma resposta à carta rogatória relacionada com a “opera-
    ção Marquês” e, se calhar vem a pé ou jamais! Quem informou da contestação feita
    por Henrique Granadeiro? De quem é a responsabilidade da “caldeirada” que se tor-
    nou essa famosa operação visando o ex P. Ministro? Não colhe, dizer que são tudo
    pistas que se cruzam nos tais fortes e robustos indícios que serviram para alguns
    desembargadores/as assinarem de cruz as suspeitas do procurador Rosário e devi-
    damente confirmados pelo juiz Alexandre, o tal das bocas e super para os tablódes!!!

  14. Uma questão não discutida nesta nova versão de adiamento que finge estabelecer prazos a partir de circunstâncias não passíveis de determinar não é mais que fornecer aos magistrados Rosário & alexandre os meios dilatórios indefinidos e ilimitados, como pretendem, para assar em lume brando todos os arguidos como tétrica guarda de honra ao altar de execução e expiação de Sócrates.
    Mas este caso revela que a procuradeira geral meteu a viola no saco e se submeteu às “associações” e ao “cm” magistraturais. Na anterior prorrogação dos prazos a procuradeira geral ainda teceu umas leves e medrosas críticas aos magistrados investigadores mas agora a dita sonsa fez-lhes as vontades todas e saciou-lhes os desejos íntimos mais secretos: tortura lenta.
    Já não sabem como lidar com o caso Sócrates porque o criaram de uma verdade fictícia, isto é, de uma mentira inventada que julgavam fazer passar pela sua justiça pessoal de vingança como normalmente fazem com qualquer indigente rural. Confrontados com a integridade e estrutura moral e política de um indivíduo invulgar como Sócrates deram em associar e misturar todos, ou quase todos, os corruptos de facto no processo. Deste modo melhor se faria passar a ideia, junto da populaça, de associação de corruptos que seriam apanhados em grupo e em grande por magistrados expert em justicialismo. Como país imitador de vulgatas do que se passa lá fora Portugal também tinha de ter o seu juiz caça corruptos à italiana, à espanhola ou à brasileira.
    Cada novo prazo dado sobre prazos definidos e todos incumpridos é mais uma denúncia do falso processo montado e revelador da mentira fundacional do próprio processo instaurado.
    Só não vê quem não quer ver. E não quer ver uma parte substancial da elite política corrupta e seus ajudantes a qual vê neste caso um bode expiatório ideal para limpar aos olhos da populaça a generalizada corrupção própria de décadas.
    E foi o conluio dessa elite amedrontada face ao surgimento de um político sem medo de afrontar os poderosos corruptos políticos e respectivos corruptores financeiros que corrompeu e conduziu a justiça a intervir e meter-se nesta alhada donde não sabe, agora, como safar-se.
    Da mesma forma que ninguém sabe como evitar um atentado de alguém disposto a morrer também ninguém consegue apagar a coragem de alguém inocente disposto a tudo para salvar a sua honra e dignidade.

  15. Gosto muito deste advogado:

    “Se fosse uma avioneta que caísse, ao pé de um supermercado… isso é um assunto do senhor Presidente. Agora, uma instituição tão vital como é a justiça, que não funciona, isso já é um ‘fait divers”, ironizou o advogado (João Araújo) em declarações à TSF.

  16. Vi agora no telejornal da SIC que a “investigação” ouviu 4 ex-ministros de Sócrates, entre eles o Teixeira dos Santos e o Mário Lino.
    Desconfio que agora o procurador Rosário anda a reboque das sugestões do arguido principal.
    E não me parece que a estas alturas do campeonato Sócrates faça coisas destas de forma ingénua …

  17. Não se preocupem porque isto vai resolver/clarificar-se nas vésperas das eleições autárquicas, Está tudo planeado e certinho;

  18. “Se acusar e o tribunal inocentar, não terá desculpas”
    Ou seja,

    O MP não pode acusar em processo crime se o tribunal de julgamento absolver. Por isso, o inquérito criminal fica esvaziado de sentido. SUGESTÃO: estude o processo penal português. Depois comente.

    “Se acusar e o tribunal condenar à medida da acusação, continuará a não ter desculpas; ”
    Ou seja,
    O juíz não tem de se cingir à acusação…à medida da acusação. SUGESTÃO: estude realmente o processo penal português, para não dizer nem escrever disparates.

  19. E, já agora, dou-lhe uma dica para o seu estudo: veja o objetivo do INQUÉRITO CRIMINAL e os critérios por que se pauta o MP. Presumo que não os saiba, porém, se assumir sabê-los, vale para si toda a qualificação que tem feito aos media em portugal, designadamente quanto a difamação. E note, usa a blogosfera para circular opiniões que sendo licitas na perspetiva da liberdade de opinião, teem o mesmo efeito que acusa aos mediotas portugueses. E uma vez alcançado esse patamar, a licitude já é discutível.

  20. Jasmin
    28 DE ABRIL DE 2017 ÀS 20:40
    Gosto muito deste advogado:

    “Se fosse uma avioneta que caísse, ao pé de um supermercado… isso é um assunto do senhor Presidente. Agora, uma instituição tão vital como é a justiça, que não funciona, isso já é um ‘fait divers”, ironizou o advogado (João Araújo) em declarações à TSF.”

    Compreende-se a afinidade.

    Quando o trabalho de um indivíduo resulta no que tem resultado,já nos deixa a pensar, ainda que involuntariamente, nele, sobretudo quando gosta da ribalta do microfone e do desfile de discursos de “atónito”. Quando o mesmo indivíduo faz a afirmação supra, só revela outro facto: a estupidez que o gere no que faz e no que diz. A Justiça é vital, sem dúvida; é a base da Comunidade. Todavia, há que atentar a que Justiça ele se refere…Quanto à vida das pessoas, essa é outra história que também vale na Comunidade. Por isso, que se tem a apontar ao presidente português quando entendeu ir visitar o local e dar uma palavra às pessoas? Será que apenas Sócrates merece visitas à cadeia?

  21. «Porque quando se prende um ex-secretário-geral do PS e ex-primeiro-ministro num ano eleitoral pode ter havido muito mais em jogo [a partir daqui, sublinhado!!]– já para não falar da tese relativa às presidenciais, a qual deixa de ser mirabolante se colocada junto do que conhecemos das pulhices e desvarios de Cavaco e também das ilegalidades, espionagem e golpada no “Face Oculta”.», que caraças!

    Valupi, larga o vinho (e tem vergonha das figuras de merda a que te prestas). A tua seriedade intelectual é zero,e olha que isto é o piorio que se pode dizer de alguém.

  22. O sr.(a) Valupi não percebe nada de direito e nota-se .
    O resto sao bacoradas dos acólitos que comentam para felicitar e amplificar as bacoradas .
    E agora, para demonstrar o grande democrata que diz ser, até retém os comentários de alguns .
    Isso são coisas de ” Censura Prévia Temporária ” .
    Receito um calmante .

    Arrebujo : o PR é criticado por não atacar a Justiça, ou por não defender Socartes ?
    Visita ao local da queda da aeronave : deveria antes visitar o local onde não se despenhou nenhuma aeronave é isso ?
    Aparece em todo o lado e portanto está a comportar-se como o emplastro ?
    Por falar em emplastro, andará a ” investigar ” para o MP, ou para o DM, o celerado Dicas Matinais ?
    E para acrecentar mais um capítulo ao samba do crioulo louco, misturando tudo, cá vai então uma ligação para ver e reflectir, ( entenda-se, para rir, que é para o que alguns blogues servem )

    https://m.youtube.com/watch?v=o6pWiXvBdsI

  23. Jasmin,

    Se calhar o inquérito até devia ter começado logo pelo Conselho do Governo. Eu pelo menos se fosse investigador era o que faria. PR inclusive. Se esta trama toda não tresandasse a Cavaco desde o regresso de Sócrates ao comentário político. Ou então ainda há quem pense que é possível um PM corrupto em exercício e ninguém no seu Governo perceber nada… Ou pior. A admissão em casos de corrupção quer pelo corruptor activo quer passivo. E depois a corrupção é o crime mais difícil de provar… Outro prisma pouco abordado é o do patriotismo do MP. Por alguma razão nenhum Estado de Direito que se preze prende um PM sem culpa formada. Sobretudo num país sob resgate. Até porque se o vinho é o que é para alguns “credores” então “emprestar” dinheiro para corrupção… Uma grande ajuda para a imagem do país sem dúvida.

    De qualquer forma o julgamento da vida da vida de Sócrates nunca será este folhetim do MP. Por mais doloroso. Mas aquele em que um só governante, no caso Sócrates, conseguiu levar o país à falência… A gastar à tripa forra segundo a narrativa passolas. Logo emprenhada e repetida até à exaustão por muitos pafiosos. Até porque a divida pública é o único indicador para avaliar qualquer Governo. Como o que se seguiu, por exemplo, com a divida sempre a crescer. Até porque a crise financeira e uma economia muito vulnerável aos juros da especulação dos mercados nunca aconteceram. Assim como a UE também nunca teve quaisquer responsabilidades na tempestade perfeita que se abateu sobre Portugal. Enfim.. Haja paciência.

  24. … e depois de ouvirem estes ministros vão ter de ouvir o Sócrates outras vez, certo ? …
    e a seguir mete-se o Verão e as férias judiciais …
    depois há eleições autárquicas … mais um saltinho e é Natal …
    … acho que para ano ainda cá estamos a falar do raio do prazo …

    No Brasil nunca chegaram a prender o Lula, mas a investigação já dura há 1 ano e … pasme-se os jornalistas já reclamam que isto é muito tempo e que quando se acusa publicamente um ex-PR é preciso haver julgamento o mais depressa possível para o povo saber se o Lula é ladrão ou não ! e UM ANO é muito tempo para se viver com essa dúvida.
    Imagina se eles vivessem em Portugal !
    E ainda dizem que os burros são eles …

    PS: no Brasil houve gajo que delatou o Lula dizendo que ele recebeu 13,5 milhões de reais que estão guardados numa conta bancária … que está em nome de … isso mesmo, do próprio delator ! (juro que não é anedota).
    Vá lá que aqui ainda ninguém do MP o do CM foi tão “criativo” !

  25. Bem, o Brasil é na América do Sul. Mais surreal era impossível. Mas a lógica de se apoderarem dos media existe hoje dos dois lados do Atlântico. Dos media e dos governos. Chama-se globalização.

  26. PS: no Brasil houve gajo que delatou o Lula dizendo que ele recebeu 13,5 milhões de reais que estão guardados numa conta bancária … que está em nome de … isso mesmo, do próprio delator ! (juro que não é anedota).”

    Pois…por isso ele sabe e delatou, né? Tadinha de você…

  27. Tadinha de si rico trampa !

    Olhe rico aquele dinheiro que está na minha conta e me foi dado para me corromper afinal não é meu … é seu, sua trampa ! que tal ? mando o Rosário a sua casa com um mandato de prisão assinado pelo Alexandre ?

  28. Tenho assistido a comentários que demonstram bem de como os justiceiros fazem valer a sua justiça e nada se têm preocupado quando o galinheiro do vizinho é atacado pelo raposão.
    O antigo PM de Portugal foi detido no aeroporto de Lisboa…
    Eu fui detido às 7 horas pela PSP, em minha casa, por mandado de busca de um MMº.
    Sabem qual o crime de que fui acusado? Falsificação de documentos ( uma carta não identificada) e pelo crime de ameaças ( respeito exigido no interior do condomínio).
    Fiz esta pergunta aos senhores policias!..
    Mas quais os fundamentos que pairam sobre mim?!..
    Aaaa, é que o senhor é o único que tem apresentado na PSP várias queixas pelo ruído e agora vêm queixar-se … supostamente que esta carta foi escrita por si.
    Ao fim de 4 anos o processo fora arquivado sem que me tivesem sido apreendidos dois equipamentos;
    Um medidor de ruído…
    Um computador…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *